domingo, dezembro 02, 2012

MAIS DE 300 PESSOAS PARTICIPARAM NA ÚLTIMA PROVA DA TEMPORADA DA SUZUKI ADVENTURE DESTE ANO, EM ARAÇARIGUAMA



Debaixo de muito sol, os aventureiros das categorias Pro e Fun enfrentaram aproximadamente 120 quilômetros de muita diversão nas trilhas de Araçariguama (SP) na última etapa do Suzuki Adventure. Foram 74 duplas que fizeram parte do rali de regularidade da Suzuki nas trilhas do interior de São Paulo e passaram por trechos de serra, com estradas sinuosas, em uma prova curta, técnica e muito divertida.

Já na Extreme, entre os vinte 4x4 preparados para os mais difíceis obstáculos, o piloto da equipe Mobil Super Pionner Racing na Stock Car, Nonô Figueiredo (na foto,  em pé no carro à direita), encarou os obstáculos off-road com o novo Suzuki Jimny 2013.


"Fiquei surpreso desde o começo e não acreditei que o Jimny fosse capaz de enfrentar todos esses obstáculos! Todas as especiais tinham terrenos que exigiam muito do carro. O navegador também foi muito importante, pois, se não fosse ele, não teria completado a prova", comentou Nonô Figueiredo. 

Ao final, mais de 300 pessoas entre familiares e amigos participaram da confraternização e premiação dos grandes vencedores da temporada 2012 do rali da Suzuki. Na categoria Pro, a dupla que conquistou a maior pontuação geral foi Marcos e Marcelo Bortoluz.

"Gostamos muito de participar de ralis de regularidade e, assim que começou o da Suzuki, compramos o Grand Vitara. Fomos ‘fominha’ e agora estamos levando o prêmio!", brincou o piloto Marcos Bortoluz que irá embarcar em uma incrível viagem à Amazônia, a bordo do navio Grand Amazon, com mais três acompanhantes.

Na categoria Fun, Ivan Pezzoto Jr. e Douglas Spisso mantiveram um ótimo desempenho durante as seis etapas e foram premiados com uma hospedagem durante quatro dias no charmoso Provence e Cottage Bistro, em Monte Verde (MG).

"Valeu a pena termos feito todas as nossas reuniões para definir as melhores estratégias! Agora precisamos nos preparar para as etapas da próxima temporada e ganhar mais uma vez! Mas agora será na Pro ou Extreme!", destacou o piloto Ivan Pezzoto.

Na Extreme, prova única, com a diferença de oito minutos entre o primeiro e segundo colocado, a dupla que conquistou o topo do pódium foi Lionardo Almada e Josana. "Percorremos 800 quilômetros com nosso Suzuki e mais uma vez valeu a pena! De todas as provas, essa foi a mais completa com diferentes tipos de terrenos. Passamos pelo barro, areia, poças e gostamos das opções de irmos por diferentes caminhos nos bônus. A expectativa é continuar no ano que vem e trazer mais jipeiros de Juiz de Fora! Foi tudo muito perfeito!", comemorou a navegadora Josana Tostes.

O Suzuki Adventure encerra a temporada 2012 com mais de 400 duplas participantes e seis etapas que passaram por São José dos Campos (SP), Penedo (RJ), Joinville (RS), São Bento do Sapucaí (SP), Nova Lima (MG) e Araçariguama (SP).

"Alcançamos o objetivo e nesse ano consolidamos o evento nas categorias Pro e Fun. A Suzuki também teve a coragem de inovar no esporte off-road ao desenvolver a Extreme que irá prosseguir sob a forma de campeonato em 2013. O Suzuki Adventure é mais que um rali! Está aliado ao espírito jovem, aventureiro, alegre e descontraídos dos consumidores da marca", comentou Luiz Rosenfeld, presidente da Suzuki Veículos do Brasil

O Suzuki Adventure conta com o patrocínio de Bridgestone, Itaú, ACE Seguros, Mobil, Clarion, Fusion Energy Drink, Truffi Blindados, Weldmatic, Stickcolor, Automotiva Usiminas, Cisa Trading, Mormaii, MVC Soluções em Plásticos e Vix Transportes.


Campeões da Temporada 2012 
Categoria Pro
1º - Marcos Fernando Bortoluz e Marcelo Nestor Bortoluz (Caxias do Sul - RS)
2º - Celso Macedo e Belen Macedo (Piracaia - SP)
3º - Waldir Hudson Barbosa e Maria Eveli Giani Barbosa (Bragança Paulista - SP)
4º - Jurandir do Amaral Juniot e Andrea Amaral (Bragança Paulista - SP)
5º - Paulo Theophilo Dias Filho e Paulo Cesar Camargo (São Paulo - SP).


Categoria Fun
1º - Ivan Forster Pezzoto Jr. e Douglas Franco Spisso (Santana de Parnaíba SP)
2º - Carlos Eduardo Cavenaghi e Andre Niero (Osasco - SP)
3º - Wagner Cipolla e Guilherme Serrão Cipolla (São Paulo - SP)
4º - Pedro Figoli e Valeria Duarte (São Paulo - SP)
5º - Bruno de Souza e Cesar Alem (Niterói - RJ)

6ª - Etapa do Suzuki Adventure - Araçariguama (SP).


Categoria Pro
1º - Marcos Fernando Bortoluz e Marcelo Nestor Bortoluz (Caxias do Sul - RS)
2º - Celso Macedo e Belen Macedo (Piracaia - SP)
3º - Waldir Hudson Barbosa e Maria Eveli Giani Barbosa (Bragança Paulista - SP)
4º - José Eduardo Guerra e Marcia Maria Esteves Guerra (Uberlândia - MG)
5º - Paulo Theophilo Dias Filho e Paulo Cesar Camargo (São Paulo - SP)
.

Categoria Fun




1º - Ivan Forster Pezzoto Jr. e Douglas Franco Spisso (Santana de Parnaíba SP)
2º - Ricardo Moreira e Élcio Vilela (São Paulo - SP)
3º - Wagner Cipolla e Guilherme Serrão Cipolla (São Paulo - SP)
4º - Marco Antonio Dias e Mônica Trindade (Santana de Parnaíba - SP)
5º - Bruno de Souza e César Alem (Niterói - RJ).


Categoria Extreme - Prova única
1º - Lionardo da Paz Almada e Josana Reis Tostes (Juiz de Fora - MG)
2º - Leonardo Davi Ferreira Cardoso e Anderson Carvalho Pereira (Mogi das Cruzes - SP)
3º - Genildo de Alencar da Silva e Carlos Eduardo de Andrade (Suzano - SP)
4º - Everson Marcos de Araújo e Paula Araújo (São Paulo - SP)
5º - Márcia Colevati Ferreira e João Batista Ferreira (São Paulo - SP).


OS TRADICIONAIS MERCEDES-BENZ ESPORTIVOS CONQUISTARAM DOIS IMPORTANTES PRÊMIOS, PELA SEGUNDA VEZ CONSECUTIVA: "MELHOR CARRO DO ANO" E "MELHOR CARRO SUPERESPORTIVO", DE 2012. A ELEIÇÃO FOI DE 110 MIL LEITORES DA REVISTA ALEMÃ "AUTO ZEITUNG"




Stuttgart - Os leitores da revista especializada alemã "Auto Zeitung" elegeram o Mercedes-Benz SLS AMG Roadster como o Melhor Carro Conversível com preço superior a 30 mil euros. Eles também escolheram a versão cupê do modelo como o Melhor Carro Superesportivo. 

O resultado repete as vitórias de ambos os modelos conquistadas no ano passado. A Mercedes-Benz também venceu o Quality Trophy 2012, que foi atribuído pela melhor qualidade e confiabilidade dos produtos da marca. 

Mais de 110 mil leitores da "Auto Zeitung" participaram desta 25ª pesquisa para escolher os melhores carros do ano, colocando novamente o Mercedes-Benz SLS AMG duas vezes no alto do pódio. 


Interior do Mercedes SLS AMG Roadster
Esta foi a quarta vitória consecutiva do cupê "asas de gaivota" na categoria dos carros superesportivos. O SLS AMG Roadster venceu pela segunda vez no segmento dos conversíveis com preços superiores a 30 mil euros.

O superesportivo deve sua dupla conquista à sua combinação única de alta tecnologia, que inclui uma carroceria totalmente em alumínio, o motor AMG 6.3 litros V8 com montagem entre eixos na dianteira, transmissão com dupla embreagem de sete marchas.



Tudo isso aliado a uma ágil suspensão esportiva com braços duplos de alumínio em V. O SLS AMG, nas versões coupé e roadster, conquistaram pontos adicionais em seu favor por seu fascinante design remanescente do legendário Mercedes-Benz 300 SL (foto acima), da década de 1950.

A Mercedes-Benz também ganhou o Quality Trophy 2012, prêmio atribuído em conjunto pela revista "Auto Zeitung" e o Gesellschaft für Technische Überwachung (GTÜ - Associação para Inspeções Técnicas) para a marca com melhor qualidade e confiabilidade. 

Este prêmio de alta importância baseia-se nos resultados de cerca de oito milhões de inspeções técnicas gerais realizadas pelo GTÜ, constatações do relatório de qualidade e serviços da "Auto Zeitung" e respostas de leitores relatando suas experiências pessoais.



COM CERTEZA, UM CARRO NÃO PODE SER APENAS ELÉTRICO, TEM QUE PARECER ELÉTRICO. O SMART FORJEREMEY FAZ JUS A ESSA METÁFORA. É LINDO, ARROJADO, FEMINÍSSIMO, AO MESMO TEMPO LUXUOSO, CONFORTÁVEL, NÃO POLUI E TEM AUTONOMIA DE 145 KM, NA CIDADE. SERÁ LANÇADO EM 2013, EM EDIÇÃO ESPECIAL


Los Angeles / Stuttgart - Um eletrizante encontro entre o internacionalmente renomado designer de moda Jeremy Scott e o Smart Fortwo Electric Drive resultou em uma fascinante versão do automóvel: um carro elétrico, pronto para decolar para uma nova era da mobilidade, cheio de leveza e alegria de viver. "Tanto o Smart, como as asas, representam a ideia de liberdade nas ruas superlotadas das grandes cidades", explica Jeremy Scott.


O 'showcar' Smart Forjeremy, que será lançado no próximo ano em edição especial limitada, foi apresentado na véspera da abertura do Salão do Automóvel de Los Angeles em uma festa realizada nos estúdios Jim Henson, com música especialmente produzida pela artista inglesa M.I.A.

Asas - um símbolo de 
diversão ao volante sem preocupações


A cooperação entre a marca e o estilista foge totalmente ao convencional. A Smart foi a primeira fabricante de automóveis a permitir que um designer de moda fizesse modificações na carroceria do veículo.

As asas são um dos elementos de design usados constantemente por Jeremy Scott com grande efeito plástico. Seja em camisetas, óculos escuros ou tênis, a figura das asas está sempre presente em suas coleções. 

"Para mim, asas significam liberdade, dão uma sensação de ausência de peso. É por isso que eu fiz questão de colocá-las no Smart Electric Drive para mostrar como ele livra o meio-ambiente de emissões nocivas e simboliza uma nova leveza na área da mobilidade", explica Jeremy Scott.

Além de suas coleções de moda, Jeremy também cria figurinos exclusivos para pop stars como Lady Gaga, Madonna, Katy Perry e Rihanna.


Smart Forjeremy:
Uma história de amor eletrizante
Em apenas oito meses, Jeremy Scott desenvolveu o Smart Forjeremy juntamente com designers da Divisão de Design Smart nas instalações da Mercedes-Benz Cars Advanced Design Studios, na cidade de Carlsbad, na Califórnia. 

O resultado é um Smart ousado e futurista, com preciosos detalhes baseados no tema recorrente das asas que se acendem como foguetes em ação para dar forma às lanternas traseiras estilo avant-garde


O Smart Forjeremy tem pintura em branco brilhante, contra a qual a célula tridion cromada brilha como uma jóia. De cada lado do veículo há uma asa feita de fibra de vidro transparente, decorada com elementos em forma de foguetes com iluminação vermelha, que atuam como lanternas traseiras e luzes de freio. 

"A transparência é um fator muito importante para mim, pois representa luminosidade e espaço", explica o estilista.

A aparência dinâmica e ousada do automóvel é ressaltada pelos pneus traseiros e arcos das caixas de rodas mais largos, com a saia em detalhe rendado. 



Os aros das rodas têm forma de hélices de avião, dando impressão de que o Smart elétrico está pronto para decolar a qualquer momento. 


Com elegantes "sobrancelhas" arqueadas sobre os faróis dianteiros, o Smart Forjeremy transmite simultaneamente uma sensação de curiosidade irrefreada e alegria.

Complementando a célula tridion, as sobrancelhas são cromadas, assim como a parte superior das carenagens dos espelhos externos e a moldura em torno da grade do radiador.

Interior luxuoso - um sonho em branco


O elegante e exclusivo casamento entre o branco e os detalhes cromados também está presente no interior do carro, criando uma atmosfera de luxo inquestionável. 

Juntamente com os designers de interiores da "Smart Design Division" de Sindelfingen, na Alemanha, Jeremy Scott escolheu revestir o painel de instrumentos, bancos e detalhes das portas com couro napa branco. 


Enquanto o painel de instrumentos apresenta costuras minimalistas, as áreas decorativas dos bancos e os painéis centrais das portas ostentam uma extravagante costura diamante. 

As brilhantes superfícies cromadas no acabamento das portas e os elementos típicos do Smart, como maçanetas, os 'bumerangues' laterais e os anéis característicos no painel de instrumentos criam um elegante contraste com o branco fosco.

Com a forma de motores a jato, as entradas de ar laterais cromadas complementam o tema das asas do exterior do veículo. 


O volante branco com dois raios cromados é aberto na parte superior, reforçando a impressão de esportividade e leveza.

"Vamos lançar uma edição limitada especial do Smart Forjeremy em 2013", afirma Winkler. "Eu estou realmente ansiosa para rodar pela cidade neste produto da alta costura", complementa.

Prazer ao dirigir com 
emoção
e estilo - sem qualquer emissão


O Smart Forjeremy é baseado na atual versão comercial do smart fortwo electric drive. Com seu motor elétrico de 55 kW, o Smart Fortwo Electric Drive vai de 0 a 60 km/h em 4,8 segundos. 

Com uma velocidade máxima de 125 km/h, o prazer de guiar também é garantido em vias expressas urbanas. 

A bateria de íons de lítio com 17,6 kWh permite que o biposto urbano rode aproximadamente 145 quilômetros na cidade sem produzir nenhuma emissão local de poluentes.

SMART FAZ PARCERIA COM VECTRIX PARA FABRICAR SCOOTER ELÉTRICA PARA MÉDIAS DISTÂNCIAS E 140 KM/H


Stuttgart, Alemanha - A Smart está expandindo sua oferta de veículos movidos a eletricidade projetados para o tráfego urbano com uma colaboração com a especialista em duas rodas Vectrix.

O portfólio de veículos elétricos smart continua crescendo. Além do Smart Electric Drive e da Smart Ebike, em 2014 será lançado no mercado o Smart Scooter. 

Com a introdução de um scooter livre de emissões locais, a Smart, como provedora de soluções de mobilidade inovadoras para uso urbano, passará a oferecer uma completa gama de veículos elétricos para curtas, médias e longas distâncias, abrangendo até 140 quilômetros.


A smart está desenvolvendo e produzindo o scooter elétrico em cooperação com sua parceira Vectrix, uma inovadora indústria da área das duas rodas com liderança internacional. 

A empresa, que foi fundada em 1996 em Rhode Island, nos Estados Unidos, produz scooters elétricos há anos e tem grande experiência nesta área.

"Tanto a smart como a Vectrix são pioneiras na mobilidade elétrica para a cidade", declara a Dra. Annette Winkler, chefe da smart. "O smart scooter será um smart verdadeiro e queremos fazer dele um ícone da mobilidade urbana - exatamente como o smart fortwo."

O visual do protótipo do smart scooter que foi apresentado no Salão de Paris em 2010 será desenvolvido ainda mais pela smart. 

O novo smart scooter elétrico oferecerá itens inéditos, apresentados pela primeira vez nesta categoria de veículos.


sábado, dezembro 01, 2012

MAIS DE 70 JORNALISTAS FILIADOS À ABIAUTO ELEGERAM O CHEVROLET ONIX O VENCEDOR DO 14° PRÊMIO IMPRENSA AUTOMOTIVA 2012 O CHEVROLET. O CARRO VENCEU NAS CATEGORIAS "MELHOR COMPACTO", "MELHOR CARRO NACIONAL" E "VEÍCULO IMPRENSA AUTOMOTIVA". O ONIX CUSTA DE R$ 29.900 A R$ 41.900




São Paulo (SP) – O Chevrolet Onix foi escolhido o melhor automóvel do Brasil, ao receber  o grande vencedor do 14º Prêmio Imprensa Automotiva 2012, em São Paulo.


Um júri formado por 73 jornalistas especializados de todo o Brasil, filiados à Abiauto (Associação Brasileira da Imprensa Automotiva), conferiu ao no
vo modelo da marca, os prêmios nas categorias “Compacto”, “Melhor Carro Nacional” e “Veículo Imprensa Automotiva” – esta a que define o campeão entre todos os melhores de todas as categorias.



Além do Onix, o modelo Spin também foi o vencedor da categoria “minivan”. A Chevrolet ainda recebeu o troféu da conquista de “Melhor Estande” no recente Salão Internacional do Automóvel de São Paulo, evento realizado em outubro último.

“Estes prêmios são bastante significativos para nós da Chevrolet e da GM do Brasil, pois representam o reconhecimento ao nosso programa de renovação do portifólio de veículos, com sete modelos totalmente novos em 2012, além da modernização e ampliação industrial das nossas unidades”, destacou Pedro Luiz Dias, diretor de Comunicação Social da GM do Brasil.


Ele acrescentou que a GM está em fase de conclusão de um amplo programa de investimento da ordem de R$ 5,3 bilhões, para o período de 2008 a 2012, que culminou com sete lançamentos em 2012, ou sejam, a nova picape S10, o Cruze Sport6 (hatchback), os Sonic hatchback e sedã, o veículo de uso múltiplo Spin, o Onix (hatchback) e o SUV Trailblazer, além da ampliação das fábricas atuais e a construção de uma nova, em Joinville (SC), para a produção de motores e cabeçotes. Pedro Luiz Dias lembra que a GM do Brasil completará, no próximo dia 26 de janeiro de 2013, 88 anos de atividades no País.


Onix, um carro com muitas novidades
Um dos principais lançamentos da Chevrolet no país em 2012, o Chevrolet Onix 2013 chegou ao mercado brasileiro apresentando uma proposta diferenciada no segmento de carros de entrada, os do segmento “compacto”: a presença de itens de série usualmente atrelados a versões mais sofisticadas das fabricantes.

Ele é o primeiro carro da categoria a trazer o exclusivo MyLink, um sistema de plataforma multimídia de conectividade com uma tela de 7” touchscreen, por meio da qualo o usuário emparelha seu smartphone e reproduz músicas, além de fazer ligações telefônicas, via Bluetooth.

O modelo está equipado com os novos motores 1.0 e 1.4 litro SPE/4 e também permite inúmeras personalizações, com cerca de 100 (cem) acessórios disponíveis, como por exemplo, adesivos temáticos na parte externa e interna do carro, com os temas Joy, Race e 24 Hours.



A BMW VEM SE DEDICANDO À CONCEPÇÃO DE CARROS ELÉTRICOS QUE APRIMORA A CADA VERSÃO-CONCEITO. O CONCEPT COUPÉ BMW i3, DE TRÊS PORTAS É A GRANDE NOVIDADE PARA PRODUÇÃO EM SÉRIE COMO UM CARRO TOTALMENTE ELÉTRICO QUE GARANTE, COM O CONFORTO DE UM BMW, UMA AUTONOMIA DE 160 KM E UMA VELOCIDADE MÁXIMA CONTROLADA DE 909 KM/H - E PRECISA MAIS DO QUE ISSO?



Munique / São Paulo, 1 dezembro - O conceito exposto no Salão do Automóvel de Los Angeles 2012 apresentou em paralelo o contínuo processo de desenvolvimento e preparação para produção em série do primeiro modelo totalmente elétrico da sub-marca BMW i, demonstrando também o potencial de ampliação de sua gama de modelos. 


O design moderno exibido pelo BMW i3 Concept Coupé representa uma forma pioneira de mobilidade urbana que faz da sustentabilidade uma parte integrante do segmento premium. 



Além disso, o modelo de três portas utiliza uma linguagem de design que foi criada especialmente para os veículos BMW i a fim de proporcionar uma sensação inegável de dinamismo e prazer de dirigir.

Design interpretado de modo revigorante
O impacto visual da carroceria feita de fibra de carbono é causado principalmente pela elegante linha do teto, típica de um Coupé, e pela interpretação revigorada do design “stream flow” da sub-marca BMW i. 




Este, pode ser visto pelo estilo das janelas e as longas portas com vidros sem moldura também adicionam uma sensação típica de Coupé ao veículo. 

No interior, a sensação de amplo espaço característica da marca BMW i, é combinada com um ambiente estilo lounge exclusivo assentos traseiros. 



O BMW i3 Concept Coupé também assume o título de primeiro veículo elétrico do mundo totalmente conectado. 

Graças à inclusão de funções BMW ConnectedDrive inovadoras, desenvolvidas pela BMW i para uso em veículos de produção em série, a operação do sistema de navegação e a transferência de informações entre o veículo, o mundo externo e o smartphone do motorista foram otimizados para atender aos requisitos específicos da mobilidade elétrica (e-mobility).

O BMW i3 Concept Coupé foca-se claramente no desempenho dinâmico que pode ser obtido com a tecnologia puramente elétrica BMW eDrive. 


Igualmente ao BMW i3 Concept, o Coupé também é movido por um motor elétrico projetado pelo BMW Group, que desenvolve uma potência máxima de 125 kW/170 hp e um torque máximo de 250 Nm (184 lb-ft), que canaliza sua força instantaneamente para as rodas traseiras através de uma transmissão de velocidade única. 

O motor elétrico extrai sua energia de células de armazenamento de íon-lítio posicionadas sob o piso. 

Este posicionamento das unidades de bateria tem o efeito de reduzir consideravelmente o centro de gravidade, o que aprimora o manuseio extremamente ágil do veículo.

Medindo 3.964 milímetros de comprimento, 1.768 de largura e 1.555 de altura, o BMW i3 Concept Coupé pode ser destacado por suas proporções únicas. 

Quando comparado diretamente com o BMW i3 Concept, o novo conceito tem uma aparência mais ampla e rebaixada, que serve para enfatizar sua natureza ágil logo à primeira vista. 

A distância entre os eixos, por outro lado, não sofreu alterações em comparação ao BMW i3 Concept com 2.570 milímetros.

Fluxo de linhas dinâmico



O para-brisa acentuadamente inclinado que se estende para frente e a linha do teto que desce levemente em direção à traseira do veículo são as características determinantes da silhueta do BMW i3 Concept Coupé.

O modo específico de construção da célula de passageiros Life em fibra de carbono (CFRP) significa que não há necessidade para uma coluna B. 



Isso não apenas facilita o acesso aos assentos traseiros, como também acrescenta impacto ao fluxo de linhas dinâmico e visível pelo estilo das janelas.

A seleção de material garante que os princípios característicos de sustentabilidade, leveza e transparência sejam aplicados para efeito genuíno também no design interior dos modelos da sub-marca. 


O interior do BMW i3 Concept Coupé ilustra como o design do cockpit evoluiu para ser preparado para sua produção em série e, ao mesmo tempo, cria um ambiente único que se encaixa no conceito de um veículo esportivo de três portas. 



A estrutura em camadas utilizada para o exterior mais uma fez destaca a disposição dos elementos funcionais e dos controles, enquanto uma mistura de couro, madeira, lã e outras matérias-primas renováveis garante que as características premium do veículo, incluindo o novo aspecto de sustentabilidade, sejam plenamente visualizadas e percebidas.

Três modos de condução
A autonomia de um veículo totalmente elétrico depende muito do estilo de condução do motorista, assim como acontece com o consumo de combustível em veículos movidos à combustão interna. 


O BMW i3 Concept Coupé ajuda o motorista a otimizar a eficiência escolhendo uma configuração de veículo apropriada. 

O botão de Driving Experience Control no console central pode ser usado para selecionar os três modos de condução, COMFORT, ECO PRO e ECO PRO+. 

A esportividade e o conforto do BMW i3 Concept Coupé podem ser experimentados da melhor maneira na configuração COMFORT.

O modo ECO PRO tem como foco a economia de energia para uma autonomia maior e um desempenho ainda mais limpo. 


O mapeamento do acelerador é modificado para, por exemplo, que o mesmo curso do pedal consuma menos energia que no modo COMFORT. 

Ao mesmo tempo, o aquecimento e o ar-condicionado são alterados para um modo operacional com uso de energia mais eficiente. Alterar do modo COMFORT para o modo ECO PRO pode ampliar a autonomia do veículo em 20%.

A eficiência pode ser aumentada ainda mais no modo ECO PRO+, que foi projetado para maximizar o alcance de condução. 


Assim, não somente o mapeamento do acelerador é modificado, como a velocidade máxima também é limitada a 90 km/h (56 mph). 

As funções de conforto interior, como o aquecimento e o ar-condicionado, são adicionalmente executadas no nível minimamente necessário, por exemplo, evitando que os vidros embacem. 



Os itens de consumo elétrico, como os aquecedores de banco, os aquecedores de retrovisor e os componentes não essenciais de luzes de condução diurna, são desativados completamente. Assim, uma distância maior pode ser percorrida pelo veículo.

Conectividade total
O sistema BMW eDrive que equipa o BMW i3 Concept Coupé é projetado para permitir que o veículo cubra uma distância de aproximadamente 160 quilômetros com a carga completa da bateria sem que seja necessário conectá-lo novamente a uma estação de carga. 


Essa autonomia permite que ele seja usado confortavelmente para mais do que apenas mobilidade urbana.

Graças aos serviços BMW i ConnectedDrive que foram especificamente desenvolvidos para aplicações de mobilidade elétrica com a tecnologia BMW eDrive, o motorista recebe estimativas realísticas sobre o alcance atual do veículo, que podem ser visualizadas até mesmo antes de dar partida no carro. 


Portanto, o BMW i3 Concept Coupé assume o título do primeiro veículo elétrico do mundo totalmente conectado. 

A de autonomia dinâmica é visualizada no painel de informações central do veículo não apenas como um valor, mas como um contorno periférico no mapa de navegação. 

Usando o local atual do veículo como ponto de partida, todos os pontos que podem ser alcançados com as reservas de energia disponíveis são mostrados no mapa, formando assim um contorno periférico.

Serviços de mobilidade inclusos
Além disso, o BMW i também oferece serviços de mobilidade pioneiros que podem ser incorporados no planejamento de mobilidade do cliente. 


Esses incluem o serviço premium de compartilhamento de veículos DriveNow, que está disponível na Alemanha desde 2011 e desde setembro de 2012 também em São Francisco. 

Também em São Francisco, a funcionalidade ParkNow foi introduzida pela primeira vez no mundo, permitindo que espaços de estacionamento sejam reservados através de um aplicativo de smartphone. 

ParkNow e outros serviços são fornecidos para o cliente via BMW ConnectedDrive e são disponibilizados para uso no sistema de navegação.



quinta-feira, novembro 29, 2012

ÔNIBUS HÍBRIDO VOLVO TRANSPORTA COMITIVA DA FIFA E DO COL EM VISITA A CURITIBA


   Fotos: Brunno Covello/SMCS

A equipe formada por integrantes da Fifa e do Comitê Organizador Local (COL) que esteve nesta terça-feira, 27, em Curitiba, teve a oportunidade de circular pela cidade em um ônibus híbrido da Volvo.  

A comitiva foi à capital paranaense para visitar as obras da Arena da Baixada, sede do Clube Atlético Paranaense, um dos estádios que receberá os jogos da Copa de 2014, no Brasil.

Os integrantes da comitiva percorreram os 15 quilômetros entre o aeroporto e o estádio a bordo de um dos ônibus híbridos do sistema de transporte urbano de Curitiba.  

Ministro Aldo Rebelo, Prefeito Luciano Ducci e Ronaldo
Estavam na comitiva o secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, os ex-jogadores Ronaldo Fenômeno e Bebeto, o ministro do Esporte, Aldo Rebelo, membros do COL, o prefeito de Curitiba, Luciano Ducci, o secretário Municipal da Copa, Luiz de Carvalho, e o secretário Estadual da Copa, Mário Celso Cunha.

A Volvo iniciou a fabricação do veículo no Brasil em junho deste ano.O ônibus híbrido da Volvo tem com dois motores, um a diesel e outro elétrico, que funcionam em paralelo ou de forma independente. O motor elétrico é utilizado para arrancar o ônibus e acelerá-lo até uma velocidade de aproximadamente 20 quilômetros por hora. 

A tecnologia usada no veículo permite economia de combustível de até 35% e reduz em 90% as emissões de gases poluentes, em relação aos ônibus com tecnologia Euro 3. Outra vantagem do veículo é não emitir ruído em cerca de 30% a 40% do tempo de operação.





O NOSSO COLUNISTA FERNANDO CALMON VOLTA A ANALISAR A QUESTÃO DA SEGURANÇA DOS AUTOMÓVEIS VENDIDOS NO BRASIL QUE EM SUA OPINIÃO CONTINUA A CAUSAR INTERROGAÇÕES. VALE A PENA CONHECER O ASSUNTO MAIS A FUNDO



Alta Roda 
nº 709 — 29/11/12 

Fernando Calmon


CRITÉRIOS E MEDIDAS

A terceira rodada de testes de colisão contra barreira fixa, realizada pela ONG Latin NCAP (acrônimo em inglês para Programa de Avaliação de Carros Novos, da América Latina), continua a trazer interrogações. 

A entidade sediada no Uruguai tem bons discursos, pois trata de estimular por efeito comparativo o nível de segurança passiva dos veículos.

Existem pelo menos seis desses programas em diferentes regiões produtivas do mundo. Os métodos não conversam entre si. 

Há diferenças marcantes entre modo de colisão contra barreira fixa (frente toda ou parcial), velocidade de choque, impactos laterais (perpendiculares e contra obstáculo cilíndrico), além de proteções específicas para crianças a bordo e simulação de atropelamento de pedestre.

Classificação de zero a cinco estrelas é por meio de pontuação que avalia ferimentos em bonecos antropométricos sensorizados. 

Algumas distorções não são explicitadas pelo Latin NCAP, como a velocidade de impacto. Regulamentos da ONU sugerem 56 km/h, mas aqui a ONG usa 64 km/h. 

Essa diferença, que vem sendo eliminada, decorre de custos de produção e poder aquisitivo de cada mercado.

A China tem seu próprio NCAP e já concordou com a velocidade maior, o que encarecerá a estrutura de seus carros. 

Afinal, o Geeky CK1 (sem airbags) não conseguiu nenhuma estrela, em 2010, e o JAC J3 foi o único modelo, mesmo com airbags frontais, que alcançou apenas uma estrela, em 2012. 

Oito automóveis compactos fabricados no Brasil (Celta, Corsa Classic, Gol, Ka, Palio, Sandero, Uno e 207) também ficaram com uma estrela, quando testados sem airbags. Se serve de consolo, veículos chineses são (bem) inferiores nessa segurança aos produzidos no Brasil.

Há outras curiosidades com a pontuação. March mexicano, com airbags frontais, ganhou duas estrelas (2011) e o europeu, cinco. O modelo vendido na Europa tem mais equipamentos, mas estruturalmente são iguais: três estrelas de diferença mostram algo errado na metodologia.

Colocaram aqui um mínimo de 14 pontos para o veículo ser cinco estrelas, enquanto na Europa esse limite é “flexível”. No site da EuroNCAP, Chevrolet Volt aparece com 11,6 pontos em impacto frontal e recebe cinco estrelas (2011), enquanto o Cruze com 13,18 pontos (2011) se classificou com quatro estrelas no Latin NCAP. Excesso de zelo para os fabricados na América Latina?

Essas trapalhadas só acontecem pela omissão dos legisladores da região em criar um padrão de segurança coerente e mais severo ao longo do tempo. 

O nosso continente é o único para o qual a organização Euro NCAP conseguiu exportar seus negócios e métodos, com pouca discussão técnica sobre a realidade dos mercados.

Latin NCAP gosta de repetir que os modelos mais vendidos aqui estão 20 anos atrasados em relação aos mercados centrais. 

Mas se esqueceu de comentar que dos 26 automóveis testados contra a barreira, em três anos, há mais modelos, nove, com quatros estrelas (City, Corolla, Cruze, Etios, Fiesta, Fluence, Focus, Polo e Tiida), do que com uma estrela. 

E vários dos atuais “uma-estrela” receberão outra, quando a legislação tornar airbags obrigatórios, parte em 2013 e a totalidade em 2014.

RODA VIVA

PARA quem gosta de comparar preços do Brasil com o exterior, esquece de ver a Europa. Bom exemplo é Fusion Titanium mexicano, carro praticamente igual ao alemão Mondeo Titanium. Aqui, o médio-grande da Ford custa R$ 113.000 e lá, 33.750 euros (R$ 91.000). Se igualadas as cargas fiscais, os preços são iguais ou até um pouco mais caro na Europa.

CARLOS GHOSN, presidente mundial da Renault-Nissan, em visita ao Brasil, fez primeira previsão de um executivo do setor sobre o mercado brasileiro em 2013. Ele acredita em elevação nas vendas de automóveis e comerciais leves de 2%, metade em termos nominais do que deve crescer a economia (4%). Ano será mais difícil sem o incentivo do IPI menor.

FLUENCE GT (R$ 79.370) é dos poucos produtos fabricados no Mercosul que não vilipendiou a sigla Grã Turismo. Além do motor turbo 2 litros/180 cv (37 cv a mais), o carro tem apêndices e apliques discretos, além de câmbio manual. Suspensão recalibrada e o torque de 30,6 kgf.m formam boa combinação para quem quer algo mais de um honesto sedã familiar.

REDUÇÃO de até 35% no consumo de combustível é esperada nos motores de F-1, em 2014, segundo a Magneti Marelli. O downsizing parte de um V-8 aspirado/2,4 L para um híbrido V-6 com eletroturbo/1,6 L. Pela primeira vez, se utilizará injeção direta de gasolina a 500 bares de pressão e a empresa será única responsável pelos novos injetores. Potência se manterá em 700 cv.

RASTREADOR/BLOQUEADOR de veículos com comando por voz e controle remoto foi desenvolvido pela LocatorOne, de Campinas (SP), especializada em soluções de segurança sem pagamento de mensalidades. O ABR – Super também detecta tentativas de interferência eletrônicas (jamming) sobre o GPS. Preço: R$ 1.220,00. Pormenores em www.locatorone.com.br.
_____________________________________
fernando@calmon.jor.br e www.twitter.com/fernandocalmon

UMA BOA NOTÍCIA PARA O SETOR AUTOMOTIVO BRASILEIRO DÁ CONTA DA VOLTA DA PRODUÇÃO DE VÁRIOS MODELOS DO GRUPO VOLKSWAGEN À FÁBRICA DE SÃO JOSÉ DOS PINHAIS, QUE PASSARÁ POR TOTAL RENOVAÇÃO. AS NOVIDADES DE ROBERTO NASSER NÃO FICAM POR AÍ: O RENAULT DUSTER PARTICIPARÁ DO PRÓXIMO RALLYE DAKAR PARA MATAR A IDEIA DE QUE O MODELO É APENAS URBANO, E ENTRE OUTRAS, A COLUNA DE "CARROPORAÍ" REVELA QUE TRIUMPH FABRICARÁ MOTOS EM MANAUS




Coluna nº 4812 de 28 de novembro de 2012

A BMW MOTORRAD LANÇA A F 800 GT PARA DISPUTAR ESPAÇO NO SEGMENTO INTERMEDIÁRIO DAS ESTRADEIRAS, APOSTANDO, PRINCIPALMENTE, NO CONFORTO, SEM DESCURAR O DESEMPENHO GARANTIDO COM UM MOTOR DE DOIS CILINDROS EM LINHA DE 798 CC. É UMA PENA, A F800 GT NÃO VIR PARA O BRASIL


A BMW Motorrad aperfeiçoa a oferta de motos estradeiras e estabelece uma nova referência no segmento intermediário dessas motocicletas com o lançamento da nova F 800 GT, a sucessora da F 800 ST, que infelizmente não será vendida no Brasil, de acordo com a Assessoria de Imprensa da BMW.



A nova F 800 GT conta com um motor de dois cilindros em linha, de 798 cc, refrigerado a água, que logo se percebe a sua grande capacidade de aceleração e um comportamento altamente dinâmico.  



O propulsor é agora mais potente graças a um ajuste feito no motor que tem 66 kW / 90 CV (F 800 ST: 62,5 kW (85 CV)) a 8.000 rpm.
Graças ao sistema propulsor secundário a correia dentada da F 800 GT não precisa de manutenção.



A orgonomia foi sensivelmente melhorada, assim como a proteção contra o vento e a chuva com uma nova carenagem mais completa e o porta-objeto está mais prático e com maior capacidade de carga útil, elementos que tornam a F 800 GT numa genuína "Gran Turismo".

A nova BMW inclui de série freios ABS, obedecendo critério de Segurança 360°, da marca, o que lhe confere o status de uma moto segura e confortável. 

Isso foi possível graças também a seu chassis otimizado e a um diverso sistema de opcionais, entre eles o sistema de control automático de estabilidade ASC (Automatic Stability Control) e o sistema de ajuste eletrônico de suspensão ESA (Electronic Suspension Adjustment).


A gama de acessórios especiais da BMW Motorrad criados para a F 800GT inclusive um silencioso Akrapovië. 



Este silencioso de titânio e aço inoxidável, que pesa aproximadamente 1,7 kg menos que o silencioso de série, é do tipo slip-on e consegue que o motor de dois cilindros tenha um som especialmente vigoroso.

Resumo das novidades:
  • Maior potência da F 800 GT em comparação com o modelo anterior: 66 kW (90 CV) a 8.000 rpm (F 800 ST: 62,5 KW (85 CV) a 8.000 rpm).
  • Carenagem com novo desenho mais dinâmico e de melhor proteção contra o vento e a chuva. Novas cores.
  • BMW Motorrad ABS de última geração, incluído de série.
  • Sistema de control automático de estabilidade ASC
    (Automatic Stability Control) (item opcional).
  • Suspensão regulável electrônicamente ESA
    (Electronic Suspension Adjustment) (opcional).
  • Ajuste da pré-carga mediante aperto para optimizar  ergonomia e dar mais conforto.
  • Chassis optimizado para maior estabilidade dinâmica e conforto.
  • Novas jantes mais rápidas, de desenho dinâmico.
  • Ergonomia adequada à qualidade estradeira da moto, com banco do carona mais elevado e novo posicionamento dos estribos.
  • Assento mais confortável para condutor e seu acompanhante.
  • Novo conjunto de comandos no guidom. Novo depósito de líquido de freio.
  • Novo guidom cônico de alumínio, desacoplado do chassis para reduzir las vibrações.

  • Novo desenho do velocímetro e do conta-giros,  e mais indicadores, com mais informações.
  • Carga útil de 207 kg (+11 kg).
  • Novo sistema de escapamento, com protetor optimizado para o calcanhar.
  • Luz intermitentes de color cinza aluminizado.
  • Novo sistema de fixação no guidom do navegador BMW Motorrad Navigator IV (acessório especial).
  • Redução de potência de 35 kW (48 CV)
    (opcional).