segunda-feira, 31 de dezembro de 2018

Portugal tem a primeira mulher cientista-astronauta da NASA. A estudante Ana Pires, da Escola de Engenharia do Politécnico do Porto e investigadora do INESC TEC, já recebeu o diploma



Ana Cristina Pires, estudante do Mestrado em Engenharia e Eletrotécnica e de Computadores – Ramo de Sistemas Autónomos do Instituto Superior de Engenharia do Porto (ISEP), foi uma dos 12 selecionadas entre centenas de candidaturas todo o mundo e de diferentes áreas.
A participação no curso, que contou com o apoio do ISEP e do Instituto de Engenharia de Sistemas e Computadores, Tecnologia e Ciência (INESC TEC) onde Ana Pires é investigadora, deu-se no âmbito do projeto de investigação PoSSUM – Ciência Suborbital Polar na Alta Mesosfera, explica o Politécnico do Porto (P.PORTO) numa nota enviada ao ‘Mundo Português’.
O diploma foi-lhe dado após a conclusão com êxito do curso que decorreu em Embry-Riddle Aeronautical University, na Flórida (EUA).
O objetivo do curso é preparar os candidatos para um voo espacial suborbital como cientistas e formar cientistas-astronautas ou, segundo as categorias oficiais da NASA, os intitulados ‘Mission Specialist’ ou ‘Payload Specialist’, informa ainda o P. PORTO.

A formação que Ana Cristina Pires realizou teve a duração total de um mês e meio e incluiu uma parte teórica e outra prática em aeronáutica e aeroespacial.
A investigadora portuguesa fez uma simulação de uma missão, com fato espacial, treinos em aviões de acrobacia aérea de habituação às forças G e treinos na câmara hiperbárica para se observarem efeitos de hipoxia.
“Este é o primeiro passo para continuar uma formação especializada na Indústria Espacial. Existem inúmeros cursos no âmbito deste programa e eu estou muito interessada em continuar a trabalhar e continuar a perseguir este sonho”, revela Ana Pires, citada na nota do P.PORTO.
A investigadora aponta como próximo objetivo “os cursos de operações com fatos espaciais, avaliação de microgravidade, ciências atmosféricas e geológicas e técnicas de detecção remota aplicadas à mesosfera”.
“Em termos pessoais, existem metodologias e técnicas relacionadas com a deteção remota e aquisição de imagem, que foram abordadas neste curso e que podem perfeitamente serem aplicadas nas investigações do ISEP e do INESC TEC, nas áreas das geo-tecnologias do mar, modelação e cartografia aplicada”, declara Ana Pires.
Ana Pires é formada em Engenharia Geotécnica e do Geoambiente pelo ISEP, tem um Doutoramento Europeu em Geociências pela Universidade de Aveiro (Especialidade em Recursos Geológicos e Geoamateriais). Atualmente, é bolseira de Gestão de Ciência e Tecnologia do ISEP e investigadora do CRAS, do INESC TEC.
Fonte: Mundo Português

Mitsubishi Cup divulga calendário e categorias para a histórica edição de 20 anos em 2019. Rali cross-country de velocidade mais tradicional do País terá novo carro no grid e organização da Spinelli Racing



A temporada 2019 do rali cross-country monomarca mais querido do Brasil está confirmada e as novidades para o próximo ano já foram anunciadas. Pilotos e navegadores enfrentarão sete etapas da Mitsubishi Cup, que celebrará 20 anos.

“A Mitsubishi Cup é um evento tradicional da nossa marca e uma grande escola do rali cross-country de velocidade”, conta Fernando Julianelli, diretor de marketing da Mitsubishi Motors. “Além disso, é um laboratório para a montadora, pois testamos os veículos em condições extremas e muitas inovações vão das pistas para os carros de rua – e vice-versa.”


O campeonato 2019 será organizado pela Spinelli Racing, que tem o pentacampeão do Rally dos Sertões Guilherme Spinelli como diretor. As duplas podem esperar provas técnicas, desafiadoras e com muita adrenalina. 


“É um desafio para a Spinelli assumir a produção e a parte técnica-desportiva de um evento consagrado e do mais alto nível como é a Mitsubishi Cup, que está indo para a sua 20ª edição. Estamos motivados e preparados para encarar esse desafio”, ressalta Guiga. 


“Mais uma vez a Mitsubishi está investindo e acreditando no campeonato e nossa expectativa é trazer diferenciais no roteiro e novidades nas especiais. Além disso, focaremos na divulgação com mídias específicas para a Mitsubishi Cup.”

“O que me traz para a Mitsubishi Cup é a organização, o conceito e a infinidade de amigos que a gente faz aqui. A Mitsubishi investe muito no esporte”, fala o navegador Leonardo Magalhães. “A competitividade é enorme, é o maior evento que temos no Brasil”, explica o participante Weidner Moreira.


Em 2019, serão seis categorias: ASX RS Master, ASX RS, L200 Triton ER Master, L200 Triton ER, L200 Triton Sport RS e L200 Triton Sport R, novidade no grid.

Lançamento: L200 Triton Sport RA Mitsubishi Motors do Brasil apresenta o mais novo modelo preparado para competições, a L200 Triton Sport R. Baseado no modelo que é vendido nas concessionárias, esse carro foi desenvolvido no Brasil em parceria com a Spinelli Racing e fará sua estreia no grid na temporada 2019.

Assista o carro em ação - https://youtu.be/JrEJpvPQ7oQ
O modelo foi criado para a categoria de veículos de produção (T2 FIA), que é extremamente rigorosa nas modificações que podem ser feitas e que mantém as características gerais do carro de fábrica. 


“É praticamente um carro original com os itens de segurança que as provas de rali exigem”, explica Fernando Julianelli, diretor de marketing da Mitsubishi Motors.

O motor é o 2.4L Diesel, 16 válvulas / DOHC MIVEC, injeção eletrônica direta Common-Rail, potência máxima de 225 CV a 3.750 RPM e torque de 51,2 KGF.M a 2.350 RPM. Além do motor, a transmissão, o chassi e a carroceria são originais. 

O modelo recebeu gaiola de proteção, bancos concha, cintos de cinco pontas e sistema de extintor, deixando ele ainda mais preparado para enfrentar as trilhas e estradas.


Para um conforto ainda maior dos pilotos, a L200 Triton Sport R manteve o ar-condicionado, sem comprometer a performance nas competições. Também foi instalado um painel de aquisição de dados Pro Tune, que reúne todas as informações do desempenho do carro.


E, para deixar o carro ainda mais eficiente nas provas, foram instalados dois amortecedores coil-over por roda e mola helicoidal racing na dianteira e semielíptica racing na traseira.


“Estamos impressionados com o desempenho do carro nos testes de durabilidade”, afirma Youssef Haddad, diretor técnico da Spinelli Racing. 

“Já rodamos 1.600 quilômetros, o equivalente a duas temporadas completas da Mitsubishi Cup, e não precisamos fazer nenhuma substituição de peças, com exceção daquelas de desgaste natural, como freios e filtro. A L200 Triton Sport R vem se mostrando um dos carros mais confiáveis que já desenvolvemos”, explica.

Os carros para a Mitsubishi Cup são preparados pela Mitsubishi Motors, única montadora na América Latina que tem uma linha de produção de veículos de corrida, e estão disponíveis para venda para os pilotos e equipes com condições especiais. Para mais informações, contate: yh@spinelliracing.com.br.


Calendário Mitsubishi Cup 2019*27/04 – Mogi Guaçu (SP) / Autódromo Velo Città
25/05 – Ribeirão Preto (SP) / Haras Leão
29/06 – Jaguariúna (SP) / Haras Patente
03/08 – Indaiatuba (SP) ou Ponta Grossa (PR)
28/09 – Cordeirópolis (SP)
19/10 – Magda (SP)
23/11 – Mogi Guaçu (SP) / Autódromo Velo Città

*Datas e locais sujeitos a alterações.

Ciclismo de Ribeirão Preto conquista tetracampeonato


A conquista da quarta estrela, na temporada 2018 prenuncia voos ainda maiores em 2019. O primeiro lugar também fora celebrado nos anos 2012, 2013 e 2017, sob o comando de Marcelo Donnabella. Com 1.921 pontos, o plantel ribeirão-pretano somou mais de 600 pontos à frente em relação ao 2º colocado, a Equipe de São José dos Campos, que acumulou 1.290 pontos.

Marcelo Donnabella sustenta que “a palavra-chave para conseguir ir bem no Ranking Nacional é regularidade. E nós conseguimos fazer isso muito bem este ano. Nosso momento é muito bom, fizemos uma temporada excelente e estamos satisfeitos com essa conquista”.

Para o presidente da Equipe, Danilo Terra, a vitória é resultado de um esforço coletivo. “Uma temporada vitoriosa coroada com um título importante e de peso. O tetra é resultado de muito esforço dos atletas, da comissão técnica e também de todos os parceiros e patrocinadores que apoiam muito para que esse projeto seja possível. Estamos muito orgulhosos. Agora é comemorar, descansar e voltar com tudo para 2019”, celebra.

Sucesso no Ranking Nacional de Estrada da Equipe de Ciclismo de Ribeirão Preto São Francisco Saúde/Klabin/Secretaria de Esportes contou, entre outros, com o apoio do Nacional Inn Hotéis

Nani Roma, piloto de MINI en el Dakar: “Tenemos un coche muy competitivo, robusto, duro y fiable”. Joan “Nani” Roma afronta su vigesimotercer Dakar a sus 46 años . El piloto de Folgueroles, ganador en la categoría de motos en 2004 y en coches diez años después junto a MINI, lleva la mitad de su vida corriendo esta dura prueba y sigue participando con el mismo objetivo que el primer día: ganar. En su dia a dia conduce un MINI Countryman; eso sí, se ha quedado con las ganas de probar un MINI clásico, “porque no entro y toco con la cabeza en el techo”.



Roma competirá en el Dakar 2019 con uno de los cinco MINI John Cooper Works Rally 4x4 que el equipo X-Raid alineará en carrera. Nani conoce bien a MINI y al equipo, y llega al plato fuerte de la temporada en un estado de forma inmejorable, tras ganar en tres de las cuatro carreras en las que ha participado en 2018: Baja Hungría, Turkmen Desert y Baja Portalegre.

El español ha sido una parte importante del desarrollo del todoterreno con el que correrá en Perú, un coche de competitividad y fiabilidad probada. Roma va en busca de la victoria… a pesar de que algunos digan que el recorrido, en un principio, no sea favorable a los coches de la categoría 4x4.

Cómo llegas al Dakar? Has logrado tres victorias en 2018…
Llego muy motivado: ganar te hace llegar con mucha confianza. Creo que esta es la forma en la que hay que afrontar una carrera como esta. El Dakar va a ser muy intenso y cuanto más confiado llegues, mejor. Las expectativas son altas. Álex (Haro, su copiloto) y yo somos muy exigentes con nosotros mismos e ir con esta mentalidad es lo que nos hace mejorar cada día.

Eres todo un veterano del Dakar, ¿cómo has visto la evolución de la carrera?
¡Pues imagínate! Conocí el Dakar de África… Todo ha cambiado mucho, pero sobre todo ha cambiado el mundo. Hemos variado de continente y también hemos cambiado de mundo. Aun así, el Dakar sigue siendo una gran aventura muy interesante. Es más rápido que antes, pero sigue siendo una aventura. Me he pasado media vida corriendo el Dakar. Cuando era niño me cruzaba con la caravana del Dakar en Navidades. Tuve la oportunidad de correrlo por primera vez en 1996 en moto y ahora sigo aquí, pero en coche.

Fue el Dakar 2018 el más duro en el que has participado?
¡Fue corto! Y el más frustrante en el que he participado. Podría haber sido un Dakar muy bueno para nosotros, pero así es el deporte. Los accidentes también forman parte de la competición y tenemos que aceptarlo.


Qué cambios presenta el MINI John Cooper Works Rally respecto al coche del año pasado?
Llevamos un motor distinto, que es más potente. A nivel geométrico hay evoluciones, hemos mejorado las suspensiones, el reparto de pesos es más equilibrado…  Al fin y al cabo, todo el conjunto es mejor y, en definitiva, hemos mejorado bastante. Hemos podido trabajar muy bien en los entrenamientos en Marruecos y en la carrera que hicimos en Portugal (Baja Portalegre). Aún así, hay que decir que no es el Dakar perfecto para el 4x4.

Cuáles son las fortalezas de tu coche con respecto al buggy?
El 4x4 es un coche muy robusto, duro y fiable. Va a ser un Dakar complicado y por eso es importante que el coche cumpla. MINI y BMW han trabajado muy bien. Nos han dado la oportunidad de cambiar muchas cosas y eso hace que tengamos un coche muy competitivo y, sobre todo, muy robusto.

Quiénes crees que serán tus principales rivales por la victoria?
El primer rival es uno mismo. Luego, evidentemente, Carlos (Sainz) y Stéphane (Peterhansel) son dos pilotos muy rápidos y muy buenos. También están Sébastien Loeb, Nasser Al-Attiyah y Giniel De Villiers… Hay un conjunto de pilotos a los que será difícil batir, al menos seis o siete nombres. Esto es lo que tiene competir contra gente buena: te hacer ser mejor y cuando los ganas el valor de la victoria te lo da el nivel de tus rivales.

Competirás en otras carreras más allá del Dakar?
Por ahora solo pensamos en ganar el Dakar… luego ya se verá.

Qué recuerdos tienes del MINI clásico?
MINI es una marca con mucha solera y con muy buena imagen. Recuerdo haber visto vídeos de los MINI compitiendo. Parecía una tontería que pudieran batir a otros coches de mayor tamaño, pero lo hicieron. Era espectacular y ahora han hecho lo mismo: han conseguido ganar el Dakar. Es un coche urbano, pero es un coche capaz de ganar la carrera más dura del mundo en pleno desierto. Eso es lo que diferencia a MINI del resto de marcas.

Has probado algún MINI clásico?
El primero no, porque no entro. Cuando gané el Dakar en 2014 me vinieron a buscar en un MINI y no entraba. Tocaba con la cabeza en el techo. Para el día a día uso un MINI, un Countryman.

VIVA 2019 - FELIZ ANO NOVO

Na foto, com Lana Carla minha companheira, minha mulher, meu amor, em Setúbal, Portugal, à mesa com os itens que não deveriam faltar a ninguém no mundo: pão, azeite, vinho e a camiseta do Flamengo.

Com estas palavras quero desejar a todas as minhas amigas e a todos os meus amigos, às leitoras e aos leitores do Blog do Arnaldo Moreira um feliz 2019 assim: Que o Ano Novo venha com um novo conceito político, social e econômico eivado de renovação e respeito mútuo entre os seres que habitam este País e este Planeta. Que as verdades venham à tona e a paz e a harmonia se instalem de vez entre nós. Que ouçamos boa música com poemas que transpirem alegria, mas se preciso sejam de luta pelos direitos humanos e sociais e envolvam a todos da forma mais compreensível e transformadora. Que 2019 acorde a humanidade para a realidade dos povos com fome que se deslocam com o perigo das próprias vidas pelos mares salgados que já engoliu tantas vidas desses aventureiros destemidos e seus filhos, crianças, que as ondas levam para as praias e as deixam nas areias sem sensibilizar o poder do mundo. Essa gente só queria um novo lar sem a desgraça que vivem em suas terras. Está na hora de os brasileiros poderosos resgatarem das ruas, do crime, do desemprego o povo que se tornou pária e morre sem uma oportunidade de construir a sua nação. 2019 precisa ser o começo de uma nova era neste País. Que venha o Novo Ano e que seja de mudança. Viva 2019.

domingo, 30 de dezembro de 2018

No ranking nacional de vendas ocupando já o 7º lugar entre os 80 comercializados no Brasil, o Fiat Argo Drive GSR 1.3 com câmbio automatizado de 5 marchas agradou no teste realizado pelo Blog. Conforto, boa dirigibilidade, espaço e economia e carga tecnológica chamaram a atenção. Custa R$ 61.990




Texto e fotos: Arnaldo Moreira

Desde que o seu lançamento, no ano passado, para substituir o Palio e o Punto, o Argo vem conquistando a preferência dos consumidores e, neste mês de Novembro, foi já o 7º carro mais vendido, entre os 80 modelos comercializados no Brasil. 



A versão testada pelo Blog foi a Drive 1.3 GSR 2019 que se mostrou um carro moderno, robusto, muito eficiente na cidade, pelo desempenho do motor 1.3 Firefly, e econômico com consumo generoso mesmo abastecido com álcool, passando dos 9 km/l na cidade e dos 10 km/l, na estrada. Com gasolina faz quase 13 km/l na área urbana e mais de 14 km/l, na estrada. Esses valores ocorrem em função também dos sistema Star & Stop que desliga o motor por exemplo em paradas nos semáforos, o religando ao voltar a acelerar.



No prédio onde moro dois vizinhos têm o Argo, um prata e um vermelho e ambos tecem os maiores elogios ao carro, mas eu não tinha informações mais precisas, apesar de ter já testado o Cronos - matéria publicada em 31/10/18: (https://blogdojornalistaarnaldomoreira.blogspot.com/search?q=fiat+cronos). 




O conforto é um ponto a ressaltar no Argo. Apesar de ser um hatch pequeno, é robusto e o espaço para os passageiros é generoso na frente...





... e na traseira - que tem tomada para carregar celular -, onde inclusive a altura é suficiente para os ocupantes mais altos, característica da Fiat que soube descobrir espaço interno, onde parece não existir.




Faltando 1 cm para medir 4 m de comprimento, o Argo tem 2,52 m entre eixos e 1,72 m de largura e 1,50 de altura e um design atraente, graças a suas linhas esguias encimadas pelo capô com vincos acentuados que recai sobre a grade escamada separando os conjuntos óticos que vazam pelo guarda-lamas. 


Nos extremos do para-choques ficam os dois faróis de neblina, eficientes. Na traseira as lanternas e no para-choques os sensores de estacionamento.



A suspensão do Argo absorve bem as depressões do asfalto e na estrada e nas ruas de piso regular é notório o silêncio no habitáculo, só alterado pelo som baixo do motor e nas trocas de marchas. 



Os passageiros da frente têm o conforto do descanso de braço entre os bancos


O sistema de multimídia com tela de 9", sensível ao toque, possui câmera de ré, espelhamento para Android Auto do Google e IOS, Bluetooth, comandos no volante, Wi-Fi  hostspot, reconhecimento de voz, armazenamento interno de para vídeos e músicas com 16 GB.




No volante de couro, o mesmo do Jeep, com regulagem de altura e profundidade, tem controles de som, de velocidade cruzeiro (piloto automático), dos limpadores dianteiros e traseiro, do computador de bordo e ainda 



paddle shifts, as borboletas para troca de marchas manualmente que proporciona respostas mais rapidas.




O moderno motor 1.3 de alumínio, de 4 cilindros - o que reduziu seu peso -, e 8 válvulas (como os mais antigos gostam) do Argo Drive GSR é admirável e tem um casamento perfeito com o câmbio de cinco velocidades automatizado GRS Comfort, preparado para manter por mais tempo uma marcha reduzida quando "sente" que o motorista precisa fazer uma ultrapassagem ou a retomada de velocidade, além de ter mais agilidade nas trocas.




O Argo desse modo chega de 0 a 100 km/h em 10,8 segundos e atinge velocidade deponta de 184 km/h. Tem direção elétrica e seu sistema de câmbio é comandado por botões no console, ao invés da tradicional alavanca: D (drive), N (neutro), R (ré), S (Sport) e A/M (sendo o A para condução comandada pelo câmbio e o M para direção manual, pelos paddle shifts, no volante).

O Argo Drive GSR possui ainda um sistema que mantém o motor um pouco acelerado em declives leves para evitar que o carro deslize para trás. 


As rodas são de 14" e pneus  175/70 - a Fiat oferece opcional de rodas de 16". O modelo tem ainda freios ABS com EDB, controles eletrônico de estabilidade (ESC) e de tração, sistema Hill-Holder que garante retomadas mais eficientes.



Os retrovisores são da cor do carro com iluminação de seta, e o Argo tem ainda na versão GSR vidros elétricos, 



ar condicionado com três confortáveis saídas redondas no painel central, cintos de segurança em todos os assentos de três pontos e alarme antifurto. 



E o porta-malas de 350 litros pode ser 



espandido para 700 l com o banco traseiro rebatido




O carro custa R$ 61.990.

sábado, 29 de dezembro de 2018

As tendências para 2019 da Coluna Online



Coluna 
Mecânica Online

30/12/2018




Tendências para 2019: entender como a tecnologia está transformando o mundo


É muito recomendado sempre avaliar como foram os nossos passos e quais os novos caminhos que temos que percorrer em nossas vidas. E quando chega o final do ano sempre paramos para observar e revisar nossos objetivos, metas, o que deu certo, errado e como fazer para melhorar.

E com a indústria automotiva não é diferente. É preciso entender como a tecnologia está transformando o mundo e influenciando a mudança no comportamento das pessoas em áreas-chaves da vida e sua relação entre o consumo e as empresas.

Uma pesquisa global em 14 países – incluindo o Brasil, realizada pela Ford, mostra as tendências para 2019, a influência da tecnologia e quais os caminhos que o consumidor espera dessa transformação.

87% das pessoas pesquisadas concordam que a tecnologia é a maior condutora das mudanças atualmente. No entanto as pessoas são cautelosas ou têm medo do que ainda não entendem. 79% das pessoas acreditam que a tecnologia é uma força para o bem.

“Essas mudanças podem nos levar do sentimento de desamparo à sensação de poder, esperança e progresso”, diz Sheryl Connelly, gerente de Tendências Globais de Consumo e Futuro da Ford. 

“Na Ford, estamos focados no design centrado no ser humano e comprometidos em encontrar soluções de mobilidade que melhorem a vida dos consumidores e da comunidade. Nesse contexto de mudança, temos de preservar o que consideramos mais valioso – a relação de confiança com os nossos consumidores, sentencia.”

Entre os pontos interessantes apresentados no relatório da Ford, observamos que para 89% dos brasileiros é possível treinar o cérebro para pensar diferente.

Com relação ao progresso ambiental, 53% dos brasileiros acreditam que ele vai depender da tecnologia, enquanto 91% apontam a mudança no comportamento humano como o caminho.

Quanto aos carros autônomos, 55% dos brasileiros apostam que eles serão mais seguros que os motoristas humanos.

Futuro
O relatório da Ford ajuda a entender como os padrões de comportamento devem influenciar os consumidores e as empresas em todo mundo nos próximos anos. 

Veja sete tendências:
1 - A divisão da tecnologia: mais do que nunca, a tecnologia tem um profundo impacto em como nos conectamos e vemos o mundo. Mas existe uma divisão entre as pessoas que têm acesso à tecnologia e acreditam que ela é uma força do bem e as que não têm acesso.

Na Ford, a tecnologia é usada para tornar a mobilidade mais inteligente, segura e conveniente para as pessoas em todo o mundo.

2 - Desintoxicação digital: embora não abram mão de seus aparelhos digitais, cada vez mais pessoas estão conscientes e alarmadas com a dependência desses aparelhos e buscam meios de controlar o tempo que gastam on-line.

A Ford descobriu que momentos de empolgação – como dirigir um carro de corrida – geram efeitos no cérebro que contribuem para o bem-estar geral e está usando isso para aprimorar a experiência de direção.

3 - Recuperando o controle: em um mundo que, para muitos, parece estar fora de controle, os consumidores estão buscando maneiras de recuperar o poder sobre suas vidas.

Como parte do seu processo de design centrado no ser humano, a Ford usa as pesquisas para entender melhor as necessidades e os hábitos das pessoas e desenvolve tecnologias como o Ford Copiloto 360, que assume tarefas estressantes para o motorista e torna a direção mais confiante.

4 - As muitas faces do eu: as mídias sociais desempenham um papel importante na vida dos consumidores e muitos assumem várias personas – desde quem são na vida real a como se retratam on-line – o que acaba impactando no que compram, usam e dirigem, bem como suas escolhas de tecnologia.

A Ford entende que o carro é um reflexo da identidade do motorista, por isso trabalha para desenvolver modelos que ajudem a projetar quem eles realmente são.

5 - O trabalho da vida: o modo como encaramos o trabalho mudou e muitas pessoas no mundo agora trabalham para viver, em vez de viver para trabalhar. Por isso, muitas empresas estão inovando na oferta de benefícios, como licenças e oportunidades de enriquecimento intelectual.

A Ford acredita que o talento é fortalecido quando as pessoas são encorajadas a experimentar o mundo e a dar uma retribuição para a comunidade.

6 - Eco momentum: mudar hábitos arraigados é difícil, mas a maioria dos consumidores concorda que o progresso ambiental depende de mudanças no comportamento humano.

A sustentabilidade é essencial para a saúde do meio ambiente e para os negócios da Ford. A empresa também busca a redução de emissões de CO2, consistente com o Acordo de Paris – investindo para lançar 40 veículos elétricos e híbridos até 2022.

Em 2030, um terço dos carros no mundo será plug-in ou totalmente elétrico, e outro terço será híbrido. 63% dos brasileiros pesquisados consideram em suas compras os custos ambientais.

7 - Caminho fácil: mobilidade, hoje, não é simplesmente ir do ponto A ao B, mas o que fazemos com o nosso tempo no meio do caminho.

Os americanos gastam mais tempo dentro do carro do que em férias, são 321 horas no carro por ano, principalmente nos deslocamentos, e apenas 120 horas de férias, em média, por isso a capacidade de realizar tarefas durante o caminho pode mudar a experiência de viagem.

A Ford acredita que os carros autônomos vão facilitar e ampliar o acesso ao transporte de pessoas e mercadorias. E está trabalhando em programas piloto de testes com empresas como Walmart e Postmates.

Números
Para 67% dos pesquisados, a tecnologia está tornando os deslocamentos menos estressantes. 69% concordam que os carros autônomos e caronas compartilhadas vão reduzir a procura por vagas privadas de estacionamento.

Entre os que acreditam que os carros autônomos serão mais seguros que os motoristas humanos, 64% dos pesquisados na Índia e Oriente Médio concordam. 

No Brasil, o índice é de 55%. 67% dos pesquisados entre os adultos, prefere que seu filho ande num carro autônomo do que com um estranho.

Os resultados do relatório Ford de Tendências 2019 baseiam-se em 13.012 entrevistas on-line feitas em 14 países, com a população geral, com 18 anos ou mais na Austrália, Brasil, Canadá, China, França, Alemanha, Índica, Itália, México, Arábia Saudita, Espanha, Emirados Árabes Unidos, Reino Unidos e Estados Unidos.

Com as tendências lançadas e as expectativas das pessoas, estamos prontos para iniciar um novo período de tecnologias, inovações e muitos lançamentos automotivos. Que 2019 nos reserve muita saúde, amor, paz e conquistas. Que sejamos felizes. 

Feliz Ano Novo!

BMW models enjoy awards-rich year in 2018. Array of accolades endorse outstanding standards of quality, innovation, connectivity and design.



Munich. BMW can look back on a highly successful 2018 yielding an impressive haul of awards and accolades. Over the course of the past year, vehicles from BMW have managed to win over not just automotive journalists and experts from around the world, but also the readers of motoring magazines, market researchers and IT insiders.

What’s more, the award winners distinguished themselves in areas ranging from product quality and design to technical innovation, intelligent connectivity and sustainability. BMW picked up two of the world’s most coveted honours in the process, with the title of World Performance Car going to the BMW M5 and the International Engine of the Year award bestowed on the BMW i8 for the fourth year in succession. 

The string of successes racked up by the super-sporty BMW M models, which topped the podium on several occasions, provided further good news. And the premium carmaker also took home a hat-trick of wins as the most innovative brand in the premium segment.

BMW 5 Series on top once again.
Following on from the triumphs of the previous 12 months, 2018 turned out to be another highly successful year for the BMW 5 Series models, both in Germany and internationally. 

The awards for the 5 Series included Best Car in the upper mid-size category from German motoring magazine auto motor und sport. In the Auto Trophy – World’s Best Cars awards, the 5 Series again received the most votes in the executive category from readers of Auto Zeitung magazine. 

In the awards presented by Auto Test magazine, it was the BMW 530d Touring that made the best impression and was ultimately declared the overall winner, while the BMW 520d Touring was judged to offer the best price-performance ratio in the upper mid-size segment. 

The BMW 5 Series received wide acclaim in the UK, too, where it picked up not one but two coveted UK Car of the Year awards – for Best Executive Car and Best Estate Car.

The Sedan and Touring variants were also named Car of the Year by other motoring journals, including What Car?, Company Car Today and Car Express. 

Meanwhile, the BMW 520d xDrive Touring emerged as the overall winner in the Tow Car Awards presented jointly by What Car?, Practical Caravan and The Camping and Caravanning Club.

Podium finishes for BMW M models.
In 2018, juries far and wide again considered BMW vehicles the sporting benchmark, with models from BMW M GmbH leading the way. 

The new BMW M5 high-performance sedan proved an instant hit at the World Car Awards, duly earning the title of World Performance Car.

The BMW M5 and other BMW M models were a dominant force on winners’ lists in Germany, too. The BMW M5 Competition was crowned Sports Car of the Year by Auto Bild Sportscars magazine in the Sedans/Station Wagons category, while the BMW M2 Competition was awarded the corresponding accolade in the Small/Compact Car category.

In the readers’ poll conducted by sport auto magazine to find the sportiest cars of the year, the Munich-based premium carmaker’s models were voted top in eight different categories. 

This meant BMW collected more titles than any other manufacturer in this year’s survey. The roll-call of winners were bookended by the BMW M140i (Compact Cars category) and high-performance BMW M5 Sedan (Sedans/Station Wagons over €100,000), with the BMW M240i Coupe (Coupes up to €50,000), BMW M550d xDrive (Diesels), BMW M3 with Competition Package (Sedans/Station Wagons up to €100,000) and BMW M4 Coupe with Competition Package (Coupes up to €100,000) in between. Alongside the M models, the BMW 230i Convertible (Convertibles/Roadsters up to €50,000) and BMW 330i (Sedans/Station Wagons up to €50,000) were also voted best in class.

Electrified BMW powertrains still buzzing.
BMW’s vast well of expertise in the field of alternative drive systems once again earned it recognition, with a variety of awards for the all-electric BMW i3, the progressive BMW i8 plug-in hybrid sports car and the BMW 330e plug-in hybrid sedan. 

Readers of Auto Zeitung magazine ranked the two BMW i models among the World’s Best Cars in the categories for electric cars up to €50,000 and electric/hybrid performance cars. 

The BMW i8 additionally picked up an International Engine of the Year award for the fourth year in a row after again fending off its rivals in the 1.4 litre to 1.8 litre category. 

The electrified BMW models are proving highly popular in the UK, too, Auto Express [PR1] magazine declaring the BMW i3 Rex to be the Best Hybrid Car and the BMW i3 the Best Low Emissions Green Car. 

Victory for the BMW 330e in the Best Plug-in Hybrid of the Year rankings compiled by motoring journal Company Car Today rounded off a success-soaked twelve months for BMW’s alternative drive systems.

Top accolades for BMW design.
Vehicles from BMW also continually set new standards for their outstanding quality of design. A string of awards presented to the Munich-based manufacturer during 2018 in recognition of its design achievements confirmed as much. 

No fewer than five cars from BMW received an iF Design Award 2018, one of the most prestigious seals of approval for design excellence. 

The list of award winners comprised the BMW M5, BMW 6 Series Gran Turismo, BMW X2, BMW X3 and BMW i3s. The readers of Auto Zeitung also delivered a resounding verdict in the Auto Trophy – World’s Best Cars awards, picking the BMW brand as their clear favourite in the category Best Design.

BMW Connected and co. ensure
optimal connectivity both now and in future 
BMW is forging ahead with the development of digitalised services, the seamless integration of smartphones and the new digital control/operating concept for its vehicles.

The manufacturer’s outstanding performance in the Car Connectivity Award – where the readers of auto motor und sport are asked to vote for the best connectivity technologies – provides compelling evidence of its expertise in this area. BMW took the cherished top spot in a total of three categories. 

The magazine’s readership judged BMW Connected to be the best smartphone app, while the brand’s seamless Apple CarPlay preparation was voted the best phone integration concept. 

BMW Operating System 7.0 also left the motoring journal’s readers thoroughly impressed, resulting in a further accolade in the control/operating concept category. 

The new display and operating system made its debut in the new BMW X5 and is geared more precisely than ever to the driver’s needs. 

Content is personalised and can be adapted by the user according to need. It is designed to provide the driver with the right information in any situation and further improve interaction between driver and vehicle.

Finally, the BMW brand’s capacity for innovation enjoyed multiple endorsements from independent experts. The Center of Automotive Management (CAM) and PricewaterhouseCoopers (PwC) bestowed the title of Most Innovative Premium Brand on BMW, making it the overall winner of the Automotive Innovations Award. 

The brand picked up further prizes in the Vehicle Concepts/Body and Interface/Connectivity categories in recognition of its innovative talents.

The major awards
presented to BMW in 2018 at a glance:
World Car Awards.
World Performance Car:
            BMW M5
Awards presented by auto motor und sport.
Best Car:
            BMW X1 (Category: Compact SUVs)
            BMW 5 Series (Category: Upper Mid-Size)
Autonis:
            BMW 2 Series Active Tourer/BMW 2 Series Gran Tourer (Category:
            MPVs)
Award presented by Engine Technology International.
International Engine of the Year:
            BMW i8 (Category: 1.4 litre –1.8 litre)
Awards presented by auto motor und sport and Moove.
Car Connectivity Award 2018:
            BMW Apple CarPlay preparation (Category: Phone Integration)
            BMW Connected (Category: Smartphone Apps)
            BMW Operating System 7.0 (Category: Control & Operating
            Concepts/Displays)
Awards presented by Auto Bild Sportscars.
Sportscars 2018:
            BMW M2 Competition (Category: Small/Compact Cars)
            BMW M5 Competition (Category: Sedans/Station Wagons)
Awards presented by Auto Bild Allrad.
Allradautos des Jahres (AWD Cars of the Year):
            BMW 3 Series (Category: AWD Cars up to €40,000)
            BMW X3 (Category: Off-roaders and SUVs from €30,000 – €50,000)
Awards presented by Auto Zeitung.
Auto Trophy – World’s Best Cars:
            BMW 3 Series (Category: Mid-size)
            BMW 5 Series (Category: Executive)
            BMW X5 (Category: Luxury SUVs)
            BMW i3 (Category: Electric Cars up to €50,000)
            BMW i8 (Category: Electric/Hybrid Performance Cars)
            BMW brand (Category: Best Design)
Awards presented by sport auto.
sport auto Award:
            BMW M140i (Category: Compact Cars)
            BMW M240i Coupe (Category: Coupes up to €50,000
            BMW 230i Convertible (Category: Convertibles/Roadsters up to €50,000)
            BMW 330i (Category: Sedans/Station Wagons up to €50,000)
            BMW M550d xDrive (Category: Diesels)
            BMW M3 with Competition Package. (Cat.: Sedans/Station Wagons up to
            €100,000)
            BMW M4 Coupe with Competition Package. (Cat.: Coupes up to €100,000)
            BMW M5 (Category: Sedans/Station Wagons over €100,000)
Awards presented by PwC / Center of Automotive Management.
Automotive Innovations Awards:
            BMW as Most Innovative Premium Brand
            BMW as Most Innovative Premium Brand – Vehicle concepts/body
            BMW as Most Innovative Premium Brand – Interface/connectivity
Awards presented by iF International Forum Design.
iF Design Award:
            BMW M5
            BMW 6 Series Gran Turismo
            BMW X2
            BMW X3
            BMW i3s
Awards presented by Auto Test.
Auto Test Winner:
            BMW 530d Touring (Overall Winner)
            BMW 520d Touring (Category: Price-performance Ratio)
Award presented by What Car? (GB).
Car of the Year:
            BMW 5 Series (Category: Luxury Car)
Award presented by What Car?, Practical Caravan and The Camping and Caravanning Club (GB).
Tow Car Awards:
            BMW 520d xDrive Touring (Overall Winner)
Awards presented by UK Car of the Year (GB).
UK Car of the Year:
            BMW 5 Series (Best Executive Car)
            BMW 5 Series Touring (Best Estate Car)
Awards presented by Company Car Today (GB).
Company Car Today Award:
            BMW 330e (Best Plug-in Hybrid of the Year)
            BMW 5 Series (Car of the Year)
            BMW 5 Series (Executive Car of the Year)
            BMW X1 (Premium Crossover of the Year)
Awards presented by Auto Express (GB).
Best Cars:
            BMW i3 Rex (Best Hybrid Car)
            BMW i3 (Best Low Emissions Green Car)
New Car Awards:
            BMW 5 Series (Executive Car of the Year)
            BMW X3 (Mid-size Premium SUV of the Year)
Award presented by Car and Driver (USA).
Best Trucks and SUVs:
            BMW X1 (Category: Subcompact Luxury SUV)
Awards presented by JD Power (USA).
Initial Quality Study:
            BMW 4 Series (Category: Compact Premium Car)
            BMW X1 (Category: Small Premium SUV)
            BMW X6 (Category: Midsize Premium SUV)
Award presented by Car Magazine (SA).
Best Buys:
            BMW 3 Series (Category: Premium Midsize Car)

ACESSE TODAS AS POSTAGENS E SAIBA TUDO SOBRE O MUNDO AUTOMOTIVO.