sexta-feira, 31 de maio de 2019

Fazer um curso de pilotagem não é exatamente só para quem deseja ser piloto de competição. É excelente para tirar medos e aprender a enfrentar situações mais complicadas na direção



Azul anuncia novo mercado diário entre Brasília e Recife A partir de outubro, a Capital Federal terá três ligações diretas com o maior aeroporto do Nordeste em número de cidades servidas




São Paulo, 31 de maio de 2019 – A Azul começa a comercializar, a partir de 4 de junho, um mercado inédito em sua malha com três ligações diárias e diretas entre Brasília e Recife. Com esses novos voos, a companhia amplia ainda mais as cidades servidas por seu hub no Nordeste, oferecendo aos Clientes de Brasília a possibilidade de se conectarem com todas as demais capitais da região e os destinos internacionais servidos a partir da capital pernambucana. Hoje, Recife tem 60 decolagens por dia e atende 27 cidades no Brasil, Argentina e Estados Unidos.

“A Azul ainda não estava presente com ligações diretas no eixo Brasília-Nordeste, um mercado forte e relevante no país. Agora, com esse voo, vamos oferecer aos Clientes da Capital Federal que precisam acessar a região, seja a lazer ou trabalho, todo o conforto e comodidade que a Experiência Azul proporciona. Outra novidade que esse voo oferece é o fato de Recife estar conectado com os principais aeroportos do Brasil, consolidando o hub como o mais relevante da região”, afirma Daniel Tkacz, diretor de Planejamento de Malha.

Os voos serão operados pelos modernos jatos Airbus A320neo da Azul, que contam com 174 lugares e TV ao vivo. Os horários das operações foram pensados  para oferecer conexões convenientes para 16 destinos domésticos da empresa servidos pelo aeroporto do Recife. 

Além disso, os Clientes que voarem de Brasília também poderão se conectar prontamente com Córdoba e Rosário, na Argentina, e Fort Lauderdale e Orlando, nos Estados Unidos, destinos internacionais servidos pela Azul a partir da capital pernambucana.

Veja abaixo os horários dos novos voos:

Brasília – Recife
Voos a partir de  1º de outubro de 2019
Origem
Saída
Destino
Chegada
Frequência
Brasília
6h00
Recife
8h35
Diário
Recife
9h20
Brasília
12h05
Diário
Brasília
12h45
Recife
15h20
Diário
Recife
17h00
Brasília
19h45
Diário
Brasília
19h40
Recife
22h15
Diário
Recife
22h45
Brasília
1h30
Diário

Sobre a Azul
A Azul S.A. (B3: AZUL4, NYSE: AZUL) é a maior companhia aérea do Brasil em número de voos e cidades atendidas, com 820 voos diários e 113 destinos. 

Com uma frota operacional de 125 aeronaves e mais de 11.000 funcionários, a Companhia possui 223 rotas em 31 de março de 2019. Em 2019, a Azul conquistou o prêmio de melhor companhia aérea da América Latina pelo TripAdvisor Travelers' Choice e em 2018, foi eleita a melhor companhia aérea pela Kayak Flight Hacker Guide, e também foi classificada como a melhor companhia aérea regional da América do Sul pelo oitavo ano consecutivo pela Skytrax. 

A Azul também foi a companhia aérea mais pontual do Brasil o ranking mundial da FlightStats. Para mais informações, visite www.voeazul.com.br/ri.

Coluna Mecânica online no Prêmio de Motor Internacional do Ano

COLUNA 
MECÂNICA ONLINE®

30 | MAIO | 2019 

Tarcisio Dias




Os melhores motores e conjuntos propulsores de 2019
Um dos prêmios de maior prestígio a nível mundial, o Motor Internacional do Ano anunciou os vencedores da edição 2019. 

Contando com a minha participação entre os jurados e também do renomado jornalista Fernando Calmon, o Brasil integra o seleto grupo de 70 jornalistas automotivos de 31 países.

Em sua 21ª edição, o Engine Of The Year quando foi lançado em 1999 tinha o deslocamento do motor como padrão comparativo entre os motores e suas categorias.

Fazia sentido, por exemplo, que uma unidade de 1.4 litro fosse comparada contra uma 1.6 porque, naquela época e até recentemente, motores de capacidade cúbica similar tendiam a ter saídas de potência não muito diferentes, economia de combustível e classificações de emissões próximas.

Este fato era verdadeiro quando se olhava para o nível de sofisticação tecnológica e de engenharia - um motor de quatro cilindros 1.8 seria mais parecido com uma base 2.0 do que, digamos, um de seis litros de seis cilindros em linha reta. 

E assim, este critério de julgamento serviu ao Prêmio de Motor Internacional do Ano por apenas duas décadas, mas nos últimos cinco anos a indústria - e o desenvolvimento de motores em particular - tem sofrido muitas mudanças. 

Com o aumento das tecnologias de eletrificação, híbridos, plug-ins e elétricos por completo, tornou-se difícil e potencialmente injusto agrupar motores por deslocamento. 

Cada vez mais, estávamos descobrindo que motores híbridos de última geração verdadeiramente maravilhosos, como o do BMW i8 com seu excelente 1,5 litro e três cilindros, capaz de produzir 231 cavalos de potência, estava frente-a-frente com os gostos de outros brilhantes, mas muito mais convencionais unidades de 1,4 a 1,8 litro, incluindo o hot-hatch de 1,5 litro do Fiesta ST da Ford. E enquanto o ST EcoBoost é verdadeiramente notável, é quase impossível compará-lo com o i8. 

Depois de muita consulta com a indústria de criação e desenvolvimento de motores de automóveis - fabricantes de automóveis de todo o mundo - bem como levando a sério a direção de todos os jurados participantes, ficou decidido que para este ano, seria eliminado o processo de julgamento por deslocamento volumétrico do cilindro e, em vez disso, foram criadas categorias de acordo com a energia produzida, tornando o motor uma unidade de potência.

Todos os motores elegíveis agora se enquadram em um dos sete grupos: abaixo de 150PS, 150PS a 250PS, 250PS a 350 PS, 350 PS a 450 PS, 450 PS a 550 PS, 550 PS a 650 PS e, finalmente, acima de 650 PS.

PS é uma unidade de potência alemã e abreviação da palavra alemã “Pferdestärke”, que significa “cavalo-vapor”. O valor é medido segundo a norma alemã DIN 70020, e difere ligeiramente do hp (horse power) por ser baseado no sistema métrico em vez do sistema imperial corresponde a 1 CV.



Tomando o exemplo anterior do i8, isso significou que o supercarro PHEV (veículo híbrido elétrico plug-in) mais vendido do mundo nesse segmento, trocou a competição do Fiesta ST por modelos como o motor 911 de seis cilindros 3.0 da Porsche. 

O Fiesta ST agora está em contato com o motor turbo 1.2 da PSA, bem como as criações de quatro cilindros da BMW e da Audi. 

Assim como as novas bandas de energia - e como nos anos anteriores - também temos prêmios especiais para certos tipos de motores e grupos de tração criados para aplicações específicas. 

Entre os vencedores destaque para os prêmios Melhor Novo Motor, Melhor Motor de Desempenho e Melhor Powertrain Elétrico, mas também foi criada uma nova categoria que reflete melhor esses tempos de mudança: Melhor Powertrain Híbrido, substituindo o prêmio Melhor Motor Verde de anos anteriores. 

Com todas essas mudanças ocorrendo para manter os prêmios relevantes e garantir que eles sejam bons por pelo menos os próximos 21 anos, também decidimos por uma nova marca: bem-vindos ao International Engine+Powertrain of the Year Awards.

Vencedores
Abaixo de 150 CV - Ford 999cc três cilindros turbo
(Ford Fiesta, Focus, C-Max, Grand C-Max, Mondeo, EcoSport)

150PS a 250 PS - Audi 2.0 litros quatro cilindros TFSI
(Audi TT, TT S, S1, S3, A3, A4, A5, A6, Q2, Q3, Q5; SEAT León Cupra, Alhambra, Ateca, Cupra Ateca; Škoda Superb, Kodiaq; Volkswagen Golf GTi, Polo GTi, T-Roc, Atlas, Passat, Arteon, CC, Beetle, Tiguan, Sharan)

250PS a 350 PS - Porsche 2.5 litros turbo
(Porsche 718 Boxster S, 718 Cayman S)
350 PS a 450 PS - Jaguar Land Rover com powertrain totalmente elétrico 
(Jaguar I-Pace)

450 PS a 550 PS - Mercedes-AMG 4.0 litros V8 bi turbo
(Mercedes-AMG GT, GT S, GT C, GT R, S, C, E, G, GLC, Maybach S, Aston Martin Vantage, DB11)

550 PS a 650 PS - Ferrari 3.9 litros V8 bi turbo 
(Ferrari Portofino, GTC4 Lusso T)

Acima de 650 PS - Ferrari 3.9 litros V8 bi turbo 
(Ferrari 488 GTB, 488 Spider, 488 Pista)
Melhor Novo Motor - Jaguar Land Rover com powertrain totalmente elétrico 
(Jaguar I-Pace)

Melhor Motor de Desempenho - Ferrari 3.9 litros V8 bi turbo 
(Ferrari 488 GTB, 488 Spider, 488 Pista)

Melhor Powertrain Elétrico - Jaguar Land Rover com powertrain totalmente elétrico 
(Jaguar I-Pace)

Melhor Powertrain Híbrido - BMW 1.5 litro três cilindros Elétrico / Gasolina e híbrido
(BMW i8)

Motor Internacional do Ano 2019 - Ferrari 3.9 litros V8 bi turbo 
(Ferrari 488 GTB, 488 Spider, 488 Pista)
_________________________________________________________________________________
Coluna Mecânica Online® - Aborda aspectos de manutenção, tecnologias e inovações mecânicas nos transportes em geral. Menção honrosa na categoria internet do 7º Prêmio SAE Brasil de Jornalismo, promovido pela Sociedade de Engenheiros da Mobilidade. Distribuída gratuitamente todos os dias 10, 20 e 30 do mês.
http://mecanicaonline.com.br/wordpress/category/colunistas/tarcisio_dias/

quinta-feira, 30 de maio de 2019

Fernando Calmon na coluna de hoje analisa a fusão FCA / Renault. Toyota RAV4 agora só na versão híbrida



Fernando Calmon         


Nº 1.047 — 30/5/19




FUSÕES INEVITÁVEIS


Notícia era esperada, mas causou agitação no mundo da indústria automobilística. No início da semana, a proposta da FCA de se fundir com a Renault refletiu a atual e gravíssima pressão de custos do setor. Embora a marca francesa deixasse transparecer uma posição mais passiva que ativa, admitiu publicamente estudar a fusão.

Há algumas implicações em aberto. Olhando com profundidade o que ocorre hoje na Europa, a Renault está mais bem estabelecida na maioria dos mercados quanto aos automóveis, mas não produz SUVs de raiz como a Jeep e nem uma gama de picapes, a exemplo da RAM. FCA, por sua vez, apresenta situação financeira algo mais delicada e se atrasou nos pesados investimentos exigidos em elétricos e conectividade, além de depender da Waymo (Google) para veículos autônomos.

Por sua vez, a Renault tem participação do governo francês. Se este já foi contra uma fusão com a Nissan/Mitsubishi sem que os franceses dessem as cartas, o que diria da FCA? Aliás, nem mesmo se sabe o que acontecerá à aliança franco-nipônica sem a mão de ferro do executivo Carlos Ghosn responsável pela união, mais tempo que o esperado, de culturas tão diferentes. Uma integração franco-italiana significaria, também, vicissitudes históricas a superar. No Brasil, Fiat apresenta posição de mercado mais forte que a Renault, ao contrário da Europa.

Como já comentado aqui, a irreversível consolidação de grupos automobilísticos ainda reservará surpresas adiante. Apesar dos desmentidos e do Brexit, PSA (Peugeot-Citroën-Opel) reúne mais complementaridade com Jaguar Land Rover do que Renault-FCA. E a Nissan, se desvinculada da Renault, de qual grupo se aproximaria? 

Por outro lado, a hipotética megafusão Renault-Nissan-Mitsubishi-Fiat-Alfa Romeo-Maserati-Lancia-Jeep-Chrysler-Dodge-RAM superaria eventuais óbices de órgãos de defesa da concorrência? Um só país que fosse contra já atrapalharia...

Na mesma segunda-feira do anúncio oficial do “noivado” Renault-FCA, o Congresso Automotive Business Experience 2019 atraiu cerca de 2.000 participantes e nada menos de 151 palestrantes. Entre os vários pontos em debate, a coluna destaca alguns:

  • Indústria aqui instalada ainda está longe da produtividade do exterior, mas em oitos anos o tempo gasto nas linhas de produção caiu 25%, automação subiu de 50% para 70% e houve redução de até nove meses no processo de desenvolvimento de um produto novo.
  • Ambiente no campo da inovação ainda precisa melhorar bastante no Brasil. Há poucos sinais neste sentido.
  • No futuro, com aumento de várias opções de compartilhamento e as fabricantes entrando profundamente no negócio de serviços, a busca tradicional da liderança de vendas deve ser substituída pelo maior número possível de quilômetros rodados. Os carros ficarão menos tempo parados do que hoje.
  • Em algum momento, o avanço de SUVs observado em muitos mercados pode esbarrar em limitações de consumo de combustível, massa adicional e aerodinâmica menos refinada. Tendem a adotar mais rapidamente hibridização e eletrificação.
  • Não há sinais de que veículos autônomos se tornem corriqueiros tão cedo. Os de Nível 4, onde volante e pedais podem ser até escamoteados para uso apenas eventual, utilizam equipamentos específicos que custam de 60 a 100 vezes mais que o atual Nível 2. Trazem reflexos insuportáveis ao preço final, salvo em aplicações comerciais intensivas, roteiros pré-estabelecidos e com infraestrutura compatível.

ALTA RODA

DENTRO do novo ciclo de investimentos da FCA no Brasil, que incluirá motores turboflex e os primeiros SUVs da marca Fiat, há outra iniciativa que chamou menos atenção, mas igualmente importante. Será construído, em Betim (MG), um centro de segurança veicular capaz de realizar testes de colisão. Até agora, só GM e VW dispõem desse tipo de instalação.

TOYOTA oferece a quinta geração do RAV4 apenas na versão híbrida (gasolina), a partir de 13 de junho. O SUV utiliza a mesma arquitetura do sedã médio-grande Camry, o que garante generoso espaço interno e amplo porta-malas (580 litros). Há três motores elétricos (no total, 120 cv) e motor a combustão 2,5 L (178 cv) com potência combinada de 222 cv. R$ 165.990 a 179.990.

PORSCHE 718 Boxster GTS é um roadster (conversível de dois lugares) com qualidades ímpares de dirigibilidade. Destacam-se motor central traseiro (4-cilindros opostos dois a dois, turbo de geometria variável, 365 cv) e suspensões ajustáveis do conforto à firmeza esportiva ao giro de um botão no volante. Freios potentes, direção muito precisa e acabamento primoroso.

HERE e Mitsubishi Electric (separada da fabricante japonesa) anunciaram novo avanço na conectividade entre veículos. Combina sensores capazes de detectar de um carro avariado a buracos na pista ao compartilhamento em tempo real, em “nuvem”, de forma automática. Outros usuários da via teriam informações com antecipação a fim de evitar transtornos e acidentes.
________________________________________________
fernando@calmon.jor.br e www.facebook.com/fernando.calmon2

Começa, hoje, a pré-venda do primeiro caminhão elétrico do Brasil, o JAC Motors iET1200 de 177cv e autonomia de 200 km. Custa R$ 259.900



A JAC Motors anunciou oficialmente o lançamento do iET 1200, primeiro veículo comercial com propulsão 100% elétrica da marca no Brasil. Trazido da China, mercado que representa mais da metade de todos os modelos elétricos do mundo, o JAC iET 1200 irá estrear a eletrificação em um segmento do mercado nacional – caminhões semileves e leves – que representou cerca de 15 mil unidades vendidas em 2018. Mas com um detalhe: a esmagadora maioria foi adquirida para transporte de cargas urbanas, circulando nas grandes cidades.

A sigla iET 1200 identifica o termo Intelligent Energy Truck, enquanto o “1200” exibe uma das maiores vantagens do modelo: o torque máximo. Com 1200 Nm, o que equivale ao valor empregado em motores convencionais a diesel para caminhões de 25 a 30 toneladas de PBT, o iET 1200 será extremamente bem-vindo para o transporte de cargas urbanas com toda essa “força motriz”, ganhando uma agilidade de condução absolutamente incomparável nos grandes centros. A potência será de 177 cv.

Para ser vendido por aqui, o Grupo SHC, representante da JAC Motors no Brasil, escolheu, entre diversas configurações de capacidade de carga de bateria e equipamentos, a opção de 97 kWh, que rende uma autonomia de 200 km.

Antes de lançá-lo no Brasil, o Grupo SHC efetuou pesquisas aprofundadas para identificar o tipo de uso desses caminhões nas cidades. A julgar pelo que rodam, a autonomia é mais do que suficiente. 


“E é preciso ponderar as duas grandes vantagens do caminhão 100% elétrico: a emissão zero de poluentes e o baixíssimo custo operacional. Enquanto o caminhão movido a diesel exige um custo de R$ 150 pra rodar 200 km na cidade, o JAC iET 1200 vai gastar R$ 30!”, explica Sérgio Habib, presidente do Grupo SHC e da JAC Motors Brasil.

De acordo com o executivo, essa economia direta de R$ 120 reais por dia (cerca de R$ 2,5 mil/mês) irá tornar o JAC iET 1200 extremamente atrativo para pequenos clientes ou grandes frotistas, à medida que, além do combustível, ainda há uma substancial economia no custo de manutenção. 

Disponível em toda a rede autorizada JAC Motors, o iET 1200 começará a ser entregue aos primeiros clientes ainda neste ano. A pré-venda vai se iniciar, hoje, 30 de maio. O valor sugerido é de R$ 259.900.

Para ser recarregado, o JAC iET 1200 vai necessitar de uma tomada de 220 volts e 17 horas, no modo carga lenta. Se a tensão for trifásica e 380 V, ele será "abastecido" em apenas 2 horas.

Está aberta a alta temporada em Petrópolis. Cidade Imperial deve receber mais de 1 milhão de turistas entre maio e agosto. Economia fatura mais de R$ 150 milhões no período. Município já entrou na melhor época para o setor e, junto com a queda nas temperaturas, começa a sentir o aumento de visitantes. De 14 a 30 de Junho, haverá a Bauernfest Gourmet e o Festival de Sabores de Inverno, em Julho



Com dias de céu azul, mas temperaturas baixas típicas da Serra – a mais baixa este mês chegou a 10ºc -, Petrópolis entrou na sua alta temporada, a melhor fase para o turismo. A expectativa é de que a Cidade Imperial receba, entre maio e agosto, cerca de 1 milhão de visitantes, ou seja, metade da média registrada por ano. 

O aumento de turistas já começou a ser sentido nos atrativos e, principalmente, nos hotéis e restaurantes, que esperam um aumento de 40% no movimento. No último fim de semana, por exemplo, a taxa da ocupação hoteleira em toda cidade chegou a 76,3%. 

A Casa de Santos Dumont

Os meses de junho e julho são considerados o ápice da temporada – e este também é o período da Bauernfest, uma das principais festas do calendário turístico da cidade, que deve receber mais de 350 mil pessoas. Em quatro meses, a alta temporada de turismo vai movimentar mais de R$ 150 milhões na economia da cidade.

No Centro Histórico, em uma rápida passada pelos principais pontos turísticos já é possível observar o grande número de visitantes vindos de outras cidades, inclusive com a Rua da Imperatriz sempre lotada de ônibus de excursão, principalmente durante os fins de semana. 

Palácio de Cristal construído em 1938

A expectativa é de que sejam gerados mais de 500 empregos entre os meses de maio e agosto no setor de turismo, serviços e comércio em função do aumento no número de visitantes que o município recebe.

Para o prefeito Bernardo Rossi a expectativa é de que a alta temporada seja ainda melhor do que a registrada no ano passado. 

“Em 2018 notamos um crescimento no setor na cidade e agora queremos que os números continuem subindo. O turismo é fundamental para o município, movimenta a economia não só de hotéis e atrativos, como de toda a cidade. Garante mais de 30 mil empregos e chega lá na ponta, beneficia a nossa produção local”, frisa.


Neste período, a temperatura está entre os atrativos preferidos dos visitantes, até daqueles que moram nas cidades próximas. 

O turista Leonardo Paulino, por exemplo, que veio de Três Rios para visitar Petrópolis disse que a temperatura dá um charme a mais.

“Eu gosto muito do clima da cidade, das casas históricas, da cultura, e do povo, que é muito acolhedor e recepciona bem a gente. Adoro esse friozinho para passear, tomar aquele café gostoso com a família. Esse clima é bem acolhedor, bem gostoso. Onde eu moro é bem quente, então quando eu venho para cá aproveito bastante”, frisa.


“Sou apaixonada pelo frio, amo muito. Moro em Friburgo, que também é frio, mas aqui a cidade é muito charmosa”, completou Jaqueline Medeiros, que também aproveitava a alta temporada na Cidade Imperial com uma amiga.

Com 26 instituições museológicas e 118 meios de hospedagem para todos os bolsos e gostos, Petrópolis ainda conta com pólos gastronômicos que também têm na alta temporada sua melhor fase. Bares e restaurantes já percebem o aumento no movimento e dos pedidos de bebidas quentes e pratos típicos das estações mais frias, como caldos e massas.

“A expectativa é a melhor possível. Nós adaptamos o cardápio a cada estação e a estação mais procurada realmente é quando temos as baixas temperaturas. A cada ano temos registrado a procura cada vez maior por Petrópolis. Não só pelo clima, mas por conta dos diversos festivais que temos nesse período, como de caldos, de vinhos, de fondue”, destaca o sócio proprietário do Duetto’s Café e Bistrô, Francisco Roberto Müller, que fica dentro do complexo do Museu Imperial, o mais visitado do país.

“Esse período tem um aumento muito significativo no movimento, em torno de 40%, em função da estação e da degustação do que é oferecido”, completa o empresário, lembrando que o estabelecimento ainda oferece atrativos a mais para turistas e Petropolitanos, como o Chá da Princesa e o Jantar do Imperador, com cardápios inspirados no período Imperial e de acordo com a estação do ano.

Outros polos também estão apostando em cardápios especiais. No Valparaíso, por exemplo, os fãs da gastronomia podem comemorar com a 2ª edição do Festival Sabores de Outono, que acontece até 09 de junho. Os restaurantes apresentam menus especiais a preços fixos, incluindo uma cerveja artesanal, em horário diferenciado. 

“A expectativa é boa pela chegada da alta estação. Com a chegada da alta temporada, o Valparaíso Gourmet realiza vários festivais para receber os turistas e moradores: além do Sabores de Outono, terá o Bauernfest Gourmet de 14 a 30 de junho e o Festival Sabores de Inverno no mês de julho, oferecendo pratos elaborados especialmente pelos chefs dos restaurantes de culinária diversificada”, explica Evany Noel, gestora do Valparaíso Gourmet.

“Empresários e moradores de Petrópolis já entenderam a importância do turismo para a cidade e estão todos envolvidos em oferecer o melhor para o turista. Isso aquece a nossa economia”, frisa o secretário da Turispetro, Marcelo Valente.

Bauernfest e férias escolares no ápice da alta temporadaA alta temporada em Petrópolis terá seu ápice em junho e julho. No primeiro mês, acontece a Bauernfest, de 14 a 30 de junho, com exceção do dia 20, feriado de Corpus Christ. Serão 16 dias de festa homenageando a cultura alemã em Petrópolis, no Palácio de Cristal e arredores. Com diversas atrações culturais, gastronomia típica e muito chope, a cidade recebe mais de 350 mil visitantes e chega a movimentar R$ 43 milhões na economia.

Assista o vídeo
https://youtu.be/YGzbV209e0Y
Já em julho, a alta temporada é somada às férias escolares. Termômetro do turismo, o Museu Casa de Santos Dumont é um dos exemplos do aumento de visitantes nesse período. Em 2018, passaram pelo atrativo em julho 24.225 mil visitantes, e em toda alta temporada foram quase 60 mil pessoas.

Turismo é uma das principais fontes de renda da cidade
Com a alta temporada, Petrópolis também colhe os frutos do crescimento no movimento na economia da cidade. Com hotéis e restaurantes lotados, aumenta a procura por mão de obra. A expectativa é de que sejam contratados mais de 500 funcionários temporários nos setores de turismo e serviços. Só a Bauernfest deve empregar pelo menos 350 pessoas.

“Petrópolis já tem um público fiel na alta temporada e também sempre recebe novos visitantes. O setor está crescendo a cada ano na cidade e a gente percebe isso na economia do município”, acrescenta o secretário de Desenvolvimento, Marcelo Fiorini.

FESTURIS Gramado investe em novos nichos do mercado turístico. Evento pretende aumentar seus destinos internacionais, apostando em segmentos especializados em casamentos, termalismo e turismo de negócios




Acompanhando as tendências do mercado mundial, a Feira Internacional de Turismo de Gramado (FESTURIS), que ocorre de 7 a 10 de novembro de 2019, aposta em segmentos que estão em pleno crescimento. O evento contará com 12 espaços diversificados, todos com excelentes oportunidades para negócio. As transformações no mercado são constantes e exigem sensibilidade das empresas e profissionais que trabalham com o Turismo.

Pensando nisso, o Espaço Wedding - especializado no segmento de casamentos - surge como uma das novidades do Festuris. Os destinos de casamento nunca estiveram tão na moda. Alguns, como Gramado, estão se especializando. Outros já são referência dentro do segmento, como Las Vegas, Cancun, Toscana, Cannes, Tailândia e Taiti. A diferença para os casamentos em locais tradicionais está na experiência imersiva que pode ser levada para diferentes cenários.


O Wedding terá 140 metros quadrados e contará com até 15 expositores de produtos e serviços, com a possibilidade de agendamento direto com os compradores. Outro atrativo para o expositor é a posição privilegiada, pois estará em contato com todo o público do Festuris. Até o momento 70% do espaço foi comercializado. "Nossa intenção é dar uma mostra dos destinos, dos hotéis, de empresas parceiras que estão acostumadas a realizar eventos dentro deste universo", explica o diretor do Festuris, Eduardo Zorzanello.

O Espaço Termalismo e Bem-Estar também será um dos pilares do Festuris. O termalismo brasileiro é conhecido mundialmente pela qualidade das duas águas, em sua grande maioria do Aquífero Guarani. 


Além disso, o País possui estâncias que abrigam os maiores complexos de águas sulfurosas já conhecidas, fato que desenvolveu e criou infraestrutura para receber grande demanda de turistas que se deslocam com a finalidade da busca do bem-estar, do cuidado com a saúde e lazer.

Cada vez mais pessoas têm sua qualidade de vida impactada com os benefícios das águas termais e minerais, utilizando-as para fins cosmetológicos e espirituais. Grandes parques termais entram neste contexto, à exemplo de Itá e Machadinho, em Santa Catarina, que estarão no FESTURIS. 


O espaço ainda reunirá meios de hospedagem, centros de terapias, bem-estar, fornecedores para spas e balneários, governos municipais, estaduais, federais, além de formadores de opiniões e conhecimento nacionais e internacionais.

Repaginado, o Espaço Mice & Experience terá uma pegada focada em inovação, empreendedorismo e principalmente no turismo corporativo e de eventos. Nele estarão reunidas grandes marcas, destinos, Conventions & Visitors Bureau, hotelaria corporativa, centros de eventos, empresas de receptivo, companhias aéreas, sistemas para o turismo e aplicativos inovadores do mundo inteiro. O turismo de negócios é um dos segmentos mais importantes e que dão vitalidade para a economia turística.

Participar da feira é uma oportunidade para dar visibilidade às marcas e concretizar negócios. Assim como os outros dois espaços citados, o Mice & Experience tem agenda obrigatória de negociações, recebendo inclusive caravanas com compradores nacionais e internacionais para agendamentos diretos com os expositores. E fora da feira ainda existe a ferramenta Buyers Club, onde o agendamento é livre. No ano passado foram mais de 1,5 mil agendamentos realizados.

Destinos internacionais e diferentes culturas reunidas
Gramado é um ambiente atrativo para negócios, recebendo destinos e marcas internacionais há muitos anos, principalmente pela atuação do FESTURIS. Para a edição deste ano, o evento continua investindo forte na captação. 


Entre os expositores internacionais confirmados estão: Curaçao, Marrocos, Tunísia, Etiópia, Costa do Marfim, Paraguai, Portugal, Coimbra, Israel, Cuba, San Francisco, além de outros destinos norte-americanos a serem confirmados pela Brand USA.


De acordo com o diretor do FESTURIS, Eduardo Zorzanello, o objetivo é alavancar a participação estrangeira, unindo diferentes continentes e culturas em um único ambiente de negócios. "O evento pretende superar os 65 destinos internacionais do ano passado, continuamos trabalhando forte na internacionalização e agregando diferentes players", projeta.

Para o segundo semestre a expectativa é positiva também para o turismo nacional, a partir das acomodações do mercado e a nível governamental. "No primeiro semestre todo mundo sentiu, pois ocorreram muitos ajustes e adequações, justamente pela transição de governos. Agora a tendência é que haja um crescimento da economia, o que deve impactar no segmento do turismo", analisa o diretor.

Inscrições gratuitas para agentes de viagensO FESTURIS Gramado, principal feira de negócios turísticos da América do Sul, está com inscrições abertas de forma gratuita para os agentes de viagens. O primeiro lote de inscrições vai até o dia 30 de agosto. Além da gratuidade, os agentes ainda contam com tarifas especiais na rede hoteleira.


“Crescemos e ganhamos o mundo nos tornando este evento internacional e, com grande potencial de mercado, muito pela atuação dos agentes de viagens que fidelizam conosco. Eles provocam a geração de muitos negócios aos expositores, e esta força precisamos destacar”, salienta a diretora do FESTURIS, Marta Rossi.

As inscrições para os demais profissionais da área de Turismo abrem nas próximas semanas. Agentes de viagens podem se inscrever através do link: https://bit.ly/2YRpsuA.

Serviço
Feira Internacional de Turismo - FESTURIS Gramado
De 07 a 10 de novembro de 2019
Gramado/RS
www.festurisgramado.com

quarta-feira, 29 de maio de 2019

Volkswagen implementa biometria facial para financiamento. Tecnologia complementa experiência digital do cliente nas concessionárias


                                                                     Tecnologia complementa experiência digital do cliente nas concessionárias
A Volkswagen tem desenvolvido soluções que estão transformando também a experiência de comprar um carro. Pioneira na implementação do conceito de concessionária digital da Volkswagen no mundo, a operação brasileira acaba de trazer mais uma novidade: a assinatura de contrato de financiamento por biometria facial.

Totalmente digital, a inovação diminui em 70% o tempo médio de contratação, de 16 para 5 minutos. Antes, era necessário escanear diversos arquivos, como documento de identificação, comprovante de residência e de renda; hoje, em muitos casos apenas com o documento de identificação e a biometria facial é possível fechar o contrato.





Tablet VWFS com a Plataforma Digital


A partir de tablets que foram distribuídos para toda a rede, composta por aproximadamente 500 concessionárias, agora é possível fechar contratos de financiamento em poucos minutos, sem papel e com mobilidade. Atualmente, 25% da rede já conta a assinatura por biometria facial no tablet, e até o final do primeiro semestre de 2019 todas as lojas da rede terão a solução digital.


Eduardo Portas, Superintendente de Vendas, com o tablet Volkswagen Financial Services

“Com essas tecnologias, queremos agregar modernidade, agilidade e conveniência à experiência do cliente, desde o momento em que ele entra nas nossas lojas até o fechamento do contrato”, diz Alessandro Lora Ronco, Superintendente de Marketing da Volkswagen Financial Services.


O processo de venda se inicia na Plataforma Digital da Volkswagen Financial Services Brasil, com diferentes ferramentas para auxiliar o cliente a chegar ao modelo e valor desejado a partir do seu orçamento, entre outras opções. A tecnologia também simula oportunidades de upgrade, oferecendo alternativas ao consumidor.

Para garantir a segurança do processo, são utilizados recursos de geolocalização, o liveness detection, que reconhece que a imagem apresentada à câmera do tablet é de fato o cliente e não uma foto, por exemplo.


Concessionária Digital
O Brasil é o primeiro mercado a implementar o formato de concessionária digital da marca Volkswagen, com tela touch, óculos de realidade virtual e tablet. Os clientes brasileiros são os primeiros a contar com uma concessionária com esse nível de implementação de recursos digitais. O novo formato conta com concessionárias digitalizadas, flexíveis, enxutas (a partir de 90 m²) e com espaços de convivência.

Disponível atualmente em cerca de 30 lojas no Brasil, a tecnologia deverá ser implementada em 150 concessionárias em todo o País e também em outros mercados da América Latina até o final do ano.

Por meio de óculos de Realidade Virtual, os clientes podem ‘entrar’ em todos os veículos do portfólio VW. Em totens e com tablet, clientes e vendedores podem pesquisar todos os detalhes e diferenciais dos veículos, condições de compra e financiamento no aplicativo Saiba Mais Volkswagen.

As TVs com tela touch de 55 polegadas contam com o recurso de “Configurator”, onde o cliente pode montar o carro dos sonhos, além de responder a um quizz sobre qual é o modelo que melhor se adéqua ao seu estilo de vida.

ACESSE TODAS AS POSTAGENS E SAIBA TUDO SOBRE O MUNDO AUTOMOTIVO.