quinta-feira, 29 de novembro de 2018

Fernando Calmon avalia a nova relação dos jovens com os automóveis





Fernando Calmon        


Nº1.021 - 29/11/18



O CARRO E O JOVEM



Uma vertente entre analistas de mercado vem, nos últimos tempos, colocando em xeque o desejo natural e verdadeiro de utilizar o automóvel como meio de locomoção tanto em cidades quanto para viajar. 

Há quem “decrete” que este meio de deslocamento já iniciou o seu declínio e, dentro de uma a duas décadas, já não atrairá em nada os mais jovens. Apesar de nem no exterior existir consenso, isso tem sido comentado também no Brasil depois que estatísticas apontaram uma queda na emissão de novas carteiras de habilitação.

Entretanto, há muito “achismo” sobre esse tema. Uma empresa de pesquisa presencial, a Spry, partiu para entender a fundo esse assunto por meio de um trabalho denominado Mobilidade através das gerações. 

Foram 1.798 entrevistas em 11 capitais brasileiras. Público-alvo dividido, seguindo critério de idade, em quatro gerações: BM (Baby Boomers), 56 anos ou mais, e as gerações X (36 a 55 anos), Y (26 a 35 anos) e Z (25 anos ou menos).

A pesquisa é longa e inclui diversas formas de as pessoas se deslocarem dentro das cidades: a pé, de bicicleta, carro particular, moto particular, táxi/aplicativo, ônibus e metrô/trem. 

Perfil dos entrevistados seguiu, em linhas gerais, a segmentação de gênero, escolaridade e renda das estatísticas do IBGE. Mas 60% dos participantes não possuíam carro.

Vantagens de cada meio de transporte estão relacionadas ao estilo de vida e ambiente nos quais estão inseridos os entrevistados. Não existe consenso sobre como será o futuro do automóvel, independentemente das gerações. As quatro (BM, X, Y e Z) somente concordam em um ponto: ele não se tornará um bem esquecido (apenas 3% citaram essa resposta).

Em entrevista exclusiva à Coluna, o diretor da Spry Pedro Facchini ressaltou que o automóvel representará 66% das preferências de deslocamento dos brasileiros no futuro por meio de posse ou compartilhamento (diferentes aplicativos, inclusive de caronas, e até taxis). 



Outras conclusões:
“Só 5% das pessoas responderam que por motivos ambientais deixariam hoje de adquirir um veículo; a maioria parou de comprar carros apenas pelos custos envolvidos e a queda de renda; um dos maiores empecilhos para a geração Z tem sido o processo de habilitação, bem mais longo e caro do que costumava ser há 30 ou 40 anos. Isso vem obrigando os mais jovens a adiar a obtenção da CNH. Quando conseguem a carteira, ainda têm a opção de apelar para os carros dos pais ou familiares”, explica.

A pesquisa apontou claramente: 90% da geração Z pretende se habilitar e adquirir um automóvel à semelhança das três gerações mais velhas. Porém, de certo, será pela praticidade e conforto ao se deslocar. Não citam tanto entre os motivos o status como ocorria, muitas vezes, 50 anos atrás.

De fato, o processo de interação entre o jovem e o automóvel tem enfrentado alguma lentidão, menos por falta de interesse e mais em razão de limitações financeiras. Bem ao contrário do que se costuma apregoar que a juventude está “desligada” do automóvel. Nada como uma boa pesquisa para apontar falsas verdades hoje cristalizadas.

ALTA RODA

HYUNDAI E CAOA chegarão a um acordo até o final deste ano nas operações de importação. Não serão contratos renováveis a cada dois anos, como querem os sul-coreanos, nem por 10 anos como exige o grupo brasileiro. Algo como três ou quatro anos é o mais provável. Hyundai pretende construir fábrica de motores e câmbios na Argentina para intercambiar com o Brasil.

SEDÃS estão mesmo em queda livre nos EUA. Depois da Ford, GM anunciou a descontinuação de vários modelos, inclusive do Cruze, na América do Norte. A empresa decidiu cortar investimentos em motores convencionais e até híbridos, focando em elétricos, o que envolve riscos que, ela julga, calculados. Na América do Sul, Cruze e outros continuam nos planos.

APESAR de continuar sob suspeita e também ter sido demitido, no início da semana, do cargo de executivo da Mitsubishi (Nissan tem participação controladora nesta marca e não na Aliança com a Renault) o franco-brasileiro Carlos Ghosn ainda não pôde dar sua versão pública dos fatos. Agência japonesa NHK, sem revelar fontes, informou que ele negou acusações da promotoria.

POR R$ 198.500 a décima geração do Honda Accord chegou ao Brasil. Novo motor 4-cilindros turbo de 256 cv substitui o V-6 e permitiu encurtar o comprimento e até ampliar o espaço interno (entre-eixos ganhou expressivos 5,5 cm). É o primeiro sedã tração-dianteira do mundo com câmbio automático de 10 marchas: a 100 km/h o motor sussurra a apenas 1.500 rpm.

VW VIRTUS eleito Carro do Ano 2019 pela revista Autoesporte. Premium: Volvo XC40 (R$ 100.000 a R$ 200.000); Superpremium: Ford Mustang (acima de R$ 200.000); Motor, abaixo de 2 litros: Mercedes C200 EQ Boost; Motor, acima de 2 litros: Ford Mustang; Marca digital: Renault; Marca verde: BMW; Executivo: Carlos A. O. Andrade. Prêmios UOL Carros 2018 foram para Toyota Yaris, Citroën Cactus, VW Tiguan, Ford Mustang, Volvo XC40 e VW Amarok.
________________________________________________
fernando@calmon.jor.br e www.facebook.com/fernando.calmon2

Free2Move lança serviço de compartilhamento de veículos em Paris



A partir do dia 3 de dezembro, Free2Move Paris disponibilizará uma frota de 550 veículos elétricos Peugeot i0n e Citroën C-Zéro.

A experiência do usuário é simples graças ao aplicativo Free2Move Paris.

Existem duas opções disponíveis, sem duração mínima de locação:
Uma tarifa de 0,32€/minuto, com uma assinatura de 9,90€/mês (sem fidelização), para uma utilização regular.

Uma tarifa de 0,39€/minuto, sem assinatura, para uma utilização ocasional.

Os custos de seguro estão incluídos.
Esse serviço de compartilhamento de veículos funciona com estacionamento livre e gratuito em Paris. É possível estacionar em locais públicos, bem como em algumas vagas reservadas para os veículos elétricos (ex-Autolib). 

O serviço Free2Move Paris estará disponível 24 horas por dia, sete dias por semanaOs veículos são regularmente  recarregados por equipes especializadas.

Brigitte Courtehoux, vice-presidente Executiva de Serviços de Mobilidade e Conectividade do Groupe PSA, disse: “ Em apenas dois anos após o seu lançamento, o Free2Move já conta com mais de 1,5 milhão de usuários em 12 países, com uma frota de 65 mil veículos. Estamos muito satisfeitos em lançar nosso serviço de carsharing em Paris e pretendemos, em breve, implantá-lo na periferia da capital”.



  • O serviço de carsharing com estacionamento livre estará disponível 24 horas por dia, sete dias da semana, em todos os distritos da capital. 
  •     
  • Uma experiência simples e prática: o aplicativo Free2Move Paris – que pode ser baixado da Apple Store ou do Google Play Store – permite identificar um veículo disponível nas imediações, reservá-lo, destrancá-lo, detectar vagas de estacionamento reservadas aos veículos elétricos e encerrar a locação.

  • Existem duas opções disponíveis:
    • Para uma utilização regular: 0,32€/minuto, com uma assinatura de 9,90€/mês
    • Para uma utilização ocasional: 0,39€/minuto, sem assinatura

  • Não se exige uma duração mínima de locação; os custos de seguro e as despesas de estacionamento na área de cobertura estão incluídos.

  • Para se registrar: insira seus dados, carteira de habilitação e de identidade, além de dados bancárias no aplicativo Free2Move Paris.










McLaren Senna foi escolhido pelo público como a maior atração do Salão do Automóvel



O estande da marca SENNA foi um dos mais admirados na 30ª edição do Salão Internacional do Automóvel de São Paulo 2018, entre o público de quase 750 mil pessoas que visitaram o evento. 

Tanto que o McLaren Senna, trazido da Inglaterra e exposto pela marca do tricampeão mundial de Fórmula 1, foi eleito o “Destaque do Salão do Automóvel 2018”, em votação popular promovida pelo UOL Carros entre os visitantes da feira. O superesportivo foi o preferido do público entre mais de 540 veículos que foram expostos.


O troféu foi entregue durante a cerimônia do “Prêmio Uol Carros 2018”, realizada na última terça-feira, 27, à noite, no Villa Bisutti/Espaço 011, em São Paulo (SP). A marca SENNA foi representada pelo diretor da empresa, Alejandro Pinedo e a McLaren São Paulo pelo consultor de negócios, Bruno Bonifácio.

O evento reuniu executivos, engenheiros, assessores das principais empresas do setor automotivo do país e jornalistas especializados do segmento.


O prêmio “Destaque do Salão do Automóvel 2018” recebido pelo McLaren Senna foi o único com votação popular. O superesportivo de 800 CV de potência e aerodinâmica de carro de corrida encantou o público e os fãs do piloto Ayrton Senna, que puderam ver de perto o modelo de rua mais radical, ousado e completo produzido, até hoje, pela fábrica inglesa.

Criado para definir um novo padrão entre os esportivos que nascem das pistas e por ter sido completamente inspirado no comportamento diferenciado e competitivo do tricampeão mundial de Fórmula 1, o McLaren Senna é o carro de estrada mais rápido de toda a história da McLaren: atinge velocidade máxima de 340 km/h e acelera de 0 a 200 km/h em apenas 6,8 segundos.


Este desempenho alucinante é proporcionado pelo motor V8 bi-turbo, de 4 litros, com 800 cavalos de potência máxima (a maior entre todos os modelos de rua lançados oficialmente, até agora, pela marca).

As 500 unidades que estão sendo produzidas na McLaren Automotive, em Woking, na Inglaterra, foram imediatamente comercializadas. Três delas para o mercado brasileiro e por aproximadamente R$ 8 milhões cada uma. A primeira delas deve chegar ao País até o final do primeiro semestre do ano que vem.

“O McLaren Senna foi escolhido a dedo para representar a marca SENNA na categoria de superesportivos. Decidimos trazer este modelo ao Brasil para que os fanáticos por carro e os fãs de Ayrton Senna pudessem vê-lo mais de pertinho no salão. Ficamos muito felizes com o reconhecimento do público que visitou o evento e escolheu o McLaren Senna como o carro destaque do salão”, destaca Bianca Senna, CEO responsável pela marca SENNA.

quarta-feira, 28 de novembro de 2018

Honda mostra no Salão do Automóvel os elétricos URBAN EV e Neu V. Alfredo Guedes detalha o funcionamento desses carros no vídeo cujo link está no texto.





A Honda apresentou no Salão do Automóvel de São Paulo o seu avançado e interessante Urban EV Concept, um carro 100% elétrico que "cumprimenta" as pessoas por onde passar, é ideal para as cidades e será realidade num futuro muito próximo. Um novo modelo baseado no Urban EV estará já à venda na Europa já em 2019. 

Urban EV Concept foi eleito o Melhor Carro Conceito pelo Car Design Award, principal prêmio de design do setor automotivo, reconhecido como o Conceito do Ano pela publicação especializada Automobile Magazine.



Para os leitores conhecerem melhor esse simpático e futurista automóvel, o Blog entrevistou no Salão o técnico especialista da Honda, Alfredo Guedes, que detalhou para nós o Urban EV.

Assista o vídeo:

https://youtu.be/0_x6i77m5Cs

Neu V outro conceito



Alfredo Guedes explicou também no vídeo o Novo Veículo Elétrico Urbano (NeuV), um modelo elétrico e autônomo equipado com um mecanismo de inteligência artificial (IA) denominado “motor de emoção”, que possibilita que o veículo funcione como um útil assistente pessoal. 

Este veículo aprenderá com o motorista ao detectar as emoções por trás de suas atitudes e, a partir daí, com base em seu histórico de decisões, fará recomendações, auxiliando sua rotina diária, graças ao sistema Honda Automated Network Assistant (HANA) que também faz uma leitura das expressões faciais e/ou tom de voz do motorista e fornece assistência para uma direção segura. Tem espaço para duas passoas e armazenamento de bagagens ao fundo e um skate elétrico acoplado, projetado para trajetos curtos.








Compre sua BMW a partir de R$ 19.900, a G30 R 18/18. A K 1600 Bagger caiu para R$ 135.950, mas a mais cara, a HP4 Race, feita à mão, se mantém nos R$ 445.000. A promoção de seus 12 modelos vai até 31 de Dezembro.



São Paulo, 28 de novembro de 2018 — A BMW Motorrad manterá inalterados os preços públicos sugeridos de suas motocicletas vendidas no país até o dia 31 de dezembro. 

A medida é um agradecimento ao cliente brasileiro no ano em que o BMW Group atingiu a marca de 50 mil unidades produzidas no país, desde que começou com operação fabril de motocicletas, em Manaus, em 2009. 

"Estamos muito satisfeitos com este ano em que apresentamos diversos lançamentos, conquistamos novos segmentos e tivemos o reconhecimento da imprensa especializada. Essa ação ocorre como resposta e agradecimento ao público brasileiro, que desempenha um papel fundamental dentro da estratégia global da BMW Motorrad", afirma Federico Alvarez, diretor da BMW Motorrad Brasil.


A linha BMW Motorrad no Brasil – Preços válidos até 31 de dezembro.

G 310 R 18/18 -  de R$ 22.250 por preço promocional de R$ 19.900
Compacta e arrojada, a roadster de motor 313 cm³ e 34 cavalos de potência oferece uma condução ágil e divertida, ideal para encarar o trânsito das grandes cidades brasileiras.

G 310 GS 18/18 – de R$ 25.250 por preço promocional de R$ 22.900
Com posição de dirigir elevada, o modelo fabricado em Manaus (AM) é confortável, robusto e versátil – heranças da linha GS, referência mundial entre as motos aventureiras.


F 750 GS  18/19 – a partir de R$ 40.950
Lançamento da marca no país, a trail de média cilindrada é fabricada na planta da BMW em Manaus (AM) e já está em pré-venda em três versões disponíveis.

F 850 GS 18/19 – a partir de R$ 43.950
Oferecendo uma robustez acima da média em trechos fora de estrada sem perder a leveza e agilidade necessárias no perímetro urbano, o modelo é oferecido em cinco versões.

R 1200 GS 18/18 - R$ 68.950 a R$ 84.550 por preço promocional a partir de R$ 57.900
Modelo mais vendido da marca no mundo e líder há anos do segmento no Brasil, a aventureira tem dinâmica aprimorada e motor bicilíndrico com 125 cavalos de potência.

R 1200 GS Adventure 18/18 - R$ 90.950 a R$ 96.550 por preço promocional a partir de R$ 85.500

Projetada para grandes desafios, ela oferece design inconfundível e proteção aerodinâmica para quem busca aventura sem abrir mão de estilo e conforto de pilotagem.

S 1000 R - R$ 63.950 a R$ 65.950 por preço promocional a partir de R$ 59.900
Com visual musculoso, desempenho brutal e diversos modos de condução, a roadster tem motor de 4 cilindros com 165 cavalos de potência e um torque máximo de 114 Nm.

S 1000 RR 18/18 - R$ 78.950 a R$ 81.550 por preço promocional a partir de R$ 72.500

Uma superesportiva que revolucionou o segmento, com suas tecnologias inovadoras e desempenho impressionante: o motor quatro cilindros oferece potência de 199 cavalos.

S 1000 XR - R$ 73.950 a R$ 77.450 por preço promocional a partir de R$ 67.900
Dinâmica de esportiva, versatilidade de adventure e conforto de touring: o modelo une o melhor dos três mundos para criar a primeira moto esportiva de aventura da marca.

K 1600 GTL - R$ 136.950 a R$ 142.950
Estilo e elegância andam juntos nesta luxuosa moto de turismo de alto desempenho, que oferece direção suave, conforto e o lendário motor seis cilindros em linha com 160 cv.

K 1600 Bagger - R$ 135.950 a R$ 141.500
Recheada de tecnologia e itens de segurança e conforto, ela tem silhueta típica da Bagger: para-brisa chopped e traseira impressionante garantem o visual inconfundível.

HP4 RACE - R$ 445.000
Limitada a 750 unidades produzidas artesanalmente, com 215 cv de potência e peso de 146 quilos, ela é a primeira moto do mundo com quadro e rodas totalmente de carbono.

Preços válidos até 31 de dezembro de 2018 ou até quando durarem os estoques.


Fiat, Jeep, Ram, Dodge e Mopar mostraram no Salão do Automóvel de São Paulo o verdadeiro espírito Jeep e a versatilidade dos Fiat, o poder da RAM e o que está por vir como o Fastback, o 8º concept car da marca

As marcas Fiat, Jeep, Ram, Dodge e Mopar mostraram no 30º Salão Internacional do Automóvel de São Paulo mais do que carros de qualidade. Mostraram a preocupação da marca com o compromisso do consumidor que, como a montadora sabe perfeitamente, está cada dia mais exigente, escolhendo carros de maior durabilidade, mais confiáveis mecânicamente, mais seguros, confortáveis e diante do tempo de vacas magras porque passamos, mais econômicos.
Outro aspeto a ressaltar bem patente na presença da FCA (Fiat Chrysler) no Salão foi o espírito modernista, arrojado do design escolhido de seu estande que sem dúvida se coadunou com o que os dirigentes do grupo venderam às quase três centenas de jornalistas do Brasil e do resto da América Latina que cobriram este importante evento automotivo e aos muito perto dos 750 mil visitantes que este ano foram ao São Paulo Expo ver de perto as novidades e acender seus sonhos. (A.M.)

“A FCA mostrou no Salão que é uma empresa multimarcas, que reúne brands valiosos. Destacamos nossa diversidade, nossas raízes e nossos planos futuros. E fizemos isto interagindo com o público, oferecendo boas e inesquecíveis experiências para nossos clientes ou potenciais consumidores”, avaliou o presidente da FCA para a América Latina, Antonio Filosa.

A Fiat, disse o presidente da FCA, marcou sua presença no Salão do Automóvel pela ousadia. A marca ousou no design, invocando a força de seu DNA italiano e a tradição de ser uma das maiores montadoras do Brasil para mostrar  diversidade em seu portfólio e em suas atitudes. 
A Jeep reforçou o espírito de aventura associado à marca, invocando os atributos de liberdade, autenticidade e paixão, em um estande com arquitetura rica em elementos off-road.
Fiat: ousadia no design do estande e dos veículos
A Fiat ocupou um estande de destaque, com 2.900 metros quadrados de áreas junto ao acesso do público. “Resgatamos a essência da marca com alegria”, afirmou Herlander Zola, diretor da marca Fiat para a América Latina e diretor Comercial Fiat no Brasil. 
“Criamos um ambiente movimentado e acolhedor e conseguimos mostrar a versatilidade de nossos produtos, com versões especiais dos modelos Toro, Argo e Cronos. Mas o grande destaque foi o Fastback, o carro conceito que surpreendeu as pessoas e que traduz e materializa o futuro da Fiat”, acrescentou.
A marca também surpreendeu ao anunciar a plataforma Fiat Professional, que chega ao mercado no primeiro trimestre de 2019, trazendo um conceito de serviços diferenciados para clientes profissionais, como horário de atendimento estendido, troca imediata de peças e carro reserva, em uma nova forma de atender tanto em vendas quanto em pós-vendas. 


Outra novidade foi o anúncio da primeira concessionária digital do Brasil, instalada na capital paulista. Seu grande diferencial é a alta tecnologia que permite ao cliente um verdadeiro self-service, fazendo uso de navegação digital para conhecer, escolher e explorar os carros da Fiat, tudo no seu ritmo, de maneira independente e intuitiva. 

Esse novo modelo de concessionária foi instalado em área de grande fluxo de público, facilitando o percurso de compra.

O estande foi o cenário para a marca destacar suas raízes urbanas, exibindo um histórico Fiat 500 de 1969, passando pela valorização dos modelos em linha e apontando o futuro com o Fastback e uma nova forma de se relacionar com os consumidores. Em meio aos carros, houve muitas experiências sensoriais.
Por meio de uma ação com o Spotify, os visitantes acessavam o aplicativo com seu perfil ou criavam uma playlist na hora e tinham como resposta o modelo que mais combinava com seu estilo de vida. Foram 2,5 mil participantes durante os 11 dias de evento. 

Para apresentar o novo Ducato, a Fiat transformou o veículo em uma sorveteria móvel e cheia de estilo da gelateria Le Botteghe Di Leonardo. Para ganhar um sorvete, o visitante deveria se cadastrar no Fiat Club ou participar de uma corrida no Autorama Fiat Itaucard com as miniaturas da marca. Foram quase 14 mil sorvetes distribuídos.
O clima descontraído foi marcado pelas demais interações no estande, com shows dos popstars André Frateschi, Sabrina Parlatore e Cláudio Lins, passando pela customização da loja exclusiva Fiat Fashion até chegar na interação com os conteúdos de Mopar, a divisão de pós-vendas, serviços e acessórios da FCA. 
A área VIP do estande recebeu seis eventos especiais, reunindo convidados da marca, da Mopar, clientes corporativos, parceiros e lovers da marca. Clientes do Fiat Club tiveram entrada gratuita no Salão, estacionamento e benefícios exclusivos, como desconto de 20% na loja Fiat Fashion. Foram mais de 500 convidados.    
Mesmo o foco do Salão do Automóvel não ser a venda de veículos, foram gerados aproximadamente 700 leads de intenção de compras das marcas da FCA, 7,5 mil inscritos nos clubes de relacionamento e mais 6 mil leads para o cartão Fiat Itaucard.

Dodge e Ram também marcaram presença com os ícones das marcas, como a Ram 2500, que gerou mais de 110 leads de interesse de compra, e o Dodge Hellcat, um dos carros mais potentes em exibição, com seus 717 cv de potência. Foi um dos modelos mais fotografados pelos visitantes.
O verdadeiro espírito Jeep
A marca Jeep fez de seu estande um portal para o universo off-road, valorizando história, autenticidade, aventura e paixão. 
A marca dividiu o estande de 2 mil metros quadrados em dois espaços temáticos, expondo, de um lado, o legado dos modelos icônicos como Willys, Wrangler e Renegade, e, de outro lado, o contemporâneo da linha Compass, Cherokee e Grand Cherokee. Foram destaques as apresentações Compass Série S e do Renegade Willys.

“O estande foi concebido não só para mostrar o que linha de produtos oferece em termos de capacidade off-road, tecnologia e diferenciais dos veículos, mas para propiciar uma experiência única para visitantes”, explicou Tania Silvestri, diretora da marca Jeep para a América Latina e diretora comercial Jeep no Brasil. 
Ela destacou que as experiências proporcionadas aos visitantes buscaram o que a marca representa – liberdade, aventura, paixão e autenticidade. “Pudemos, principalmente, estimular o sentido de pertencimento que a marca propicia. O Salão foi um bom momento para confirmar o quanto os visitantes querem se envolver com a marca”, acrescentou. 
A presença no Salão demonstrou a consolidação da marca que lidera o segmento de SUVs, que é o que mais cresce no mercado nacional. 
A Jeep está no quarto ano consecutivo de crescimento significativo, com expansão de vendas de 22,4% sobre 2017, índice bem superior ao do crescimento do mercado nacional no período, que é de 13,5%. 

Seus dois modelos mais vendidos, o Compass e o Renegade são produzidos no Polo Automotivo Jeep, em Pernambuco, a fábrica mais moderna do grupo Fiat Chrysler Automobiles (FCA) no mundo, inaugurada em abril de 2015. Desde o início da produção nacional, já foram emplacados no Brasil mais de 270 mil veículos da marca.
O estande apresentou alguns modelos em condições extremas de uso, como em trilha muito inclinada com chuva forte constante. 
O line up da marca foi apresentado em palco elevado animado, ambientado por painel digital. Mas o estande Jeep foi além da exposição de veículos. Foi construída uma parede de escalada dentro do estande e um estúdio de tatuagens, em parceria com a Black Ball. 
A Jeep mostrou com emoção sua parceria com o Projeto Tamar - projeto conservacionista brasileiro, que atua na preservação das tartarugas-marinhas ameaçadas de extinção – e com o WSL (World Surf League), como marca patrocinadora do campeonato mundial de surfe. Foram feitas cerca de cem tatuagens e quase 2 mil aventureiros aceitaram o desafio na parede de escalada.

O estande ainda contou com o espaço Garage, um espaço com a loja exclusiva da grife da marca, a Jeep Gear, e todos os acessórios e peças da Mopar. Foram mais de 40 mil visitantes neste espaço. 
O Jeep Nation, o recém-lançado clube de relacionamento da marca, propiciou acesso VIP ao evento, oferecendo ingressos, estacionamento gratuito e atendimento preferencial no estúdio de tatuagem e demais atividades do estande. A área Vip Jeep foi ponto de encontro de lovers das marcas e clientes corporativos, com seis eventos exclusivos, incluindo as marcas Dodge e Ram.
Um rica experiência pessoal
O 30º Salão Internacional do Automóvel de São Paulo não foi rico de experiências apenas para os amantes de carros. A jovem Laura Ribeiro Tasso viveu no Salão dias muito intensos que a convenceram de que pode e deve investir nos planos de ser modelo e atriz. Com 19 anos de idade, Laura tem síndrome de Down. Ela foi uma das recepcionistas do estande da Fiat e apresentou ao público o modelo Mobi durante os dias em que o evento esteve aberto ao público. 
“Este foi o trabalho mais longo e consistente que ela já realizou até agora”, explicou Olívia Ribeiro dos Anjos, mãe de Laura, que a acompanhou durante todo o evento, sempre se posicionando de modo discreto para não inibir a autonomia e iniciativas da filha.
Laura conta que vem trabalhando há um ano como recepcionista e modelo em eventos, como feiras, exposições e um congresso médico. Mas nunca havia feito algo tão grande quanto o Salão do Automóvel. Por isto, estava muito entusiasmada por ter superado um grande desafio. “Gostei muito de todo o trabalho”, disse Laura
Ao observá-la trabalhando e interagindo, pode-se constatar como o público que frequenta o Salão está mudando a cada edição, tornando-se mais diversificado. Há um afluxo cada vez maior de famílias e de mulheres. 
E Laura teve empatia para explicar as particularidades do Fiat Mobi a todos os públicos: homens e mulheres, crianças, adolescentes e adultos de todas as idades. Ela se tornou uma referência de inserção e diversidade, ao lado de outros colegas com ou sem alguma deficiência que trabalharam no estande da Fiat durante o Salão.
Feliz com o reconhecimento por seu trabalho, Laura confirma que agora vai investir na carreira de modelo e atriz. Ela se sente capaz.
O que a Fiat mostrou no Salão

Fiat Fastback - Com estilo imponente, o Fiat Fastback foi apresentado com a missão de traduzir os quatro novos princípios do Design da Fiat na América Latina: humana (human), ousada (bold), contemporânea e flexível (contextual) e capaz de gerar experiências sem interrupções (seamless). 

São princípios que irão inspirar os próximos lançamentos, inclusive no segmento de UVs (Utility Vehicles). Totalmente projetado no Design Center Latam, localizado no Polo Automotivo Fiat, em Betim (MG), o puro fastback tem alma italiana, com linhas ousadas que transmitem esportividade e elegância, com autenticidade. 

Com quatro portas, o modelo é um híbrido entre UV, sedan e coupé, com proporções que capturam, com equilíbrio, a beleza das formas, não esquecendo a funcionalidade. O Fiat Fastback é o oitavo concept car da marca. 

A Fiat é a única no Brasil com tantos carros conceito em seu portfólio, com o importante diferencial de serem totalmente projetados pela equipe brasileira.
Argo Sting  Trata-se de um modelo que extrapola o design do Fiat Argo, trazendo ainda mais ousadia e esportividade. Este show car testou a receptividade do consumidor no Salão do Automóvel. 
Seus principais diferenciais são rodas aro 17 na cor preta, faróis FullLed, para-choques redesenhados, novo aerofólio traseiro, tetos e retrovisores externos em preto, além do logotipo Fiat escurecido.
Cronos Sport – A versão foi criada com objetivo de mostrar o novo sedan da Fiat com uma nova cara, bem esportiva e com conforto e tecnologia como diferenciais. Feito com base no Precision 1.8 AT, oshow-car é vermelho, com teto e rodas pintados em preto brilhante e traz saias laterais negras que se prolongam visualmente até os para-choques traseiros e dianteiros, além de spoiler em preto.
Toro Rescue  Com o objetivo de destacar a multifuncionalidade do Fiat Toro, lançado há dois anos e meio e líder de vendas de seu segmento, essa versão Rescue, na verdade um showcar, é baseada na Freedom 2.0 AT9 4x4 com motor Turbodiesel, e se inspira em uma unidade de resgate para praia ou camping e vem equipada com diversos acessórios Mopar.
Mobi Way Extreme Cross - A nova série especial Way Extreme lançada recentemente complementa a gama de conteúdos presentes na versão Way e traz uma caracterização exclusiva, além de tecnologias que facilitam ainda mais o dia a dia dos proprietários. 
O modelo exposto no estande, que traz mais exclusividade e ressalta a robustez do carro, vem ainda com o pack Cross, composto por adesivos pretos no capô e na lateral. 
A versão conta também com retrovisores internos com câmera de ré, sensor de estacionamento traseiro, revestimento interno escurecido, que confere mais sofisticação, badge de identificação Extreme, retrovisores externos em cinza fosco, rádio com Bluetooth, entradas USB, auxiliar e SD Card, pré-disposição para som, faróis de neblina e rodas em liga leve 5.5 de 14 polegadas com pintura exclusiva, além de limpador, lavador e desembaçador do vidro traseiro. 
Strada Adventure Cross Road  O pack especial da Mopar, lançado no evento, tem tudo para reforçar o DNA off-road da versão Strada Adventure 1.8. 
O pacote é composto por acessórios como extensor de caçamba multifuncional, que serve ainda como divisor e rampa para motos, além de capa para banco impermeável e protetor de soleira.

500, o ícone da Fiat - Três diferentes modelos do pequeno e apaixonante veículo foram apreciados pelos visitantes no Salão: um Fiat 500 fabricado em 1969 com motor a gasolina com 21 cv, um Fiat 500 Sport e o novo Fiat 500X Cross Diesel 1.6 16V com 120 cv produzido na Itália.
O que a Jeep mostrou no Salão
Novo Renegade - O SUV compacto que reinventou o segmento chega à linha 2019 com evoluções em design, conectividade, tecnologia, capacidade, segurança e equipamentos. Como os novos faróis de LED e a maior tela multimídia do segmento, de 8,4 polegadas, compatível com Android Auto e Apple Car Play. E preços ainda mais competitivos. 
O Jeep Renegade continua sendo o único no segmento a não derivar de carro de passeio e a ter motor a diesel, câmbio de nove marchas, tração 4x4 com reduzida, controle de descida e seletor de terrenos, além da suspensão independente nas quatro rodas em todas as versões.
Compass - Veículo nacional com mais tecnologias de condução autônoma e há mais de um ano à frente do mercado geral de SUVs no país, o modelo já superou a casa de 100 mil unidades vendidas e recebeu mais conteúdos em todas as versões da linha 2019, além de novas rodas e cores. 
Nas configurações de topo, Limited (Flex e Diesel) e Trailhawk (somente Diesel), o sistema de estacionamento semiautomático Park Assist virou de série, assim como a partida remota do motor pela chave, extremamente útil para deixar a ampla e bem acabada cabine na temperatura ideal antes de entrar.

Novo Wrangler - A nova geração do veículo que mais bem materializa o espírito Jeep estreia no Brasil em grande estilo. Conhecido também pelo código JL, o Novo Jeep Wrangler traz ainda mais da incomparável capacidade off-road, maior uso de alumínio na carroceria, mais tecnologia e conectividade na cabine e um conjunto mecânico inteiramente novo. Tudo com design renovado mas ainda fiel às origens. 

Agora, o Wrangler conta com o inédito motor 2.0 turbo, com injeção direta de gasolina, que rende 272 cv e 40,8 kgfm. Combinado a ele está um moderno câmbio automático de oito marchas e a tração 4x4 com caixa de redução. 

O Novo Jeep Wrangler estará disponível no primeiro semestre de 2019 nas carrocerias de duas e quatro portas (Unlimited), incluindo – pela primeira vez no país – a versão Rubicon, com uma série de upgrades para o off-road pesado.
Renegade Willys - O Salão do Automóvel também foi palco para a apresentação desta futura edição limitada do Renegade, que homenageia a marca que criou os primeiros Jeep. 
A base será a versão Trailhawk, mas com vários diferenciais de estilo. A exemplo das inscrições “Willys” nos para-lamas dianteiros e “4-Wheel Drive” na tampa traseira, como era comum nos antepassados do Renegade. 
A pintura da carroceria é Verde Recon, combinada a várias peças externas com acabamento escuro, como as rodas, emblemas, molduras de grade e para-choques e capas de retrovisores. Tonalidades que contrastam com a estrela branca nas colunas C, também bordada nos encostos dos bancos dianteiros.
Compass S - A próxima série especial do SUV mais vendido do Brasil o coloca como um exemplo de sofisticação. O ponto de partida foi a versão Limited Diesel 4x4 com uma pintura exclusiva, na cor Deep Brown, combinada a vários itens escuros (rodas, logotipos, frisos etc.) que normalmente seriam cromados. 
O Jeep Compass S também terá de série o pacote de tecnologias de condução autônoma formado por controle adaptativo de velocidade (ACC), aviso de colisão frontal com frenagem automática (FCW+) e monitoramento de mudança de faixa com correção ativa (Lane Sense). Além do Park Assist, que já equipa todo Compass Limited e Trailhawk na linha 2019.
B-Ute - Show car funcional desenvolvido em conjunto com a Mopar para a edição mais recente do evento anual  Easter Jeep Safari, em Moab (EUA), no final de março, o B-Ute é um Jeep Renegade desenhado para uso fora de estrada pesado mas sem perder a praticidade.
Novo Cherokee - Em avaliação para voltar ao mercado brasileiro, o Novo Jeep Cherokee também faz a primeira aparição no país, poucos meses depois de ser lançado na América do Norte. 
O modelo, que também ganhou o novo motor 2.0 turbo de 272 cv, exibe uma extensa reestilização. Tanto na dianteira quanto na traseira, os novos conjuntos óticos com extenso uso de LED e os novos para-choques renovaram o estilo único do Cherokee. 
No interior, o console central foi redesenhado, com o reposicionamento do hub de conectividade, o que aumentou o espaço do porta-objetos.

Grand Cherokee - Topo da gama Jeep, o SUV grande segue à venda nas concessionárias da marca no território nacional, em versão única, Limited, com dois motores V6: o Pentastar de 3,6 litros a gasolina e o 3.0 turbo diesel. 

A transmissão é sempre automática de oito marchas, com tração integral Quadra-Trac II. Na longa lista de equipamentos, vale ressaltar sete air bags, teto solar panorâmico, bancos dianteiros elétricos com aquecimento e ventilação e o conjunto de entretenimento, composto pela central Uconnect com visor de 8,4” no painel, duas telas traseiras de 9” com entradas HDMI e fones de ouvido sem fio e sompremium com nove alto-falantes e um subwoofer.

ACESSE TODAS AS POSTAGENS E SAIBA TUDO SOBRE O MUNDO AUTOMOTIVO.