quinta-feira, 30 de novembro de 2017

BMW desenvolve um modelo de estrada destinado a veículos de duas rodas elétricos, como as e-bikes, o X2 City. São vias suspensas sobre rodovias existentes para ligar grandes centros urbanos evitando os congestionamentos que hoje preocupam as grandes metrópoles






COLUNA 
MECÂNICA ONLINE® 

30 | NOVEMBRO | 2017 | 



Conceito de estrada elevada para mobilidade em duas rodas


O BMW Group acaba de revelar o projeto BMW Vision E³ Way, um conceito de mobilidade visionária concebida não somente para enfrentar especificamente os desafios pelas megacidades - como congestionamentos de veículos e poluição do ar -, mas fornecer soluções simples e eficazes. 

O projeto consiste de um modelo de estrada elevada para veículos de duas rodas movidos à eletricidade, como as e-bikes, o BMW Motorrad Concept Link e o recém-lançado BMW Motorrad X2 City; e capaz de ligar grandes centros urbanos.

Desenvolvido pelo Escritório de Tecnologia do BMW Group em Xangai, na China, o projeto prevê a utilização de vias suspensas sobre rodovias já existentes proporcionando capacidade adicional de tráfego.


O BMW Vision E³ Way – cujo E³ significa 'elevado', 'elétrico' e 'eficiente' – tem custo de construção reduzido e oferece uma alternativa ideal para usuários que se deslocam em trajetos de até 15 quilômetros de distância.

Ele utiliza um sistema de rampas que ligam à malha rodoviária convencional a estações de metrô, acessos de trânsito e centros comerciais.

O fato de ser utilizado exclusivamente por veículos de duas rodas significa que colisões envolvendo automóveis estão descartadas. O risco de acidentes é atenuado ainda mais por conta do limite de velocidade estabelecido em 25 km/h.

Inovações que ultrapassam o 
contexto do veículo convencional


O mundo da mobilidade individual e de sustentabilidade enfrenta enormes desafios nas aglomerações. À medida que a urbanização progride, mais e mais pessoas se aglomeram em cidades, de modo que os conceitos convencionais de mobilidade e o transporte público local estão atingindo os limites de suas capacidades. 

Condução e altos níveis de poluição do ar são o resultado, que por sua vez leva a restrições sobre a qualidade de vida. A divisão de “Investigação, Novas Tecnologias e Inovações” do Grupo BMW é um centro de competências único que se dedica a enfrentar este e outros desafios.

“Nosso objetivo é vincular mobilidade sustentável e eficiente com uma alta qualidade de vida nas cidades. Usamos novas tecnologias e nossa criatividade para criar abordagens inovadoras como o BMW Vision E³ Way” , explica o Dr. Gerd Schuster, Vice-Presidente Senior de Pesquisa, Novas Tecnologias e Inovações.


O uso de estradas elevadas acima das estradas existentes significa que o projeto gera capacidade de tráfego adicional. O BMW Vision E³ Way é explicitamente concebido apenas para conceitos de mobilidade única e sem emissão de poluição no local, com o uso do “elétrico”, como o e-bikes.

A estrada elevada é simples e modular em design, econômica para construir, e como resultado fornecerá uma ligação rápida e direta entre os principais centros de tráfego, tornando-a alternativa perfeita para viajantes que viajam até 15 km. Isso faz uso da estrada elevada muito eficiente não só em termos de custo, mas também no que diz respeito ao tempo de viagem (“eficiente”).

“A BMW Vision E³ Way abre uma nova dimensão da mobilidade em aglomerações superlotadas - eficiente, conveniente e segura. Isso funciona simplesmente criando espaço para o tráfego de zero emissões de duas rodas”, explica o Dr. Markus Seidel, Diretor da BMW Group Technology Escritório da China.

“Na China, mais de um bilhão de pessoas viverão nas cidades até 2050. O país se tornará a incubadora global de inúmeras inovações de mobilidade, como a BMW Vision E 3 Way,” acrescenta Seidel ", afinal, em nenhum outro lugar existe uma necessidade urgente de ação”.


Sem emissão e seguro 
Os sistemas de rampas e apoios são usados para conectar a BMW Vision E³ Way à rede rodoviária regular, estações de metro, outros hubs de tráfego e até shopping centers. Ao mudar a mobilidade de faixa única para o seu próprio nível espacial, o BMW Vision E³ Way faz comutação diária não apenas mais rápido, mas também mais seguro.

Conveniente e eficiente - O BMW Vision E3 Way não é apenas rápido e seguro de usar, no entanto, também é conveniente. Aqueles que ainda não possuem um veículo aprovado para o BMW Vision E³Way ainda podem usar a instalação de forma espontânea por meio de um esquema de compartilhamento que fornece veículos de aluguel em cada ponto de acesso.


A estrada elevada é amplamente coberta, garantindo proteção contra chuva e calor, bem como ventilação suficiente. Um sistema de resfriamento com água de chuva purificada cria temperaturas agradáveis: isso também pode ser usado para limpar a superfície da estrada à noite.

A característica destacada do conceito da BMW Vision E³ Way é que é preciso que as soluções existentes de mobilidade livre de emissões em duas rodas, como e-bikes e BMW Motorrad X2 City, os posicione em um novo nível de tráfego: isso significa que a visão pode ser realizada rapidamente e sem necessidade de espaço adicional.

Os estudos iniciais de viabilidade demonstram que um conceito como o BMW Vision E³ Way pode reduzir significativamente o congestionamento, as emissões, o tempo de viagem e o risco de acidentes.

O fluxo de tráfego é otimizado permanentemente por meio de sistemas automatizados de vigilância de vídeo e inteligência artificial, bem como através da integração de ecossistemas de cidades inteligentes. E o melhor é que seu design modular e escalabilidade livre tornam o conceito essencialmente adequado para uso em qualquer megacidade.

=========================================
Tarcisio Dias é profissional e técnico em Mecânica, além de Engenheiro Mecânico com habilitação em Mecatrônica e Radialista, desenvolve o site Mecânica Online® (www.mecanicaonline.com.br) que apresenta o único centro de treinamento online sobre mecânica na internet (www.cursosmecanicaonline.com.br), uma oportunidade para entender como as novas tecnologias são úteis para os automóveis cada vez mais eficientes.
Coluna Mecânica Online® - Aborda aspectos de manutenção, tecnologias e inovações mecânicas nos transportes em geral. Menção honrosa na categoria internet do 7º Prêmio SAE Brasil de Jornalismo, promovido pela Sociedade de Engenheiros da Mobilidade. Distribuída gratuitamente todos os dias 10, 20 e 30 do mês.
http://mecanicaonline.com.br/wordpress/category/colunistas/tarcisio_dias/

Mustang GT 2018 equipado com motor 5.0 de quase 500 cv chegará ao Brasil no 1º trimestre de 2018, mas a partir de 11 de dezembro quem desejar poderá fazer a compra antecipada



A Ford apresentou
 o Mustang no Brasil, na versão GT Premium com o motor V8 5.0. Com 466 cv, este é o modelo mais poderoso da linha do esportivo mais emblemático do mundo e chegará ao País no primeiro trimestre de 2018.

Lançado praticamente junto com os Estados Unidos, trazendo novo design e repleto de tecnologia e conectividade, o Ford Mustang 2018 terá vendas antecipadas a partir de 11 de dezembro em um site exclusivo com diversas informações sobre o produto.


O presidente da Ford América do Sul, Lyle Watters, ressaltou a importância deste lançamento para a Ford no Brasil. “A Ford tem uma habilidade única de combinar a grandeza da sua história com foco no futuro e o Mustang é um carro que resume tudo isso. Este é o momento certo de trazer ao Brasil tudo o que o Mustang oferece”, disse.

“O Mustang ocupa um lugar especial no coração da Ford: ele simboliza a nossa paixão pela liberdade, nossa paixão pela aventura e nossa paixão pela inovação”, confessou.


O Mustang 2018 é considerado pela imprensa internacional como o melhor de todos os tempos. O esportivo teve uma grande renovação no design, que valoriza a essência da sua personalidade, com interior inteiramente atualizado e um surpreendente painel digital totalmente configurável e esportivo.

“O Mustang tem potência que desperta grandes emoções e também representa o que a Ford tem de mais avançado em tecnologia. Ele combina desempenho e tecnologias de assistência com alto padrão de segurança. É fruto do trabalho dedicado e da paixão de todo o time da Ford por automóveis”, afirmou Rogelio Golfarb, vice-presidente de Assuntos Governamentais, Comunicação e Estratégia da Ford América do Sul.


Poderoso
O Mustang GT Premium é um ícone da linha global do esportivo voltado à performance. Ele é equipado com o poderoso propulsor V8 5.0 de 466 cv e transmissão sequencial de 10 velocidades com acionamento por borboletas no volante.
.

Entre outros itens, o Mustang tem saídas exclusivas de ar no capô, conjunto óptico único e exclusivo em LED, com as lendárias luzes de assinatura de três barras na dianteira e na traseira, rodas esportivas de 19 polegadas com acabamento preto brilhante, aerofólio traseiro e um recurso exclusivo: luzes de cortesia nos retrovisores que projetam a imagem do ícone no chão. Outras informações sobre o veículo serão divulgadas mais próximo do lançamento.


A partir da opção de pré-reserva do Mustang, o cliente terá um atendimento exclusivo por meio de um serviço de concierge, que vai orientá-lo sobre as condições comerciais e detalhes técnicos do produto. O lote inicial limitado contará ainda com um presente especial e exclusivo, preparado para os apaixonados por este ícone.


Lançamento aguardado
A primeira apresentação do Mustang no Brasil foi realizada num evento digno do legado e da tradição do esportivo, com a presença da imprensa de todos os segmentos, mídias sociais, empresários e celebridades.

O veículo foi exibido na pista principal do Jockey Club, em meio a uma tropa de cavalos puro-sangue, simbolizando a origem do seu nome emprestado da raça nativa do Oeste americano. 

Vários Mustangs desfilaram no hipódromo, com destaque para um modelo vermelho dirigido pelo ator Rodrigo Lombardi. Um dublê simulou a sua chegada, lançado em rapel de um helicóptero.

O ator comandou a parte social da festa de lançamento para cerca de 300 convidados. Fã de automóveis, o astro destacou a experiência de dirigir o Mustang pela primeira vez em solo brasileiro. “Foi uma sensação incrível”, resumiu Lombardi.

O Mustang é lendário. Símbolo de liberdade, foi imortalizado no cinema e na televisão em mais de 3.800 produções, protagonizando cenas memoráveis ao lado de grandes astros. Agora, assume esse protagonismo também no mercado brasileiro.


Audi entrega carros a estrelas do Real Madrid.



Os craques do premiado time Real Madrid vão dirigir carros da Audi novamente na atual temporada. Os jogadores estrelados receberam seus modelos de uso pessoal na capital espanhola. 



Antes da entrega, os atletas trocaram seus uniformes de jogo por macacões de corrida. Por meio de um simulador, eles puderam sentir a dirigibilidade do Audi e-tron FE04, o carro totalmente elétrico da marca desenvolvido para a Fórmula E.

Novamente na lista dos desejos de muitos jogadores como Gareth Bale, Luka Modric e Casemiro está o Q7. No total, 14 atletas escolheram o SUV premium, sendo três deles na versão híbrida e-tron quattro plug-in. 


Outra opção popular foram os modelos esportivos da linha RS. O técnico Zinédine Zidane escolheu o RS 6 Avant, enquanto Cristiano Ronaldo e Keylor Navas elegeram o RS 7 Sportback. Já o capitão Sergio Ramos vai dirigir um R8 Spyder.

Antes da entrega dos carros, os craques fizeram um test-drive virtual no Audi e-tron FE04. O bólido totalmente elétrico fará sua estreia na prova de abertura da Fórmula E em Hong Kong, nos dias 2 e 3 de dezembro. 


A Audi é parceira do Real Madrid desde 2003. O clube venceu três das quatro últimas disputas da Liga dos Campeões e em 2017 foi o primeiro time a defender o título na principal competição.


terça-feira, 28 de novembro de 2017

Ford ao longo dos anos veio aperfeiçoando o volante usado nos Mustangs



A Ford conta a história da evolução do volante de direção por meio do icônico esportivo Mustang. Com mais de 50 anos de história e inovações, o veículo é um símbolo de design e tecnologia, que mostra o avanço dos carros esportivos. 

O volante é um dos itens que revelam o carisma e constante desenvolvimento do carro, com funções que retratam a estética e o grau técnico de cada época.

No lançamento do primeiro Mustang, em 1964, os volantes eram grandes, finos e, além de comandar as rodas, no máximo incorporavam a buzina. 

Atualmente, reúnem cada vez mais funções, são digitais e acompanham o avanço da eletrônica embarcada. Pioneiro entre os carros esportivos de massa, o “pony car” é também uma referência em design e inovações que ditaram as tendências da indústria.


1964 – A primeira geração do Mustang introduziu o padrão clássico de capô longo, cabine estreita e traseira curta, que se tornou a assinatura da linha. 

O interior, de cockpit duplo, tinha um volante emblemático de três raios de alumínio com aro imitando madeira e a buzina no centro. Seu diâmetro grande, de 16 polegadas, facilitava as manobras, já que a assistência hidráulica era opcional.


1967 – A direção ajustável em sete posições permitia escolher a melhor posição para dirigir, além de facilitar a entrada e saída do veículo. A direção assistida com relação mais rápida (20,3:1) dava uma sensação mais esportiva.


1968 – O Mustang introduziu a coluna de direção retrátil para reduzir a possibilidade de lesão em acidentes, aumentando a segurança. O volante de dois raios também ganhou uma seção central maior e almofadada, com o controle da buzina no aro de metal.


1974 – Na segunda geração, o Mustang II ganhou um volante de dois raios revestido em couro. A opção de direção assistida com pinhão e cremalheira permitiu a oferta de um volante menor, de 15 polegadas, em vez do padrão de 16 polegadas.


1979 – O volante de dois raios foi substituído por um de quatro, mais tarde compartilhado com outros carros da Ford. Os comandos do limpador de para-brisa e faróis passaram para uma haste na coluna de direção. O piloto automático, oferecido em versões com transmissão manual, era controlado por botões no volante.


1984
– O Mustang SVO (Special Vehicle Operations), lendária versão de alta performance com motor turbo de quatro cilindros, trouxe um volante de três raios com ajuste de altura e profundidade, aro mais grosso e diâmetro menor, de pegada esportiva. Os logotipos Ford e "SVO" vinham gravados no centro do revestimento de couro.


1990 – O Mustang recebeu seu primeiro airbag de série, instalado no centro do volante. Com isso, a buzina foi transferida para dois botões laterais, acionados pelos polegares do motorista. Os botões do piloto automático também ganharam uma posição mais ergonômica.


1994 – A quarta geração do Mustang fez uma homenagem ao modelo original de 1964, com cockpit duplo e formas esculpidas no painel. 

Vários comandos ficaram mais fáceis de usar, aumentando a praticidade e segurança. O comando da buzina voltou para o centro do volante, integrado à tampa articulada do airbag.


2005 – O volante de três raios da quinta geração do Mustang fez uma releitura do modelo 1965-1967, com raios de polímero, ou opcionalmente de alumínio. Diferentemente dos volantes em que se inspirou, era revestido de couro.


2010 – Com a tecnologia SYNC, muitos botões foram adicionados para os comandos de voz do telefone, músicas, rádio e outras funções. 

O emblema central de acrílico foi trocado por um de alumínio polido, estampando o cavalinho ou uma cobra, no caso do Shelby GT500. Os acabamentos de alumínio e couro davam unidade à cabine.


2013 – O volante do Mustang tornou-se o centro de controle de tecnologia do carro. Passou a incluir um botão de quatro vias, além de um “OK” para controle da tela do painel de instrumentos. Nos modelos Boss 302 e Shelby GT500, era revestido de couro Alcantara, inspirado em competições.


2015 – Na sexta geração do Mustang, o volante totalmente redesenhado incorpora até 20 botões. Os da direita comandam o SYNC e o rádio, enquanto os da esquerda controlam o piloto automático adaptativo e a tela do painel de instrumentos. 

Os controles de marcha no volante “paddle shift” foram oferecidos pela primeira vez no Mustang com transmissão automática. 

Seu airbag circular, projetado especialmente, é o único com esse formato em toda a linha Ford. É também o volante de menor diâmetro da marca, com apenas 14 polegadas. Os raios de alumínio têm acabamento nas bordas para que o motorista toque apenas no couro ao segurar o volante.


2017 – O volante do novo Mustang 2018 mostra a grande evolução tecnológica do esportivo, adicionando funções como os modos de direção, controle de arrancada e outros, além dos comandos do quadro de instrumentos, que agora é totalmente digital. 

Criado com a colaboração de ex-desenvolvedores de videogames, o quadro de instrumentos de 12 polegadas oferece vários layouts de tela, que pode ser facilmente personalizada e dispõe do recurso MyMode para salvar as configurações preferidas.

domingo, 26 de novembro de 2017

Itajaí encerra fase classificatória. Amanhã, a grande final. A 6ª e última etapa da Gincana do Caminhoneiro, que começou a quinta-feira, 23, e terminou hoje, no Posto SIM Santa Rosa, em Itajaí, SC, classificou mais três caminhoneiros. Somente neste sábado, a gincana recebeu mais de 150 inscritos, recorde da temporada. Amanhã, domingo, os 20 finalistas querem o título, mas somente um vai levar para casa um Iveco Tector 0 km.



26/11/2017 – Os caminhoneiros Joel Ronaldo Ivo (de São José, SC), com tempo de 21s119, Luís Carlos dos Santos, de Salvador, BA, que cravou 21s148 e Alexandre Sakai, de Bauru, SP, com 21s580, são os classificados da 6ª e última etapa da Gincana do Caminhoneiro, que aconteceu nos dias 23 a 25 de novembro, em Itajaí, SC, no Posto SIM Santa Rosa, evento organizado pela revista Caminhoneiro, com patrocínio da Iveco e apoio da FPT, CNH Industrial, Iveco Peças e Eaton.

Os três finalistas concorreram com mais de 370 caminhoneiros, que marcaram presença a partir da quinta-feira, 23. 

Como nas outras cinco etapas – Cuiabá, Jacupiranga, Ponta Grossa, Linhares e Betim -, além da já tradicional prova de slalom (zigue zague entre cones ), os organizadores introduziram, este ano, a prova de estacionamento. 

Os caminhoneiros, primeiro, passam por um teste de habilidade ao estacionar o caminhão e, na sequência, vão para a pista de slalom. 

Como em edições anteriores, no slalom os tempos são cronometrados pelo sistema de fotocélulas por uma equipe homologada pela CBA – Confederação Brasileira de Automobilismo. 

E para manter as mesmas condições de igualdade entre todos os competidores, eles realizam as provas com um caminhão Iveco Tector, com câmbio manual de seis velocidades, fornecido pelos organizadores.

Após seis etapas, Paraná tem 8 representantes para a grande final de amanhã, dia 26 de novembro, também no Posto SIM Santa Rosa, em Itajaí, seguido por São Paulo 5, Maranhão 2, Santa Catariana 2, Mato Grosso 1, Goiás 1 e Bahia 1.

Na 1ª etapa, a de Cuiabá, MT, classificaram-se Lucio Marcio Goldin (Arapongas/PR), Dionísio Locks (Lucas do Rio Verde/MT), Leonel Aguillar Faria (Alvares Machado/SP) e Airton Borges de Andrade Junior (Arapongas/PR). Alessandro Mileski, de Reserva/PR, Marcelo Vilanez Sant´Ana, de Galia/SP, Joaquim Veríssimo (São Luís/MA) e Manoel Veríssimo (Paço do Lumiar/MA) superaram seus adversários em Jacupiranga/SP – 2ª etapa. 

Em Ponta Grossa/PR – 3ª etapa –, venceram Ivaldo Fernandes Lima Oliveira, de Araucária/PR, Walmir Vidolin, de Campina Grande do Sul/PR, e Alberto Sakai, de Bauru/SP.

Na etapa de Linhares/ES, classificaram-se os caminhoneiros Thiago Augusto Silva, de Aparecida de Goiânia/GO, o veterano Fernando Sakai, de Bauru/SP e o jovem Fabiano Luiz Baggio, de Campina Grande do Sul/PR. 

E na 5ª etapa, os caminhoneiros Nelsi Pivetta, de Ibicaré/SC, com tempo de 22s377, Edison Junior dos Reis, de Colombo/PR (22s860) e Renato Ribas Machado, de Campo Largo/PR (23s241) venceram a competição. 

E na 6ª etapa, classificaram-se Joel Ronaldo Ivo (São José, SC - 21s119), Luís Carlos dos Santos, (Salvador, BA - 21s148) e Alexandre Sakai (Bauru, SP- 21s580).

Como será a final – Cada finalista fará, alternadamente, duas tomadas de tempo no slalom. Eles vão descartar o pior tempo e, dos melhores tempos, quatro piores resultados serão desclassificados.

Os 16 classificados serão divididos em dois grupos de 8 finalistas. Na sequência, em sistema de “mata-mata¨, acontecem as oitavas de final, quartas de final, semifinal e final. O vencedor leva um Iveco Tector 0 KM.

Gincana do Caminhoneiro tem novo campeão Catarinense mostrou habilidade ao volante e ganhou um IVECO Tector na maior competição das estradas no Brasil

Nelsi Pivetta conquista o Tector 0 km na grande final em Itajaí (SC). 
Foto: Maurício Fernandes


Nelsi Pivetta, de 60 anos, é o campeão da Gincana do Caminhoneiro, que teve a final hoje (26/11) em Itajaí (SC). Natural de Ibicaré (SC), Pivetta foi o vencedor com o tempo de 31 segundos e conquistou um IVECO Tector zero km. 

Na edição deste ano, foram 20 finalistas, número que remete às duas décadas da presença da IVECO, patrocinadora da Gincana, no Brasil. Ao todo, 1.500 motoristas participaram das provas de slalow, e mais de 3.000 compareceram ao evento em todo o país.

“Gostaria de agradecer a todos por este prêmio. Que Deus continue abençoando vocês e suas famílias”, disse Pivetta ao público, que se classificou na etapa de Betim (MG), no posto PTB. Na segunda colocação ficou Leonel Aguillar Faria, natural do município de Alvares Machado (SP), com 34 segundos.

A edição 2017 da Gincana do Caminhoneiro começou em Mato Grosso, passou por São Paulo, Paraná, Espírito Santo e Minas Gerais, até chegar em Santa Catarina, onde aconteceu a sexta e última etapa (de 23 a 25/11) e a grande final da competição.

O cobiçado Tector 6x2 zero km tem cabine leito com excelente conforto aos ocupantes, 300 cv de potência e pesa 23 toneladas. 

“Os participantes competiram de maneira excepcional, e fizeram da Gincana um evento que ficará marcado na história das estradas brasileiras", afirma Ricardo Barion, diretor de Marketing da IVECO.

Encerramento

A Gincana contou com a presença do campeão da Copa Truck, o piloto Beto Monteiro, que participou da etapa final da competição. 

O caminhão IVECO de Monteiro utilizou a pista da Gincana para dar uma amostra de sua potência às pessoas que foram prestigiar a grande final. 

O público também pôde acompanhar o show de Lorena Cristine, cantora paulista que vem se destacando no cenário da música sertaneja nacional.

A FPT Industrial e o setor de peças da montadora, ambas marcas CNH Industrial, estiveram ao lado da IVECO durante as etapas, assim como a Eaton. A Revista Caminhoneiro é a realizadora do evento.

sábado, 25 de novembro de 2017

Scania apresenta ônibus biarticulado padronizado para Curitiba. Em março de 2018, chegarão os primeiros 25 articulados, de um total de cerca de 500 a serem entregues até 2020, que transportam até 270 pessoas




São Paulo, 25 de novembro de 2017 – A Scania apresentou em Curitiba seu ônibus biarticulado personalizado para as exigências da cidade. 


O lançamento acontece num importante momento da mobilidade curitibana, quando a prefeitura pretende renovar a frota da capital a partir do início de 2018.



“Foi dado um importante passo para a renovação da frota de Curitiba. O prefeito, as empresas de ônibus e a população conheceram o novo biarticulado do mercado. Antes, só havia uma ação. O nosso lançamento é competitivo em função de seu menor custo operacional e traz a vantagem do motor dianteiro, de menor ruído e maior facilidade de acesso, e que ainda reduz os custos de manutenção”, afirma Silvio Munhoz, diretor de Vendas de Ônibus da Scania no Brasil.

“O modelo precisa passar ainda por um crivo técnico da Urbs, que verificará se as especificações são compatíveis com os requisitos estabelecidos”, disse Rafael Greca, prefeito de Curitiba. O prefeito destacou que em março chegarão os primeiros 25 biarticulados novos para cidade, iniciando a fase de renovação da frota do transporte coletivo. 

Segundo informações da prefeitura de Curitiba, até 2020 serão, no mínimo, 450 ônibus novos, de várias categorias, em circulação.

A Urbs definirá as especificações técnicas dos veículos que serão adquiridos diretamente pelas operadoras de ônibus. “Vamos determinar o modelo e os critérios técnicos e a obrigação das empresas é adquirir e entregar para a cidade os veículos que atendam as normas exigidas”, explicou Ogeny Pedro Maia Neto, presidente da Urbs.

“Queremos participar da licitação de vários tipos de modelos. Nossas soluções para a mobilidade urbana vão desde os modelos padrón (de 13m e 15m), e dos articulados ao biarticulado. É um leque completo que oferece serviços adequados a cada perfil de operação com grandes benefícios atrelados à conectividade”, completa Munhoz.


Novo biarticulado Scania padronizado para CuritibaO biarticulado Scania F 360 HA tem 28 metros de comprimento, transporta 270 pessoas e é capaz de tirar das ruas até 135 carros com duas pessoas, ou 68 automóveis com quatro ocupantes. 

Destinado ao uso em corredores exclusivos do sistema BRT (Bus Rapid Transit), ele representa um incentivo ao transporte coletivo e à harmonia entre os modais, na busca de soluções para os desafios urbanos modernos e a redução de emissões.

A novidade da Scania, que segue o padrão exigente da Urbs, de Curitiba, tem carroceria Caio, motor de 360cv e desenvolve torque de 1.850Nm (o maior da categoria), já em baixas rotações, para economizar combustível. 

O propulsor está localizado na parte frontal do veículo e privilegia o salão de passageiros, de forma a permitir melhor acessibilidade entre os três vagões do veículo. 

O bloco está perfeitamente dimensionado para a capacidade de passageiros e carga. Constitui, enfim, um pacote de vantagens que eleva a produtividade para o operador.

O câmbio automático escolhido é o B 516R de seis marchas, da Allison, com retardador, de alta durabilidade, compatível com o alto torque do motor, de fácil manutenção e baixos custos operacionais. 

Sua arquitetura inteligente se adéqua para economizar combustível – reduzindo a carga no motor, quando o veículo estiver parado –, faz a seleção dos momentos ideais de troca de marcha e garante maiores velocidades médias e tempos menores de percurso. O veículo tem configuração 8x2 de 43,5 t de capacidade de carga (a maior do mercado).

O F 360 HA 8x2 sai de fábrica com elevado nível de conforto, maior estabilidade para o veículo e segurança para os passageiros, suspensão a ar com quatro bolsões nos eixos traseiros, freios a tambor com sistema eletrônico EBS, que diminui o tempo e a distância de frenagem, ABS, controle de tração e o freio auxiliar Scania Retarder.

Un nuevo y exclusivo modelo de edición limitada: el BMW M4 CS llega a México. A partir de noviembre, el BMW M4 CS amplia la familia BMW M en México. • Motor de 6 cilindros en línea que tiene diez caballos de fuerza más que el motor del BMW M4 Coupé con Competition Package.


El BMW M4 CS prolonga una tradición de décadas de exitosos modelos especiales de BMW M, que se inició en 1988 con el BMW M3 Evolution de la serie de fabricación E30, y se ensamblará en la planta original de BMW en Múnich.

Los modelos CS de BMW M son modelos de edición especial más poderosos, con una potencia superior a la de los modelos M con Competition Package. El lanzamiento del BMW M4 CS marcará la presentación de la nueva designación "CS".


El nuevo BMW M4 CS se basa en el mismo chasis del BMW M4 Coupé con Competition Package M. Esto significa que aprovecha la ligera construcción de aluminio, el escaso peso y la excelente rigidez; una suspensión delantera de doble articulación y amortiguador con resorte y un eje trasero de cinco brazos.

La edición limitada del BMW M4 CS llegará a México a partir de noviembre, para llevar el placer de conducir a otro nivel. 


La potencia del motor de 6 cilindros en línea de altas prestaciones de 2,979 cc se aumentó a 460 hp, lo que significa que tiene diez caballos de fuerza más que el motor del BMW M4 con Competition Package. 

Gracias a la tecnología M TwinPower Turbo, el BMW M4 CS rompe la marca de los cuatro segundos parando el cronómetro en 3.9 segundos al acelerar de 0 a 100 km/h


El BMW M4 CS está equipado de serie con la transmisión de doble embrague M DKG de siete velocidades, con Drivelogic. 

Esta caja ultramoderna, provista de radiador separado, permite el cambio automático de las velocidades, aunque también pueden cambiarse manualmente con las levas que se encuentran en el volante. 


7:38 minutos es lo que al BMW M4 CS le toma terminar una vuelta en el Nürburgring Nordschleife. Tan solo diez segundos más de lo que le toma al BMW M4 GTS.

La suspensión del nuevo BMW M4 CS corresponde casi totalmente a la del BMW M4 con Competition Package, y está equipado de serie con la suspensión M Adaptativa. 


La geometría del chasis fue definida para optimizar las prestaciones, tanto en carretera como en la pista, y está equipado de serie con los frenos carbono-cerámicos de BMW M. 

El conductor tiene la posibilidad de adaptar en cualquier momento el funcionamiento de la dirección y de la suspensión a sus preferencias personales o, respectivamente, a las exigencias que plantea el trayecto de conducción.


El interior del nuevo BMW M4 CS se define gracias a una mezcla deportiva de Alcántara y cuero. El volante M en Alcántara con costura decorativa M en azul y rojo y un indicador de franja perforado de color gris a las "12 horas en punto", que permite encontrar la posición central rápidamente, complementa a la perfección el ambiente automovilístico del nuevo modelo M. 

Los paneles interiores en Alcántara con la marca denominativa CS integrada se suman al aspecto armónico general. 


Igualmente distintivos: los revestimientos de las puertas fabricados con materias primas renovables que tienen superficies tipo carbono y el logotipo M4 iluminado en los respaldos de los asientos deportivos M. 

La constante reducción de peso, como es habitual en el automovilismo, queda demostrada aún más con ligeras manijas de tela en las puertas que sustituyen a las manijas convencionales.


Los asientos deportivos M incluidos como parte del equipamiento de serie ofrecen un soporte perfecto incluso en curvas extremadamente rápidas y llevan un logotipo M4 iluminado en los respaldos. Dos exclusivos colores: San Marino Blue y BMW Individual Lime Rock Grey.


El equipamiento de serie incluye rines de aleación ligera especialmente desarrollados para el BMW M4 CS, de 10 radios en color Orbit Grey, con neumáticos Michelin Pilot Sport Cup 2 de diferentes dimensiones (265/35 R19 en la parte delantera y de 285/30 R20 en la parte trasera).


Las luces traseras con la innovadora tecnología OLED (Organic Light Emitting Diode), al igual que en el BMW M4 GTS, son características distintivas de los modelos BMW M4 edición especial cuando cae la noche. 

El divisor frontal se diseñó específicamente para el BMW M4 CS. Moldeado con fibra de carbono ligero monocolor, aumenta la carga aerodinámica en el eje delantero, pero, a diferencia del M4 GTS, es fijo en lugar de ajustable. 


Esto se complementa con un nuevo spoiler de fibra de carbono monocolor para la parte trasera. Este elemento aerodinámico mejora la fuerza aerodinámica en el eje trasero. 

Tanto el difusor trasero como la tecnología OLED de las luces traseras se han tomado del BMW M4 GTS. Estos innovadores diodos utilizan capas semiconductoras extremadamente finas que se fabrican con materiales orgánicos para producir luz especialmente brillante y homogénea que emana uniformemente de toda la superficie.


Finalmente, dentro y fuera del vehículo se distingue el ADN de competencia. En el exterior elementos de fibra de carbono, como lo son el spoiler trasero, el deflector delantero exclusivo, el difusor trasero, el cofre y el toldo.

BMW M4 CS 2018
Precio: $ 2,249,900 MXN

Motor: BMW M TwinPower Turbo de 6 cilindros en línea biturbo

Cilindrada:  2,979 cm3

Potencia máxima: 460 hp (6,250 rpm)

Par máximo: 600 Nm (4,000 – 5,380 rpm)

Aceleración: 0-100 km/h: 3.9 segundos

Transmisión: 7 velocidades con doble embrague M DKG Drivelogic con función Launch Control

Rendimiento Combinado: 12.4 km/l

Emisiones de CO2: 189.7 g/km
(NOM-163-SEMARNAT-ENER-SCFI-2013)

Equipamiento exterior.
Línea exterior alrededor de las ventanas en color negro de brillo intenso.

Suspensión M adaptativa con modos de conducción Comfort, Sport y Sport+.
Toldo en fibra de carbono.


Equipamiento interior.
Aire acondicionado automático.
Asientos delanteros eléctricos con 2 posiciones de memorias para el conductor.

Configuración del modo de conducción (p. ej. suspensión, dirección) a través de los botones M Drive en el volante.
Guarnecido interior del techo en Antracita.


Comunicación y entretenimiento.
Interfaz USB y Bluetooth para 1 teléfono¹.

Preparación para Apple CarPlay®: Visualización de determinadas aplicaciones del iPhone® en la pantalla 4, 5.

Sistema de navegación con pantalla táctil de 8.8"; incluye actualización gratuita de mapas durante 3 años4.
Sistema de sonido Hi-Fi Professional con 12 altavoces y 600 Watts de potencia.


Seguridad.
Bolsas de aire frontales, laterales y de cabeza.
Control Dinámico de Estabilidad (DSC), de Tracción (DTC) y frenos antibloqueo (ABS).

Diferencial activo M: Distribución completamente variable del par entre las ruedas traseras para una óptima tracción.

Sistema de movilidad M: Compresor y material de sellado para reparación temporal de perforaciones en el neumático.


Iluminación y Visibilidad.
Espejo retrovisor interior y exterior izquierdo con ajuste anti-deslumbramiento y plegado eléctrico.

Faros LED autoadaptables con asistente de luz de carretera antideslumbramiento.

Paquete de iluminación con luz de bienvenida en las manijas de las puertas.

Sensor de lluvia con encendido automático de las luces y del limpiaparabrisas.

Asistencia a la conducción.
BMW Head-Up Display: Proyección en el parabrisas de información como la velocidad y régimen de revoluciones.

Cámara de visión trasera con indicador de obstáculos y líneas de asistencia.

Sensores de estacionamiento delanteros y traseros con indicador acústico y visual.


BMW ConnectedDrive.
Información de tráfico en tiempo real4: Muestra rutas alternativas en función a la situación del tráfico actual.
Llamada inteligente de emergencia:
Permite solicitar asistencia inmediata mediante el Call Center de BMW.

Servicio Concierge4: Brinda información de restaurantes, hoteles (entre otros) mediante el Call Center de BMW.

Servicios BMW ConnectedDrive4: Acceso a noticias, clima, búsqueda de direcciones (entre otros); incluye BMW Apps.

Servicios Remotos: Apertura/cierre de puertas, buscador del vehículo (entre otros) mediante la App BMW Connected.

Teleservices: Envío automático de las necesidades de servicio del vehículo al Distribuidor BMW para agendar una cita.


Equipamiento exclusivo CS.
Acabados interiores en Alcántara con inscripción “CS” perforada.

Asientos deportivos M de construcción ligera para conductor y acompañante con sujeción lateral específica M.

Cofre fabricado en polímero reforzado con fibra de carbono, de peso reducido, con salida de aire.

Consola central de construcción ligera, revestida en Alcántara.

Difusor delantero diseñado específicamente para el BMW M4 CS, fabricado en polímero reforzado con fibra de carbono.

Difusor trasero y spoiler trasero fabricados en polímero reforzado con fibra de carbono.

Frenos M carbono-cerámicos, perforados, con cálipers en color dorado mate y logo M, 6 pistones adelante, y 4 pistones atrás.

Luces traseras con tecnología OLED: Iluminación homogénea; múltiples módulos de luz controlados individualmente.

Molduras de entrada de aluminio con inscripción “M4 CS”.
Paquete M Driver’s: Velocidad máxima aumentada a 280 km/h (indispensable realizar control de rodaje a los 2,000 km).

Revestimientos de las puertas fabricados con materias primas renovables con diseño tipo carbono.

Rines de radios en V (estilo 763 M) en color Orbit Grey con neumáticos Michelin Pilot Sport Cup 2 de diferentes dimensiones (delante: 265/35 R19, detrás: 285/30 R20).

Sistema de escape fabricado en titanio, de peso reducido, con sonido característico.

Tablero de instrumentos revestido en piel.

Asas de las puertas y cinturones de seguridad delanteros con franjas M.

Vestiduras en combinación Alcántara / Piel Black con franjas M en los reposacabezas.

Volante deportivo M con levas de cambio, recubierto en Alcántara con marca a las “12 en punto”.

Voucher canjeable por un curso de manejo M en Alemania (no incluye otros gastos como transportación u hospedaje).

Garantía y Mantenimiento
Garantía BMW por 4 años o 200,000 km.
Mantenimiento Total BMW por 5 años o 60,000 km.

ACESSE TODAS AS POSTAGENS E SAIBA TUDO SOBRE O MUNDO AUTOMOTIVO.