sexta-feira, 31 de janeiro de 2020

Jeep explora diversas frentes para divulgar promoção que leva 30 pessoas com acompanhante para 30 destinos do Brasil


“A Jeep construiu a sua trajetória apoiada em quatro pilares: Liberdade, Aventura, Paixão e Autenticidade. Com 79 anos de história, consolidamos um território que reforça o Espírito Jeep de diversas maneiras. Para compartilhar todo esse universo e oferecer excelentes experiências para os nossos consumidores, apresentamos a campanha ‘Destinos Jeep’ com o conceito ‘Melhor que só ver, é viver’. Com uma estratégia integrada que envolve diversas plataformas on e off-line, incentivamos as pessoas a curtirem o estilo de vida Jeep e transformar as suas viagens dos sonhos em realidade. A promoção tem 30 destinos para que cada um construa a sua própria história de um jeito único”, afirma Frederico Battaglia, diretor de Brand Marketing Communication da FCA para a América Latina.
A promoção, que vai até 25 de abril, é aberta ao público e premia os ganhadores com viagens para locais como Fernando de Noronha (PE), Trancoso (BA) e Álter do Chão (PA). A campanha contempla uma estratégia 360º com peças publicitárias criadas em parceria com a agência F.biz que abrangem filmes para canais de tevê abertos e fechados de 30” e 15”; inserções em noticiários e programação das emissoras; ações específicas e com influenciadores nas mídias sociais desenvolvidas para o digital; mídia OOH e enxoval para concessionárias; além de interações orientadas por CRM (Customer Relationship Management) em parceria com o Jeep Nation.
Estratégia off-line
Para o off-line, a Jeep em parceria com a F.biz criou um filme que mostra por meio de um storytelling como a transição do visual para o real pode ser impactante. Lançada neste sábado (01), a primeira produção de 30´´ batizada de “Cadernos” narra a vida de um jovem que, quando criança, imaginava aventuras a bordo de um Jeep em locais paradisíacos na aula. Anos depois ele concretiza essa aspiração ao viajar a bordo do carro sonhado na infância. O filme será veiculado na Rede Globo, Band e canais pagos como TNT, A&E, GloboNews, GNT e Multishow.
"Nos últimos anos, existem milhares de Jeep no Brasil, mas nem todos realizaram todas as aventuras que a marca propõe. Por isso, criamos uma promoção na qual qualquer pessoa pode participar e usufruir tudo o que o Espírito Jeep propõe. Nós hackeamos conteúdos de natureza, em diferentes pontos de contato, e inserimos os códigos que levam os amantes de Jeep para viagens incríveis", explica Adriano Alarcon, CCO (Chief Creative Officer) da F.biz.
Em complemento à distribuição de formatos off-line, outras inserções dos códigos irão acontecer dentro dos conteúdos em diversos canais na tevê aberta e fechada. Pela primeira vez na Band, a Jeep terá inclusões comerciais durante quadros de meteorologia no jornalismo da emissora. Desse modo, enquanto a jornalista comenta a previsão do tempo para Recife, por exemplo, aparecerá um pequeno insert no canto da tela com o cupom para inscrição na promoção com destaque para algum destino da região nordestina.
Além da ação inédita no jornalismo da Band e de inserções semelhantes na programação da Rede Globo, a ativação também contempla um placement em canais que tenham sinergia com a marca, exibindo a publicidade de maneira orgânica em programas como Escalando o Brasil, do Canal Off; Largados e Pelados, do Discovery Channel; Lugar incomum, do Multishow, e durante os dois últimos episódios da série de branded content Expedição Brasil exibida dentro do Esporte Espetacular, da Rede Globo. 
Estratégia on-line
De maneira ampla, os conteúdos para o ambiente digital se integram com a campanha off-line e expandem os pontos de contato com o público. Para despertar a curiosidade, foram colocadas peças que mostram apenas uma cena da paisagem junto ao código da promoção em vídeos de viagem no YouTube. Sites e portais têm a exibição de conteúdos contextualizados para cada perfil e impulsionado por native advertsings, o que permite maior integração.
Em uma estratégia desenvolvida com o CRIE (HUB de Conteúdo e Criação Digital da Fiat Chrysler Automóveis) para as mídias sociais, são compartilhados conteúdos direcionados para cada tipo de perfil. Ainda no social, 30 influenciadores de regiões diferentes serão “Concierges Jeep” e compartilharão dicas sobre os roteiros. Além disso, eles também auxiliarão os ganhadores, até mesmo na preparação da mala para viagem, em uma consultoria de 30 minutos por live. No decorrer da campanha, a Jeep trará conteúdos customizados como, filtros de Stories do Instagram, contagens regressivas para os participantes acompanharem cada data de sorteio, FAQ interativo e postagens diárias sobre os destinos.
Estratégia OOH (Out Of Home) e PDV (Ponto de Vendas)
Para esse circuito, a Jeep marcará presença em sete dos principais aeroportos do Brasil: Congonhas (São Paulo), Galeão (Rio de Janeiro), Presidente Juscelino Kubitschek (Distrito Federal), Gilberto Freyre (Recife), Afonso Pena (Curitiba) e Confins (Belo Horizonte). Ao todo, serão 270 telas que incentivam os passageiros a viajarem para locais que despertam a sua curiosidade por meio da geolocalização. Como os destinos abrangem todas as regiões do Brasil, em Pernambuco será mostrada uma paisagem paranaense, por exemplo.
Fora dos terminais, existem oito mil telas de edifícios comerciais, elevadores e relógios com anúncios da Jeep em 20 praças pelo País. As concessionárias de todo o Brasil também terão um enxoval completo de comunicação da Promoção no PDV, com totem de todos os destinos da campanha, banner, adesivos de vitrine e materiais complementares para ampliar a ambientação das lojas.
Estratégia Jeep Nation
De modo integrado, a comunicação apoiada em CRM é direcionada para cada segmento de clientes em seus respectivos momentos de compra. Por meio do Jeep Nation, clube de benefícios da marca, os entusiastas da Jeep serão impactados de maneira diferentes e por plataformas distintas. Além disso, para contemplar os clientes Jeep Nation, quem for inscrito na plataforma e se cadastrar na promoção, terá automaticamente o dobro de chances.
Conheça melhor esta nação de aficionados por Jeep neste link: https://jeepnation.jeep.com.br/
O grupo, que é aberto para qualquer pessoa, é dividido em quatro categorias: Spirit (interessados na marca), Emotion (proprietários de um Jeep com mais de seis anos de uso), Loyal (donos de um Jeep com até seis anos de uso) e Loyal (compradores com mais de um Jeep na garagem). Como cada um tem a sua personalidade, a conversa é estabelecida via e-mail e WhatsApp de maneira personalizada com convites feitos sob medida para cada público.
Dinâmica da promoção
A promoção é dividida em quatro etapas. Na primeira, o público tem que encontrar o cupom de inscrições nos diversos pontos de contato criados para a campanha e fazer um test-drive. O teste do automóvel, que não é cumulativo, equivale a um ponto. Caso o cliente compre um Jeep as chances aumentam cinco vezes e se ele for parte da Jeep Nation, as possibilidades dobram. Após essa etapa, basta que o participante escolha um dos trinta destinos e acompanhe pelo hotsite o resultado dos 10 sorteios semanais que anunciam os ganhadores. Além da divulgação nos canais oficiais, os vencedores também serão contatados em até 72 horas pela Jeep. 
Serão sorteados três locais por vez e o ganhador - junto com o seu acompanhante - tem até 180 dias para realizar a viagem, que inclui pacote de voo, hospedagem e programação no local escolhido. Cada destino terá uma data sugerida e ele deverá informar a organização até 30 dias antes da viagem, que não poderá ser realizada em feriados.
Confira abaixo a lista completa com as datas de sorteio e locais:
15/02 - Maraú, Chapada dos Veadeiros, Pirenópolis
29/02 - São Miguel dos Milagres, Salvador, Penedo
07/03 - São Miguel do Gostoso, Cânion Xingó, Serra da Capivara
14/03 - Alter do Chão, Serra Catarinense, Olinda
21/03 - Jalapão, Alta Floresta, Serras Gaúchas
28/03 - Lençóis Maranhenses, Parati, Bonito
04/04 - Floresta Amazônica, Cunha, Florianópolis
11/04 - Trancoso, Chapada Diamantina, Tiradentes
18/04 - Chapada dos Guimarães, Pantanal, Monte Verde
25/04 - Fernando de Noronha, Natal, Jericoacoara

Ficha Técnica
Anunciante: FCA
Produto: JEEP
Agência: F.biz
co-CEO: Fernand Alphen
CCO: Adriano Alarcon
Diretores de Criação: Alessandro Bernardo, Fabiano Pinel e Nego Lee
Criação: Erich Moreira, Marcus Mesquita, Romulo Caballero, Thiago Monteiro
Diretora de Conteúdo: Fernanda Fontes
Supervisora de Criação de Conteúdo: Bianca Agnelli
Conteúdo: Daniele Rodrigues, Giulia Perrone, Giulianna Gaspareto, Carlos Damazo, Nicole Cavalcante, Leonardo Barreto
RTVC/ Artbuyer: Vivi Guedes, Daniele Pizzo
Produção gráfica: Jorge Gaglioni
Arte final e Sistema: Marcio Lima e Ricardo Martinelli
Planejamento: Sara Silva e Annahy Laira
Mídia:  Leonardo Gomes, Eric Zanelli, Andre Guimaraes, Rodrigo Gomes, Camila Mattos
BI/ Analytics: Amanda Gasperini e Raphael Medeiros
COO: Juliana Vilhena Nascimento
Negócios: Daniela Lancellotti, Juliana Passini, Heloisa Torezan, Larissa Gama, Bruno Giorgetto, Mariana Silva, Mariana Demarche, Mariana Oliveira e Pablo Rizeto
Produtora: O2 Filmes
Direção: Alex Gabassi
Produção Executiva: Rafael Fortes/ Amanda Rossi
Atendimento Produtora: Rejane Bicca / Chica Mauger / Raquel Rocha
Dir. de Fotografia: André Faccioli
Montagem: Márcio Canella
Finalização: O2 Filmes
Pós-Produção: O2 Filmes
Produtora/Som: Antfood
Atendimento Produtora de Som: Renato Castro e Christiane Rachel
Produção/ Som: Lou Schmidt, Fernando Rojo, Luis Bergmann, Pedro Curvello e Vinicius Nunes
Finalização: Bruno Broaska, Fabian Jorge, Pablo Homem de Mello e Tiago Mago              
Cliente: Frederico Battaglia, Maria Lucia Antônio, Marjorie Kockanny, Rafael Pires, Arthur Mendes, Barbara Bono e Livia Lira
Acompanhe os canais da Jeep:

VW comemora 300 mil unidades produzidas de Polo e Virtus no Brasil. O hatch e o sedã marcaram o início da maior ofensiva de produtos da marca no Brasil



São Bernardo do Campo (SP) - A Volkswagen do Brasil celebra marco histórico de 300 mil unidades produzidas de seus veículos Polo e Virtus, o hatch e o sedã lançados em setembro de 2017 e janeiro de 2018, respectivamente, e que se tornaram sucessos absolutos da marca no Brasil e na América Latina.

"O Polo e o Virtus marcaram o início da maior ofensiva de produtos da marca no Brasil há três anos e são símbolos do surgimento da Nova Volkswagen. Inspirados em pesquisas com clientes brasileiros e com foco na regionalização dos produtos Volkswagen, ambos têm conquistado resultados de vendas muito significativos na América Latina", destaca Pablo Di Si, presidente e CEO da Volkswagen América Latina. 

Além disso, em seus respectivos anos de lançamento, foram os veículos mais premiados cada um em seu segmento, conquistando inclusive o prêmio "Carro do Ano" em 2018 e 2019.

"Com o Polo, a fábrica VW Anchieta implementou o conceito mais moderno para o desenvolvimento e produção de veículos no mundo: a Estratégia Modular MQB, utilizada também para o Virtus, proporcionando a ambos mais espaço interno, motores eficientes e de alto desempenho, altos níveis de segurança, muita conectividade, avançados recursos de tecnologia e conforto de veículos superiores", relembra Mario Rodrigues, diretor da Unidade de Produção Anchieta.

O marco de 300 mil veículos produzidos, sendo que destes 180 mil são o hatch Polo e 120 mil o sedã Virtus, coincide com o lançamento da versão GTS para ambos os modelos, resgatando a lenda desta sigla que traz uma perfeita combinação de tecnologia, inovação e tradição, para tornar-se nova referência em esportividade dentro de seu segmento no País.

O Polo no acumulado do ano de 2019 foi o segundo modelo mais vendido pela companhia no Brasil seguido do Virtus, que ficou com a terceira posição no mesmo período. Ambos são exportados atualmente para mais de 10 países localizados na América do Sul, Central e Caribe.



BMW F 750 GS e F 850 GS ganham mais tecnologia e itens de conforto. Inovações agregam comodidade e conforto aliados ao prazer da pilotagem premium já conhecidos pelos consumidores




São Paulo, 31 de janeiro de 2020 — A BMW Motorrad no Brasil traz novidades ao cliente ávido por uma experiência de pilotagem premium e anuncia o incremento de equipamentos dos modelos F 750 GS, F 850 GS e F 850 GS Adventure. 

Os modelos ganharam itens que atendem às demandas de quem busca aliar performance impecável a um design sofisticado. Os modelos combinam atributos de uma legítima big trail BMW Motorrad como tecnologia de última geração e robustez, além de motorização vigorosa e eficiente.

Para o modelo F 750 GS, que atende uma demanda urbana e rodoviária, estão disponíveis as categorias Sport e Premium. No caso da primeira, foram adicionados itens como o Daytime Riding Light (DRL) – luz diurna em LED, que garante maior segurança no trânsito e melhora a visibilidade da moto -; Luz de Posição em LED – piscas em LED com vidro branco, que apresentam uma vida útil mais prolongada - e o Banco Conforto – superfície mais larga, ideal para desfrutar as longas distâncias de forma mais prazerosa.

Já na opção Premium ofertada à F 750 GS, é possível encontrar as comodidades Sport e, ainda, extras como a tecnologia Keyless Ride – sistema que permite ao condutor ligar a moto por meio de um simples botão -; Monitoramento de Pressão dos Pneus – que possibilita uma consulta rápida nos números de pressão dos pneus no computador de bordo da motocicleta -; Cruise Control – responsável pelo controle eletrônico de velocidade e por mantê-la constante – e o Painel TFT + Conectividade -  o qual proporciona uma solução inovadora para navegação, aliando ações como a realização de chamadas, receber ligações e a experiência de ouvir músicas por meio de um intercomunicador conectado via bluetooth  que substitui o modelo analógico e permite que o condutor permaneça com as mãos nas manoplas.    

No comando da F 850 GS, ideal para uso rodoviário e off-road, o cliente pode optar pela categoria Premium, que passa a incluir o Keyless Ride, Monitoramento de Pressão de Pneus, Cruise Control, Painel TFT + Conectividade, Suporte Para Malas Laterais e Banco Conforto. 

Neste mesmo modelo, mas na versão Premium +, o condutor também passa a contar com vantagens como a Preparação para GPS – que permite instalar o BMW Navigator no campo de visão do condutor e controlar o sistema de navegação e funções de conectividade de maneira fácil por meio do Multi-Controler – e o Kit Baixo (Suspensão e Bancos) – item que garante aos condutores de menor estatura a possibilidade de desfrutar de melhor estabilidade e controle nas manobras.

Confira abaixo os valores para cada modelo:
  • F 750 GS Sport – R$ 43.950
  • F 750 GS Sport Premium e Premium Kit Baixo – R$ 47.950
  • F 850 GS Premium e Premium Kit Baixo – R$ 51.950
  • F 850 GS Premium + - R$54.950
  • F 850 GS Adventure Premium e Premium Kit Baixo – R$ 60.950.

quinta-feira, 30 de janeiro de 2020

Nova placa para carros brasileiros, porquê? A coluna Fernando Calmon responde


Coluna                              
Fernando Calmon


 Nº 1.082 — 30/1/20




LIVRE CONCORRÊNCIA PARA
PLACAS PADRÃO MERCOSUL

Um dos maiores imbróglios de todos os tempos envolvendo a frota brasileira de veículos foi a implantação da nova PIV (Placa de Identificação Veicular) no padrão Mercosul. O assunto remonta a 1994, mas só em 2014 os quatro países fundadores do bloco – Argentina, Brasil, Paraguai e Uruguai – constataram que as combinações alfanuméricas possíveis estavam se esgotando.

Nunca se entendeu muito bem como se criou aqui, décadas atrás, combinação de três letras e quatro dígitos. Afinal são apenas 10 dígitos e 26 letras (incluídas K, W e Y). Se houvesse a lógica combinação de quatro letras e três dígitos, como é agora e em vários países, o problema não aconteceria pois permite 450 milhões de combinações. 

A frota brasileira circulante atual está estimada em cerca de 45 milhões de veículos (incluídos caminhões e ônibus) e 15 milhões de motocicletas e motonetas (scooters). Outros 40 milhões viraram sucata ou foram desmanchados.

Em 2016 os carros novos emplacados nos países de língua espanhola começaram a implantar a nova PIV, mas apenas para veículos zero km e assim se mantém até hoje. O Brasil quis acrescentar nomes de município e brasões de Estados e cidades. Isso encareceria o preço porque em vez de uma simples plaqueta, o proprietário seria obrigado a trocar a placa inteira toda vez que mudasse de cidade. Felizmente, essa aberração foi descartada. Só que voltou, em parte...

Em 2018, com dois anos de atraso, o Rio de Janeiro começou com o novo padrão Mercosul, seguido por outros dez Estados; a partir do dia 31 deste mês, todos os demais. Mas, ao se mudar de município a PIV antiga terá de ser trocada. Porém isso ocorrerá apenas uma vez, enquanto na proposta anterior a cada troca de município exigiria novo par de placas.

Outra polêmica se formou quando o Governo Federal, quase em cima do prazo fatal, dispensou dois elementos de segurança das placas Mercosul: ondas sinusoidais e efeito difrativo, que é o brilho no acabamento das letras e números quando iluminados. O governo alegou que encareceriam o produto pelo pagamento de direitos aos detentores da tecnologia.

A Associação Nacional dos Fabricantes de Placas de Identificação Veicular, que representa mais de 3.000 pequenas e médias empresas, distribuiu no último dia 23 um comunicado assinado pelo seu presidente, Cláudio Roberto Gaiewski Martins. Ele garante que “nenhuma empresa nacional pagou royalties sobre os itens excluídos, que causariam sobrepreço nas placas veiculares”.

“Com relação à prática de preços mais altos ao consumidor, especificações previstas anteriormente não alteravam em nada o custo das placas veiculares. O que se observou foi um aumento no custo final aos consumidores pela admissão de diversos atravessadores na cadeia produtiva e de comercialização, com acréscimo de até 350% do valor da placa quando sai da fábrica. Por esta razão a placa ora implementada tornou-se muito mais cara que a do padrão Mercosul inicialmente previsto”, a nota acrescenta.

Se, de fato, as novas especificações nada teriam acrescentado aos custos anteriores, estes 350% podem cair rapidamente com a livre concorrência que os governos estaduais estão obrigados a implantar.

ALTA RODA

MOTOR 1.4 turbo de 150 cv e 25,5 kgfm garantem ao Polo GTS grande agilidade. Suspensões estão bem acertadas e interior cuidado em detalhes. Eletrônica de bordo com itens importados e caros, além do câmbio automático, ajudam a subir o preço para salgados R$ 99.470 (com opcionais, R$ 103.440). Em geral, tais configurações representam só 3% das vendas.

DEPOIS de quatro anos, o Kia Rio estreia aqui por R$ 69.990 a 78.990. Motor 1,6 de 130 cv é o mesmo do HB20, mas o “primo” mexicano é mais espaçoso internamente (um de seus pontos altos), tem ótimo porta-malas de 325 litros e transmite sensação de solidez. Todo o conjunto é silencioso, mas volante não regula a distância. Acabamento é correto, porém simples.

NOVO Onix hatch Premier impressiona pelos equipamentos oferecidos. De assistência ao estacionar ao carregamento de celular por indução e roteador para internet. Depois de ajustes no motor, após o caso do incêndio, resposta ao acelerador ficou ligeiramente mais lenta. Ganhou espaço interno, mas tanque e porta-malas diminuíram: 10 e 14 litros, respectivamente.

KBB, site especializado em precificação de carros, apontou fato incomum no ranking de depreciação de modelos com um ano de uso em 2019. Toyota Hilux foi o único a valorizar: 0,55%. Depois, Peugeot 3008 (-1,49%) e VW Golf (-3,41%). Entre os mais desvalorizados, dois fora de linha: Focus hatch (-28,1%) e Fiat Weekend (-27,8%).

DELPHI, que acaba de ser adquirida pela BorgWarner, anunciou para 2022 um novo sistema de injeção direta para motores a gasolina com nada menos de 500 bares de pressão. É 100 vezes maior que na injeção indireta, ainda a mais comum na frota circulante mundial. Maior vantagem: reduzir a praticamente zero a emissão de material particulado.

_____________________________________________________________________________________________________________________
Fernando@calmon.jor.br e www.facebook.com/fernando.calmon2



BMW meets FUTURA 2000: Three exclusive originals and a limited edition of the BMW M2 Competition. At the Frieze Los Angeles art fair, BMW M will be presenting a comprehensive collaboration with iconic international contemporary artist FUTURA 2000.




Munich. In the wake of the further development of BMW Individual, BMW M GmbH will be presenting its latest collaboration, a multi-tiered project with eminent international contemporary artist FUTURA 2000. The partnership will debut at Frieze Los Angeles 2020. 

In this collaboration, FUTURA 2000, who is known for his mastery of colour, concentric forms, and kinetic composition, will create three exclusive and unique versions of the BMW M2 Competition (combined fuel consumption: 10.0 l/100 km; combined CO2 emissions: 227 g/km) in his unmistakable style, whilst also designing a limited-edition series of the BMW M2 Competition which is scheduled for public purchase in June 2020. 

One of the hand-painted BMW M2 by Futura vehicles will celebrate its world premiere at the second Frieze Los Angeles – being held at the Paramount Pictures Studios in Hollywood from 13 to 16 February.

FUTURA 2000, born Leonard Hilton McGurr, established himself as a pioneer when graffiti met the formal gallery ecosystem in the 1980s. 

He quickly became known for his radical approach on the street, introducing abstraction to an entirely letter based discipline, and found himself part of a wider art movement that included the likes of Jean-Michel Basquiat, Keith Haring, and Dondi White. 

Aside from his decades-long career as a contemporary artist, he has achieved great success as a commercial artist, collaborating with several well-known brands.
With the unique BMW M2 by Futura and the BMW M2 Edition Futura, BMW M GmbH is setting trends both in the high-performance vehicle sector and the art scene.


About Futura 2000
FUTURA 2000, born Leonard Hilton McGurr, became a pioneer when graffiti met the formal gallery ecosystem in the 1980s. Known for his radical approach in the street, he introduced abstraction to an entirely letter-based discipline. His work caught attention in the 1980s, and he found himself as part of a wider art movement that included the likes of Jean-Michel Basquiat, Keith Haring, and Dondi White. 

Entirely self-taught in what he calls “the subway school”, FUTURA 2000 has been compared to Kandinsky for his mastery of colour, concentric forms, and kinetic composition—and friends Basquiat, Kenny Scharf, and Rammellzee for his progressiveness and of-the moment dynamism.

Radical then, his methodology can now be viewed over a span of decades as something consummately pure. When compared to many street artists who have come along since its seminal moment in the 1980s New York, FUTURA 2000’s work still stands apart for its subtlety, use of white space, and elemental quality. 

Insight and proficiency have kept him relevant for 40+ years with no signs of slowing down. He has also achieved great success as a commercial artist, having collaborated with several well-known brands.

About BMW Group Cultural Engagement
For almost 50 years now, the BMW Group has initiated and engaged in over 100 cultural cooperations worldwide. The company places the main focus of its long-term commitment on contemporary and modern art, classical music and jazz as well as architecture and design. 

In 1972, three large-scale paintings were created by the artist Gerhard Richter specifically for the foyer of the BMW Group’s Munich headquarters. Since then, artists such as Andy Warhol, Jeff Koons, Daniel Barenboim, Jonas Kaufmann and architect Zaha Hadid have co-operated with BMW. 

In 2016 and 2017, female artist Cao Fei from China and American John Baldessari created the next two vehicles for the BMW Art Car Collection. 

Besides co-initiatives, such as BMW Tate Live, the BMW Art Journey and the “Opera for All” concerts in Berlin, Munich, Moscow and London, the company also partners with leading museums and art fairs as well as orchestras and opera houses around the world. 

As part of its art programme “Muse”, Rolls-Royce partners for the initiative “The Dream Commission” with two internationally esteemed art institutions. Together with Fondation Beyeler and Serpentine Galleries, emerging and established artists are invited to submit a moving-image work that delivers an immersive sensory experience. 

The artists are nominated and chosen by renowned personalities of the art world like Daniel, Birnbaum, Hans Ulrich Obrist, Cao Fei, and Theodora Vischer. 

BMW Group takes absolute creative freedom in all its cultural activities for granted – as this initiative is as essential for producing groundbreaking artistic work as it is for major innovations in a successful business.

Further information: www.bmwgroup.com/culture and www.bmwgroup.com/culture/overview



The BMW Group
With its four brands BMW, MINI, Rolls-Royce and BMW Motorrad, the BMW Group is the world’s leading premium manufacturer of automobiles and motorcycles and also provides premium financial and mobility services. 

The BMW Group production network comprises 31 production and assembly facilities in 15 countries; the company has a global sales network in more than 140 countries.

In 2019, the BMW Group sold over 2,520,000 passenger vehicles and more than 175,000 motorcycles worldwide. The profit before tax in the financial year 2018 was € 9.815 billion on revenues amounting to € 97.480 billion. As of 31 December 2018, the BMW Group had a workforce of 134,682 employees.

The success of the BMW Group has always been based on long-term thinking and responsible action. The company has therefore established ecological and social sustainability throughout the value chain, comprehensive product responsibility and a clear commitment to conserving resources as an integral part of its strategy.

Toyota no Mundo, uma história de sucesso. De teares ao carro mais vendido no mundo, o Corolla




Kiichiro Toyoda

Como muitas outras companhias que construíram sua marca na história, a Toyota foi formada com base em um conjunto de valores e princípios cujas raízes remontam às origens da empresa no Japão. 

A história da Toyota começa no final do século XIX, quando Sakichi Toyoda inventa o primeiro tear elétrico, que revolucionaria a indústria têxtil do país. Em Janeiro de 1918, Sakichi funda a Toyoda Spinning and Weaving Co. Ltd e com a ajuda de seu filho, Kiichiro Toyoda, realiza o sonho de construir o primeiro tear automático, em 1924.
Depois de enfrentar uma séria crise econômica no Japão que o forçou a deixar a empresa, Sakichi se restabelece e cria, dois anos mais tarde, a Toyoda Automatic Loom Works, garantindo a continuidade da família na indústria têxtil daquele País.
Como seu pai, Kiichiro foi um inovador que durante suas visitas a Europa e ao Estados Unidos, na década de 1920, começou a interessar-se profundamente pela então iniciante indústria automotiva. Com os fundos obtidos na venda da patente do tear automático inventado por seu pai, Kiichiro produziu o primeiro protótipo de automóvel e assim estabeleceu os alicerces da Toyota Motor Corporation (TMC), fundada em 1937.


O primeiro Toyota de 1937.
Além da fundação da Toyota Motor Corporation, um dos grandes legados de Kiichiro Toyoda foi ter estabelecido as bases do famoso Sistema de Produção Toyota. Impulsionado pela necessidade de fazer mais com menos, Kiichiro criou a filosofia “just-in-time”, que defende a produção do estritamente necessário, no momento certo e nas quantidades adequadas. 
Este conceito de produção, alinhado à filosofia de respeito às pessoas, transformou-se em um fator chave para o desenvolvimento da companhia. O Sistema de Produção Toyota, com sua ênfase no aperfeiçoamento contínuo e na valorização do comprometimento de seus empregados, é admirado e considerado pela indústria automotiva como um modelo de excelência a ser seguido.



Após enfrentar um período de dificuldades, ocasionado principalmente pelos efeitos da Segunda Guerra Mundial, a Toyota tornou-se, em 1950, a maior fabricante de veículos do Japão, com mais de 40% do mercado. A estratégia de crescimento da Toyota foi impulsionada por sua inserção no mercado internacional, alcançando reconhecimento mundial durante a década de sessenta com a instalação de unidades industriais e centros de desenvolvimento nos Estados Unidos, Canadá e no Reino Unido. Trinta anos mais tarde, em 1980, a Toyota alcançaria a marca de 30 milhões de veículos produzidos em todo o mundo.
Atualmente, a Toyota Motor Corporation é uma das fabricantes de veículos para passageiros e comerciais mais representativas do mundo. Com produção em 28 países e regiões e vendas em mais de 160 países, a empresa é detentora das marcas Toyota, Lexus, Daihatsu e Hino. A Toyota possui ações nas Bolsas de Valores de Tóquio, Nagoya, Osaka, Fukuoka e Sapporo (Japão), Nova Iorque (EUA) e Londres (Reino Unido) e emprega mais de 325.000 colaboradores em todo o mundo.

Toyota avança e cresce 7,8% no mercado e vai entrar na Stoch Car deste ano



Além de encerrar 2019 com alta nos negócios e conseguindo novo recorde de vendas pelo quinto ano consecutivo, a Toyota do Brasil encerrou o ano com 215.718 unidades emplacadas, refletindo uma alta de 7,8% em relação a 2018, obtendo uma resposta significativa aos investimentos que vem fazendo no País. O modelo mais vendido foi o Yaris, compacto premium que chegou ao Brasil em junho de 2018 e vem conquistando seu espaço. 

As carrocerias hatch e sedã somadas do modelo venderam quase 67 mil unidades em 2019. Em seguida, o Corolla, veículo mais vendido do mundo cuja 12ª geração estreou no País em setembro, teve quase 57 mil unidades comercializadas, enquanto a Hilux, líder de seu segmento, emplacou mais de 40 mil unidades.



A grande novidade da marca em 2019 foi a chegada do Novo Corolla, que tem em seu portfólio a inédita versão híbrida flex. Das quase 23 mil unidades comercializadas dessa nova geração no ano passado, cerca de 20% foi da versão híbrida. Com isso, a Toyota se consolidou ainda mais na liderança do segmento de híbridos e elétricos no Brasil, com cerca de 65% de participação.

Em termos de produção, saíram das plantas da Toyota de Indaiatuba e Sorocaba 187.876 carros, 10% a menos do que o ano anterior. Deste volume, 17% foi exportado para os parceiros comerciais da América Latina, ou seja, pouco mais de 31 mil veículos. Atualmente, na lista de destinos do compacto Etios e do sedã médio Corolla estão seis países, enquanto o Yaris brasileiro é vendido na Argentina e Colômbia.

Com o cenário desafiador da América Latina em 2019, a Toyota fechou o ano com 407 mil unidades comercializadas, 7% a menos do que em 2018. Apesar disso, este foi o terceiro melhor ano da empresa na região desde 2012, quando a Toyota iniciou seu processo de regionalização. 


"Nesta década, a Toyota vem construindo um legado de muito esforço e de crescimento sustentável na América Latina, fruto de um trabalho consistente e de união com concessionários, fornecedores e distribuidores. Seguiremos com nosso compromisso de longo prazo na região com foco em um portfólio de produtos atraente, desenvolvimento de pessoas e contribuição com a sociedade", afirma Masahiro Inoue, CEO da Toyota para a América Latina e Caribe.

Ciclo de investimentos consistente
Em 2019, a Toyota iniciou mais um investimento no Brasil de R$ 1 bilhão em seu parque industrial de Sorocaba (SP). A unidade, inaugurada em 2012, que já produz os modelos Etios e Yaris, será responsável pela fabricação de um novo modelo no mercado brasileiro com previsão de comercialização em 2021.

Esse mais recente investimento é mais um na extensa lista de investimentos realizados pela montadora no Brasil. Com ele, a Toyota terá investido nesta década um total de R$ 6,68 bilhões no País.


Desde 2012, a empresa construiu duas fábricas - Sorocaba e Porto Feliz, onde são feitos os motores 1.3L e 1.5L que equipam os modelos Etios e Yaris, e o novíssimo motor 2.0L Dynamic Force, que move a nova geração do Corolla.

A Toyota também já ampliou essas duas unidades fabris, renovou sua unidade de São Bernardo do Campo, a primeira fora do Japão em todo o mundo, modernizou a fábrica de Indaiatuba e construiu um Centro de Distribuição em Suape (PE). Além disso, modernizou a unidade fabril de Indaiatuba para começar a produzir a 12ª segunda geração do Corolla, com significativa atualização tecnológica.


"A Toyota foi uma das montadoras que mais investiu no Brasil nesta década e o fizemos de forma equilibrada, responsável, coerente com nossos valores e alinhados com nossos diferentes stakeholders. É nossa intenção seguir investindo e criando novos postos de trabalho, ao mesmo tempo em que trabalhamos em nossos processos internos e em nossos serviços para sermos cada vez mais competitivos", afirma Rafael Chang, presidente da Toyota do Brasil.

De olho no futuro
O ano de 2020 é fundamental para a Toyota do Brasil dentro do seu plano de oferecer experiências fantásticas aos seus clientes e em sua jornada de transformação para se tornar uma empresa de mobilidade.


Uma das novidades é a chegada da Toyota Gazoo Racing no Brasil, a marca que engloba todas as atividades de esportes a motor da Toyota ao redor do mundo visando herdar a filosofia fundamental da empresa de desenvolver seus recursos humanos por meio do automobilismo e seguir criando veículos cada vez melhores por meio da competitividade.

Stoch Car
A chegada da marca ao País será pela participação na Stock Car, o mais popular campeonato local de automobilismo brasileiro e que reúne os melhores pilotos. Dentre os confirmados até o momento que competirão a bordo do Corolla estão Rubens Barrichello, o argentino Matías Rossi, Ricardo Zonta, Bruno Batista, Bia Figueiredo e Thiago Camilo.


Em mais uma ação inovadora, a Toyota lançou no Brasil o Toyota Mobility Services, uma nova forma de experiência e acessibilidade de seus veículos a diferentes públicos. O serviço pioneiro no País oferecido por uma montadora conta com aluguel de veículos ao público por meio de aplicativo e estações localizadas em concessionárias da marca.

Desde seu lançamento, em setembro de 2019, já são 33 concessionárias participantes e 150 carros disponíveis para aluguel na plataforma. Nesses primeiros meses, foram mais de 25 mil downloads do aplicativo e 7 mil registros, com cerca de 500 aluguéis efetivados. Para 2020, a expectativa é chegar a 60 concessionárias oferecendo o serviço e, ainda no primeiro trimestre, dobrar o número de veículos.


Além disso, ações em celebração ao patrocínio dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Tóquio 2020 também estão no radar da empresa, cuja campanha global "Start your Impossible" é o carro-chefe. A campanha dá ênfase ao compromisso da Toyota de apoiar a criação de uma sociedade mais inclusiva e sustentável, na qual todos possam desafiar seu impossível e ressalta os valores de humildade, trabalho duro, superação de desafios e interminável persistência da empresa.

Uma das iniciativas locais da campanha Start Your Impossible é o patrocínio de dois atletas brasileiros de destaque em suas modalidades: Letícia Bufoni, skatista campeã mundial e quatro vezes campeã do X-Games, e Ricardo Alves, jogador de futebol de 5, esporte destinado para pessoas com deficiência visual, eleito cinco vezes o melhor jogador do Brasil e três vezes o melhor jogador do mundo em sua modalidade.

Letícia e Ricardo foram selecionados por terem histórias marcantes de superação e determinação, valores presentes no DNA da Toyota. O principal objetivo do apoio é transmitir inspiração para clientes e colaboradores, afirmando que é possível quebrar barreiras e atingir metas antes vistas como impossíveis.

Connected Music: The new music streaming offering from BMW.




Munich. The BMW Group has created the perfect platform for seamlessly integrating customers’ music streaming services into their car: Connected Music. This new digital offering allows unrestricted in-car access to customers’ Spotify, Napster or Deezer streaming accounts, complete with their personal playlists and settings. 

Connection is via the car’s own SIM card rather than indirectly using a smartphone, meaning the services do not consume any of the customers’ personal data allowance.

The integration of the services has been optimised for Operating System 7 and tailored to customers’ requirements, with further improvements made to the previous connection. This comprehensive integration ensures using the streaming services in the car is self-explanatory and similarly straightforward as with a smartphone. 

One highlight feature here is the option to use the services via the BMW Intelligent Personal Assistant and request a particular artist, song or album (“Hey BMW, play the track Happy”). Users can also ask for information on the song currently being played, request personal favourites (“Play my favourites”) or (de)select the shuffle function.


To use Connected Music in their BMW, all the customer has to do is log in with their personal premium account. Favourites and playlists from the linked account will then be synchronised automatically, providing direct access to individual playlists and settings. Once a song has been played, Connected Music saves it to the hard drive of the in-car audio system. Users can therefore still access their music if the connection is interrupted.

Connected Music is part of the Connected Package Professional since January 2020, which means it is integrated into vehicles for a period of three years ex-factory. There are no additional data or roaming charges to pay in 14 countries in Europe.

ACESSE TODAS AS POSTAGENS E SAIBA TUDO SOBRE O MUNDO AUTOMOTIVO.