quarta-feira, 30 de junho de 2021

Nova campanha da Jeep® destaca a plataforma Adventure Intelligence conectando o homem à tecnologia. Filme de 2 minutos com Jeep® Renegade mostra como a Adventure Intelligence deixa a aventura mais conectada, transformando o veículo em um gadget sobre rodas




A tecnologia chegou a lugares inimagináveis. Obter informações a distância, como nível de combustível, pressão dos pneus, saúde do veículo e entre outros dados; ter Wi-fi embarcado no carro; enviar comandos remotos pelo celular e ainda contar com um mapa inteligente integrado ao veículo que pode, entre outras funções, cruzar a distância do destino solicitado com a autonomia do carro, indicando a necessidade de reabastecimento e o posto mais próximo. Tudo isso pode até parecer cenas de um filme do futuro, mas já é uma realidade na Jeep®. Estes são trechos da nova campanha da marca, que apresenta a Adventure Intelligence by Jeep Connect, plataforma de conectividade mais completa da categoria que estreou no Jeep Renegade, modelo que estreia a campanha.

A campanha foi criada em parceria com a agência Fbiz e apresenta duas versões de filmes. O vídeo com 30” já está em veiculação e tem abrangência nacional em canais da TV fechada: Multishow, GloboNews, Sportv, Space, TNT, TNT Séries, Warner e Discovery Channel. Agora, a marca lança o filme de 120”, que agrega a estratégia no digital com uma narrativa mais ampla para contar uma história completa e atraente do início ao fim.

“A Adventure Intelligence chega para deixar tudo conectado: o jeepeiro, seu Jeep e a aventura. Este é o propósito da campanha: mostrar a união que há entre os elementos envolvidos, retratar como o homem se funde com a máquina e vice-versa e como se pode viver melhor com esses recursos tecnológicos sendo levados para lugares inimagináveis em meio à natureza, tudo isso aliado ao espírito Jeep”, afirma Frederico Battaglia, diretor de Marketing & Comunicação da Stellantis para a América do Sul.



O filme

ASSISTA O VÍDEO:

https://youtu.be/FR4vi4JEES8

“E se a tecnologia quisesse conhecer a natureza bem de perto, como ela faria? Quem poderia levá-la para esse contato tão próximo? Como uma alma ‘100% online’ poderia sentir o gostinho de ser - por um dia que fosse - um espírito 100% off-road e aventureiro? E só um Jeep, com Adventure Intelligence, poderia ser o vetor dessa conexão. Até porque, mais que um SUV, o Jeep Renegade conectado é um gadget de aventura sobre rodas”, comenta Fabiano Pinel, diretor de Criação da Fbiz, sobre o conceito da campanha.

O filme completo mostra como a Adventure Intelligence deixa a aventura mais conectada, seja antes, durante e depois de entrar no carro. Tudo começa com um personagem perguntando a pressão dos pneus para a sua assistente pessoal. Com apenas um comando de voz, ele obtém a informação. Depois, ele pega a sua mochila de escalada e as chaves do Jeep Renegade e saí com o carro. As luzes da assistente pulsam, reagindo à cena, como se o aparelho quisesse fazer parte daquilo.



Em outro momento a situação se repete. Dessa vez, o homem ativa a assistente com um comando de voz para saber sobre o nível de combustível do veículo. No entanto, ao pegar a chave, ele acaba tocando no aparelho sem querer, ocorre um apagão e algo inesperado acontece. Quando a câmera foca nos olhos do personagem, sua íris está pulsando assim como as luzes da assistente virtual. A tecnologia se conectou com seu corpo, viraram um só e estão prontos para viver uma aventura.

Como se estivesse vendo o mundo pela primeira vez, o rapaz entra no Renegade e dirige e apreciando as paisagens. Durante a passeio, utiliza alguns dos serviços da Adventure Intelligence, como o mapa inteligente para navegação, o Wi-fi embarcado para publicar uma foto nas redes sociais, ativa a função Vehicle Finder no celular para localizar onde deixou o carro, aciona os faróis e buzina remotamente pelo smartphone para iluminar quando já estava de noite.

Ao voltar para casa e tocar novamente na assistente, a cena do apagão se repete. Então a luz pulsa novamente em seus olhos, que voltam ao normal. Sem entender o que aconteceu, ele olha para o Jeep Renegade, o seu companheiro de todas as aventuras, sejam elas na natureza, conectadas ou tecnológicas. O filme mostra apenas algumas das muitas funcionalidades do Adventure Intelligence. 





Acompanhe os canais da Jeep:

Facebook: https://www.facebook.com/jeepdobrasil

Instagram: https://www.instagram.com/jeepdobrasil/

Youtube: www.youtube.com/jeepdobrasil

Jeep Nation: https://jeepnation.jeep.com.br/

Jeep Gear: https://www.jeep-gear.com.br/

Ficha técnica

Título: Adventure Intelligence

Anunciante: Stellantis - Jeep

Produto: Jeep Renegade

Agência: F.biz

Co-CEO: Fernand Alphen

VP Criação: Icaro de Abreu

Diretor de Criação: Fabiano Pinel

ACD: Daniele Rodrigues

Criação: Romulo Caballero, Thiago Monteiro

Conteúdo: Carlos Damazo e Giulia Perrone

RTVC/Artbuyer: Aline Fernandes

Produção Gráfica: Jorge Gaglioni

Arte Final e Sistema: Elton Santos

Planejamento: Sara Silva, Thiago Neves, Guilherme Cipolla, João Roa, Maria Farnettani e Danrley Rosa

CMO: Carolina Buzetto

Mídia: Marcelo Carvalhaes, Larissa Ribeiro, André Guimarães, Wiraquitan Acton, Bianca Silvestrim e Bianca Autieri

Insights/Analytics: Beatrice Mestre, Renata Mora e Paulo Luciano

COO: Juliana Vilhena Nascimento

Negócios: Daniela Lancellotti, Juliana Passini, Renan Rezende, Heloisa Torezan e Christian Esper Produtora: Saigon

Direção: Vellas

Produção Executiva: Marcelo Altschuler, Carol Pessini

Atendimento: Fernanda Gomes, Rafael Costa, Karin Diniz

Coordenação de Produção: Katiucia Soares, Jucilene Almeida, Haiane Basilio

Diretor de Fotografia: Will Etchebehere

Diretor(a) de Arte: Marcelo Reginato, Clara Rocha

Assistente de Direção: Flavio Lanfredi, Lu Camargo

Diretor de Produção: Reinaldo Faria

Figurino: Marina Vieira

Produtora de Casting: Flávia Cocozza

Produtor de Locação: Daniel Fontoura

Produtora de Objetos: Clara Rocha

Montador: Rami D'Aguiar

Finalizador: Fabio Abreu

Coordenação de Pós Produção: Virgini Fares

Color Grading: Bleach Filmes - Sergio Pasqualino

Finalizadora: Nash Production - Cirilo Bonazzi

Produtora de Som: Quiet City Music + Sound

Direção Musical: Chris Jordão

Atendimento Produtora de Som: Xanna D’aguiar, Karina Vadasz e Ivis Silva

Produção Musical: Chris Jordão e Darren Solomon

Finalização: André Melges e Marcos Moretto (Som 3)

Cliente: Frederico Battaglia, Malu Antônio, Paula Salerno, Livia Lira e Renato Mièle



Mercedes-AMG e Cigarette Racing apresentam novo barco de alto desempenho. 41’ Nighthawk AMG Black Series tem 2.250 hp Barco tem inspiração no exclusivo Mercedes-AMG GT Black Series Modelo é a 13º edição especial desenvolvida pela parceria


A Mercedes-AMG e a Cigarette Racing apresentam a edição especial 41’ Nighthawk AMG Black Series, modelo inspirado diretamente no Mercedes-AMG GT Black Series.  Esse é o 13º produto desenvolvido em parceria e que entrega um desempenho superior, design icônico, recursos luxuosos e alta exclusividade como nenhum outro modelo de seu segmento.


O 41' Nighthawk AMG Black Series baseia-se na engenharia avançada da Cigarette, utilizando elementos de ponta, como um design exclusivo de “casco de degraus duplos” para oferecer um desempenho notavelmente superior na água. Um centro de gravidade baixo, que melhora a pilotagem, e o peso total menor, que melhora a velocidade, foram obtidos usando o deck e um design de teto rígido totalmente em fibra de carbono. Além disso, o uso de materiais compostos e de técnicas de construção exclusivas melhoram a integridade estrutural e proporcionam maior conforto de condução mesmo nas condições mais exigentes.


 


O design marcante é o resultado da estreita colaboração entre a equipe de barcos de corrida Cigarette e a equipe de design da Mercedes-AMG e Gorden Wagener, Chief Design Officer do Grupo Daimler. O novo Cigarette 41’ Nighthawk AMG Black Series traduz perfeitamente as filosofias entre as duas empresas, resultando em uma edição especial verdadeiramente única.


 



Alto desempenho na água

 

Como o AMG GT Black Series, este barco também estabelece novos padrões de desempenho em seu segmento. O novo 41' Nighthawk AMG Black Series é o primeiro em sua linha a utilizar cinco motores de popa. Esses cinco motores V8 Mercury Racing 450R de 4,6 litros criam cada um deles 450 hp no pico e são controlados por um avançado sistema de aceleração que permite que apenas duas alavancas sejam usadas para controlar os cinco motores simultaneamente.


 



A produção combinada de 2.250 hp acelera este novo modelo a uma notável velocidade máxima de mais de 90 MPH. Esta é uma conquista muito importante para um barco em seu segmento, que pode acomodar confortavelmente mais de dez pessoas e com luxo excepcional.


 


Design e recursos

 

O exterior nas cores laranja magmabeam e preto desta edição especial é diretamente derivado do AMG GT Black Series, e também oferece elementos laranja (opcionais) em seu interior. O esquema de cores laranja e preto é aprimorado por logotipos AMG pintados na direção da proa do barco em um padrão repetido. Cada um desses logotipos é pintado individualmente - não há adesivos. As peças de acabamento central das capotas do motor também são pintadas em laranja magmabeam, unindo a estética distinta da proa à popa.


 


O layout do Cigarette 41' Nighthawk AMG Black Series traz um console central com o leme e cabine no centro do barco, com a capacidade para caminhar em ambos os lados e uma proa aberta a frente. Parte do que torna o console central do Cigarette Racing Team único é seu design de casco avançado, que incorpora um design de “casco de degraus duplos”, e que torna o barco muito mais eficiente.


 


O interior utiliza principalmente as cores cinza e preto, com detalhes em laranja, combinando com o esquema de cores do exterior. A embarcação também possui o estofamento exclusivo Cigarette Cool, que dissipa o calor para que as cores escuras permaneçam confortáveis, mesmo quando expostas ao sol e ao calor constante.


 


Há um lounge em forma de “L” na parte traseira do barco e assentos em forma de “U” na proa. Esse layout cria um barco que é notavelmente esportivo e ágil e ainda oferece o tipo de entretenimento e luxo que aumenta sua capacidade de navegar com conforto.


 


O leme possui três visores multifuncionais Garmin 8617 embutidos em um painel de instrumentos cortado por CNC de um bloco sólido de alumínio. Este painel de instrumentos com revestimento protetor é resistente ao calor, reflexos e impressões digitais, enquanto a área do painel é exclusivamente iluminada por iluminação de LED RGB, criando a ilusão de que o painel está flutuando.

 

O 41' Nighthawk AMG Black Series também impressiona com sua interface de comando avançado. O controle dos recursos da embarcação é realizado por meio de um sofisticado sistema de comandos digitais. Este sistema oferece controle simples de todos os sistemas a bordo, influenciando o desempenho. Ao reduzir a quantidade e tipos de cabos, o peso total é reduzido, trazendo uma melhor performance. O sistema de bateria de íons de lítio também auxilia nessa redução de peso, proporcionando alta densidade de energia, melhor durabilidade e menor manutenção.

 

Equilibrando desempenho com comodidades impressionantes, o 41' Nighthawk AMG Edition também oferece muitas opções de conforto, como um sistema Audio Marine de alta potência, um sistema de iluminação avançado e um propulsor de proa. Monitores multifuncionais Garmin adicionais estão localizados no assento traseiro e na proa, proporcionando aos hóspedes fácil acesso ao sistema digital de controle da iluminação, som estéreo, além de apresentação de gráficos e outras comodidades. Carregado com a tecnologia mais recente, o 41' Nighthawk AMG Black Series é tão luxuoso quanto emocionante de pilotar.



 

Alta performance no asfalto

 

Como modelo de inspiração para o novo barco, o Mercedes-AMG GT Black Series cria suas próprias ondas no que diz respeito a alto desempenho. O modelo é equipado com o motor de produção AMG V8 mais potente da história, um design derivado diretamente dos atuais modelos de corrida AMG GT3 e aerodinâmica sofisticada, incorporando a origem da marca no automobilismo de competição.


 


Colaboração entre Mercedes-AMG e Cigarette Racing

 

A Mercedes-AMG e a Cigarette Racing começaram sua colaboração em 2007, principalmente para organizar atividades conjuntas de clientes e marketing. Seja na água ou em terra, as marcas estão unidas pelo foco em oferecer o melhor em desempenho. Os dois modelos de edição especial para água e estrada compartilham a mesma interpretação do Performance Luxury - a estética da marca que foi definida para a Mercedes-AMG. Isso os transforma em uma combinação óptica e tecnológica perfeita.

 

Nova opção para dirigir o 100% elétrico Nissan LEAF: Nissan faz parceria com o serviço de compartilhamento de elétricos vec Itaú Marca japonesa cederá seu sucesso mundial para a solução em mobilidade urbana que vai ter desbloqueio de carros pelo celular


 
Rio de Janeiro – Como mais um passo dentro do seu projeto de eletrificação no Brasil a Nissan vai apoiar o serviço de compartilhamento de veículos elétricos vec Itaú. A marca japonesa já comercializa no país o ícone mundial da eletrificação, o Nissan LEAF, mas busca ir além, desenvolvendo esta nova cultura de mobilidade em solo nacional por meio de ações e projetos que incentivem o uso e apoiem o estudo da tecnologia e de soluções ligadas aos automóveis elétricos, por isso, considera uma proposta positiva esta solução de mobilidade urbana do Itaú Unibanco.

A Nissan vai participar do projeto, que está em fase piloto com colaboradores do banco e tem expectativa de ser ampliado e contar com mais veículos e estações disponíveis a partir do segundo semestre de 2021, exatamente com seu carro 100% elétrico, o Nissan LEAF. Desta forma, mais pessoas poderão conhecer e experimentar a revolução dos automóveis elétricos conduzindo um modelo que já tem mais de 500 mil unidades vendidas em todo o mundo.

Assim como já acontece com o consolidado serviço Bike Itaú, a nova solução em mobilidade urbana do vec Itaú permitirá que usuários desbloqueiem os carros em estações diretamente pelo celular, podendo devolvê-los na mesma ou em outra estação de carregamento.

"Esta parceria é mais um passo de nosso projeto de eletrificação no Brasil. Começamos em 2012 com um projeto piloto com uma frota experimental de táxis no Rio e em São Paulo até evoluirmos para o início da comercialização da nova geração do Nissan LEAF em 2019. Como a melhor maneira de entender e desmistificar mitos do carro elétrico é usando ele no dia a dia, buscamos sempre oportunidades para permitir que mais brasileiros experimentem o nosso Nissan LEAF", explica Tiago Castro, Diretor Sênior de Vendas e Marketing da Nissan do Brasil.

"Com o avanço do vec Itaú, estamos colocando nossa expertise financeira a serviço das pessoas. Para viabilizar o serviço, estamos utilizando modelos de negócio em que contamos com parcerias estratégicas com empresas especializadas em diferentes vertentes do ecossistema de mobilidade, como montadoras e locadoras, além de empresas de energia e de tecnologia, com o objetivo de oferecer a melhor experiência de locomoção para as pessoas. Neste contexto, é com muita alegria que vemos a chegada da Nissan para impulsionar ainda mais o conceito de compartilhamento de veículos elétricos no Brasil", afirma Rodnei Bernardino de Souza, diretor do Itaú Unibanco.

Ciclo de Vida Completo

A Nissan busca incentivar a difusão, as pesquisas e o desenvolvimento do ciclo de vida completo do carro elétrico no Brasil. Tanto que vem desenvolvendo parcerias locais para o estudo, a viabilidade e a criação de tecnologias e infraestrutura com foco na mobilidade elétrica. No campo da desmistificação dos mitos sobre a mobilidade elétrica, em novembro de 2020, a empresa japonesa e a locadora Movida fecharam uma parceria para disponibilizar o Nissan LEAF para o aluguel tanto para clientes pessoa física quanto jurídica, desde o aluguel eventual até o de longo prazo.

Na área da pesquisa e democratização do conhecimento, desde 2018, por exemplo, a fabricante de veículos tem uma parceria com a Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), com o objetivo de estudar soluções para o futuro das baterias usadas de veículos elétricos. No projeto mais recente desta parceria, estão sendo testadas baterias de segunda vida do Nissan LEAF para armazenar energia de postes de luz equipados com painel solar fotovoltaico. Eles são alimentados por uma combinação de painéis solares no topo e baterias do veículo elétrico na base.

Já uma parceria com o Parque Tecnológico de Itaipu (PTI) e o Instituto de Tecnologia Aplicada e Inovação (ITAI) tem como foco o desenvolvimento nacional de carregadores bidirecionais para veículos elétricos. Esses carregadores criam um novo ecossistema fazendo com que os carros funcionem como uma solução para compartilhamento de energia com a casa do consumidor, edifícios comerciais e a rede. A Nissan também desenvolve estudos com o Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares (IPEN) para o desenvolvimento tecnológico do uso do bioetanol para veículos movidos à Célula de Combustível.

Nissan LEAF

O modelo 100% elétrico da Nissan já tem mais de 500 mil unidades vendidas em todo o mundo. A atual geração, a segunda do modelo, é comercializada no Brasil desde 2019. Seguindo o conceito da visão Nissan Intelligent Mobility, e graças à excelente autonomia e a sistemas inovadores, o Nissan LEAF fortalece o sucesso da Nissan em veículos elétricos e promove a expansão do segmento globalmente. O modelo é produzido em três países, de três continentes diferentes, e é comercializado em mais de 50 mercados pelo mundo.

O Nissan LEAF está equipado com um conjunto de tecnologias avançadas. Ele conta, por exemplo, com o inovador e-Pedal, que permite o condutor simplificar movimentos na hora de acelerar, desacelerar e parar o carro, pois pode utilizar somente o pedal do acelerador para todas essas ações – algo revolucionário e que representa uma nova maneira de dirigir.

Com um moderno e-powertrain, o Nissan LEAF oferece grande eficiência energética por meio baterias de íon-lítio de 40 kWh. O conjunto oferece um desempenho estimulante ao entregar potência equivalente a 149 cavalos (110 kW) e torque de 32,6 kgfm (26% maior). É desempenho com emissão zero.

Tudo isso com uma economia significativa com recarga/abastecimento. Em um levantamento da Nissan do Brasil com dados médios de mercado para o custo do litro de gasolina e do quilowatt-hora (kWh), a redução de custos de recarga/abastecimento pode chegar a 75% ao se rodar com um Nissan LEAF em comparação com um automóvel de tamanho similar com motor a combustão.

Já para assegurar a segurança dos ocupantes, o modelo vem com o Nissan Intelligent Safety Shield. Esse "escudo inteligente de segurança" integra sistemas como: Alerta Inteligente de Mudança de Faixa, Sistema Inteligente de Prevenção de Mudança de Faixa, Assistente Inteligente de Frenagem de Emergência, Controle Inteligente de Velocidade, Sistema de Advertência de Ponto Cego, Visão 360° Inteligente com Detector de Movimento, Alerta Inteligente de Atenção do Motorista, Sistema de Monitoramento de Pressão dos Pneus e Alerta de Tráfego Cruzado Traseiro.

 

Mercedes-Benz amplia digitalização em sua principal unidade de automóveis na Alemanha. Local será campus central da marca para o desenvolvimento do futuro sistema operacional MB.OS. Responsável pela fabricação dos veículos de luxo para rede global, a fábrica é o centro de competência líder mundial em segurança, inovação e design



Com o intuito de acelerar a transformação digital, a Mercedes-Benz AG planeja contratar cerca de 1.000 desenvolvedores de software para fazer de Sindelfingen, na Alemanha, o campus central para o desenvolvimento do futuro sistema operacional MB.OS em conjunto com as atividades globais de pesquisa e desenvolvimento da marca.

 

A Mercedes-Benz em Sindelfingen é uma das fábricas de veículos mais tradicionais da Daimler AG e é responsável pela fabricação de veículos de alto luxo para todos os mercados. O local também é considerado o centro de competência líder mundial em segurança, inovação e design.

 

O acordo fortalece o papel de Sindelfingen como um centro de desenvolvimento e qualificação para especialistas na área de software no já existente Centro de Tecnologia da Mercedes-Benz. Isso trará mudanças nos perfis de trabalho a médio prazo e os funcionários atuais receberão ofertas direcionadas às medidas de qualificação por sua própria Tech Academy. Essas oportunidades de treinamento voltadas para o futuro proporcionam aos funcionários uma oportunidade de participar ativamente e avançar na transformação para uma empresa orientada ao software.

 

Digitalização abre caminho para uma nova era de mobilidade

 

A empresa segue uma abordagem holística no campo de software para veículos, que varia de pesquisa básica e desenvolvimento para codificação de escopos do sistema. Além disso, a localização é consistente, expandindo sua já ampla experiência no campo da eletricidade e software como um futuro campus para o desenvolvimento do Sistema Operacional Mercedes-Benz (MB.OS).

 

O futuro “Mercedes-Benz Electric Software Hub” desempenha um papel principal como um integrado centro de competência para acionamentos elétricos, eletrificados e digitalização. Isso oferece uma obra de última geração em uma área de aproximadamente 65.000 m² e está programado para entrar em operação no início de 2022.

 

A introdução do MBUX (Mercedes-Benz User Experience) revolucionou a operação intuitiva do automóvel. Os pontos fortes do sistema incluem componentes de hardware inovadores, como chips de alto desempenho, telas de alta resolução e software adaptável que permite funções e serviços personalizáveis. A próxima etapa para evolução do sistema é uma arquitetura de computação holística especialmente desenvolvida no "MB.OS" (Mercedes-Benz Sistema operacional).  Assim como com o trem de força elétrico e a tecnologia da bateria, também é importante estar no controle do software e da eletrônica dos produtos nesta área. Isso contempla em particular as áreas premium e de luxo, nas quais os clientes querem se destacar e procuram algo especial.

 

As equipes globais de especialistas estão trabalhando de forma consistente para trazer seus próprios dados, com suporte e flexibilidade do sistema operacional Mercedes-Benz. Trabalhando, assim, para colocar o veículo na rede de forma inteligente com a nuvem e o mundo IoT (Internet das Coisas). Este domínio é uma base importante para reagir ainda mais rápido e de forma mais flexível para as necessidades do cliente de serviços digitais e recursos dos produtos durante o ciclo de vida.

 

A empresa planeja gerar cerca de € 1 bilhão de EBIT com serviços digitais até 2025. Dessa forma, a Mercedes-Benz está sustentando sua reivindicação de liderança na área de software de veículos, além de reforçar seu trabalho consistente com elétricos, tendo a descarbonização como objetivo.

terça-feira, 29 de junho de 2021

Story afinando sons na Renault. Episódio 2 - a voz dos veículos elétricos

 


Desde o início do desenvolvimento dos primeiros modelos elétricos da Renault, foi feita uma série de perguntas inéditas e fascinantes sobre o silêncio tão característico do funcionamento deste tipo de motorização. Como alertar os pedestres sobre a aproximação de um veículo cujo motor não emite quase nenhum ruído? Como produzir um som de alerta ao mesmo eficiente e agradável? Como criar um design sonoro característico ao mesmo tempo dos carros elétricos e da marca? Laurent Worms, responsável pela experiência sonora do cliente no Renault Group, nos conta como é o processo de criação de um tipo de som chamado VSP (Vehicle Sound for Pedestrians ou sons de veículo para pedestres). E para explorar as vozes dos veículos elétricos do futuro, é necessário fazer uma visita a um parceiro histórico do Renault Group, o IRCAM (Instituto de Pesquisa e Coordenação de Acústica e Música)!


Pode parecer um paradoxo agregar um som a um veículo elétrico que é silencioso por natureza e, portanto, virtuoso do ponto de vista do ambiente sonoro. Entretanto, isso é necessário por razões de segurança. Sem um som de alerta externo, os pedestres não ouviriam um veículo elétrico se aproximando em baixa velocidade. Os condutores também sentem a necessidade de serem ouvidos em qualquer circunstância, principalmente na cidade. Batizado de VSP (Vehicle Sound for Pedestrians ou sons de veículo para pedestres), este alerta é obrigatório nos veículos elétricos, fazendo parte dos  parâmetros de desenvolvimento. Se “alertar tranquilizando” é a prioridade, os desafios do design sonoro abrem muitas outras oportunidades e caminhos fascinantes.

“O que mais chama a atenção quando você está dentro de um carro elétrico é o silêncio. Por isso, precisamos dar uma voz para este silêncio”, conta Laurent Worms, responsável pela Experiência Sonora do Cliente, Renault Group

O som do silêncio

Desde os primeiros carros-conceito elétricos, a Renault assumiu um protagonismo como pioneira do desenvolvimento de um VSP específico. A concretização aconteceu em 2012, com a versão de produção em série do ZOE, cujo som de alerta deveria significar “sou elétrico, sou vanguardista, sou um Renault”. Porém, era preciso um som que também fosse associado à Renault e aos seus valores, com foco no ser humano; um som característico, para ser posteriormente utilizado em outros modelos elétricos Renault. “A ideia é, sim, alertar os pedestres, mas sem provocar medo! E ainda por cima associando positivamente este alerta ao carro elétrico e à marca Renault”, explica Laurent Worms.

Hoje a Renault está preparando uma nova geração de modelos elétricos, que serão principalmente derivados dos show cars Megane eVision e R5 Prototype, dando continuidade a uma história e inventando para eles o som externo do amanhã. Um som desenvolvido, assim como foram os primeiros, nos estúdios e os laboratórios desprovidos de ruídos da equipe de pesquisa de Percepção e Design Sonoro (PDS) do IRCAM em Paris. 

Partitura bem transcrita, instrumentos bem afinados

Isso porque o design sonoro é um trabalho de equipe. Ele exige visão e tecnicidade, paciência e atenção aos detalhes, associando várias áreas do Renault Group como Produto, Design e Engenharia. Ele também mobiliza parceiros e especialistas externos na criação de um VSP. A parceria entre o Renault Group e a IRCAM começou em 1994, bem antes de a Renault escolher a motorização elétrica para o futuro do automóvel. Parece que esta relação histórica até já deu origem a vocações: Laurent Worms e outros colaboradores deram seus primeiros passos no IRCAM, antes de ingressar na Renault para trabalhar com acústica aplicada.

“Tenho a função de dar um norte. Eu me baseio em um grande acervo de feedbacks dos nossos clientes e nas tendências atuais para elaborar as especificações do projeto de sons, com uma descrição dos ambientes e evocações esperadas, em linha com o DNA da marca”, conta Laurent Worms.

Para os sons dos futuros modelos elétricos da Renault, era preciso evoluir mantendo uma relação com as produções anteriores. O IRCAM tem um know-how em pesquisa básica, acústica, música e som bastante valorizado para este tipo de aplicação industrial e sua série de limitações. Sob a batuta de Nicolas Misdariis, diretor de Pesquisa e responsável pelas equipes de PDS, e Andrea Cera, compositor e designer de sons que já trabalha com as equipes de PDS há vários anos inclusive em relação às questões associadas ao design sonoro veicular, o trabalho podia começar.

A primeira etapa de um projeto dessa amplitude consiste em compreender as necessidades industriais do ponto de vista técnico e ergonômico, mas também funcional ou de identidade da marca. Em outras palavras, responder à pergunta: qual é a personalidade necessária e desejada para o som exterior?

O trabalho de transmissão desses dados iniciais é feito em sessões de briefing das diferentes dimensões, baseado em palavras, imagens e até mesmo referências sonoras ou ruídos, que servem de matéria-prima para expressar, cada um à sua maneira, as evocações e emoções que são o foco no trabalho de concepção sonora que será feito.

“Este trabalho faz parte de uma longa história de parceria e se beneficia de retornos sobre a experiência e de usos de mais de dez anos, que permite definir e consolidar conceitos fortes como a intrusão. O objetivo é responder a uma necessidade essencial em termos de ambiente sonoro: tornar o som o menos intrusivo possível dentro do veículo, para maior discrição e conforto”, explica Nicolas Misdariis.

Depois, é preciso converter as intenções expressadas em materiais sonoros por meio de instrumentos e sons reais (gravados) ou sons sintetizados por computador, com a aplicação de regras fundamentais de harmonia. Por exemplo, sabemos que um acorde maior ou consonante criará – melhor do que qualquer outro – uma sensação de tranquilidade ou alegria… Inversamente, mesmo que seja leve, uma dissonância nesse tipo de acorde vai imediatamente provocar uma tensão… Colocar em estado alerta! Uma dualidade bastante interessante para um som como um VSP.

O designer sonoro trabalha com estes materiais sonoros combinando-os harmoniosamente. Já os ritmos e modulações oferecem um dos componentes fundamentais do VSP que é a interatividade sonora, adaptando-se aos movimentos do carro e contribuindo para criar um som característico, vivo, único e dinâmico.

Uma orquestra bem regida

Após as etapas de pesquisa, várias direções ou proposições são delineadas. Neste estágio, aparecem perguntas e até mesmo dúvidas. Todos correm o risco de construir sua apreciação com base em seus próprios gostos. Este é o primeiro perigo. Outra armadilha é querer conciliar todas as opiniões… inevitavelmente inconciliáveis. O papel do gestor responsável pela experiência sonora do cliente também é assegurar a coerência definida no início do projeto e em equipe, para defendê-la durante todo o projeto. E na hora de decidir, é fundamental que assumir o caráter forte e até mesmo divisivo do som escolhido para expressar a identidade. Este é um pré-requisito para um som diferenciador, capaz de perdurar no tempo. É esta a abordagem adotada pela Renault.

A palavra final fica a cargo de Laurent Worms: “Meu sonho é que a assinatura sonora dos futuros carros elétricos da Renault remeta a uma emoção semelhante à marca deixada por um perfume sedutor, contribuindo para um melhor ambiente sonoro para nossas cidades do amanhã.”

Desejamos tudo de melhor às equipes responsáveis pelo desenvolvimento deste novo som, que conheceremos em breve no novo Megane E-TECH Electric!

BOX #1

Laurent WORMS: especialista em áudio e músico bem-sucedido

Laurent é apaixonado pelo design sonoro e novas tecnologias de áudio. Por trás do engenheiro e especialista com diploma de estudos avançados (DEA) em acústica aplicada à música pelo IRCAM, se esconde um músico que toca vários instrumentos. Quando surge uma oportunidade, Laurent canta e toca guitarra com uma banda cover de pop/rock, que se apresenta em shows. Laurent também compõe música computadorizada, combinando tecnologias analógicas e digitais. Isso é o que se pode chamar de harmonizar o som tanto em nome da paixão como da profissão. 

BOX #2

Renault Group e a IRCAM: mais de um quarto de século de parceria

Fundado por Pierre Boulez, o IRCAM (Instituto de Pesquisa e Coordenação de Acústica e Música) é associado ao Centre Pompidou sob a tutela do Ministério da Cultura da França. Desde sua criação, em 1977, o IRCAM tem a missão fundamental de fomentar a interação entre pesquisa científica, desenvolvimento tecnológico e criação musical contemporânea. Esta articulação constitui o principal eixo estruturante de todas suas atividades, materializada em seu laboratório STMS que, por meio de sete equipes de pesquisa, desenvolve diferentes componentes de ciência e tecnologia da música e do som. 

Para o Renault Group, o IRCAM tem trabalhado desde 1994 em temas que variam desde a qualidade sonora de motores e alertas sonoros até a sonorização da cabine e assinatura externa dos veículos.  Mais recentemente, o IRCAM e principalmente Andrea Cera e Nicolas Misdariis atuaram sucessivamente nos projetos de pesquisa sonora associados ao Renault ZOE e aos carros-conceito DeZir, Frendzy, Twin Z, TreZor e SYMBIOZ.

Jeep® produz seu primeiro filme publicitário dentro de um jogo e promove Jeep Game Xperience com clientes no Cidade Alta. O vídeo foi 100% filmado dentro do game. - A marca conta agora com uma representação de concessionária também no mundo virtual. - Jeep Game Xperience será apresentado pela influenciadora Nyvi Estephan


Um Jeep® é capaz de explorar muitos terrenos, seja no asfalto, na terra ou na lama, e agora ele pode fazer tudo isso no mundo virtual também. A marca acaba de chegar ao Cidade Alta, o maior servidor brasileiro virtual de RP (“roleplaying”). Lá, a Jeep apresenta o Novo Compass, inaugura uma concessionária e também gravou um filme publicitário, algo totalmente inédito para a marca. E não para por aí: nesta terça-feira (29 de junho), às 19h, acontecerá o primeiro Jeep Experience virtual: o Jeep Game Xperience. O evento online terá o comando da apresentadora gamer Nyvi Estephan, eleita a maior apresentadora de eSports da América Latina e terceira melhor do mundo, com transmissão ao vivo.

“Como um verdadeiro companheiro para qualquer tipo de aventura, um Jeep é capaz de andar por lugares inimagináveis e explorar diferentes tipos de territórios. Por que não no mundo virtual de um game? Sabemos que este é um universo que está conquistando cada vez mais fãs, assim como a nossa marca. Independentemente se for em uma trilha ou nas cidades, no mundo virtual ou real, a Jeep sempre levará seu espírito, baseado em aventura, liberdade, autenticidade e paixão, por onde for”, afirma Malu Antonio, gerente de Marketing e Comunicação da Stellantis para a região da América do Sul.

Assim, o Cidade Alta é o mais novo território conquistado pelos jeepeiros. O game queridinho de milhares de brasileiros conta com mais de 2 mil membros que, seguindo as regras e leis do jogo, podem assumir o papel dos personagens que quiserem, além de vivenciar diferentes experiências sociais sob as regras de “roleplaying” determinadas pelos criadores do servidor. Neste ambiente, a Jeep criou uma concessionária como na vida real, com vendedores, carros expostos e toda a identidade visual da marca. Os gamers ainda podem fazer um test-drive no recém-lançado Novo Compass ou até mesmo garantir um novo look na Jeep Gear, loja de produtos oficiais da marca.




A ação foi criada pela Fbiz com o objetivo de ser uma extensão do lançamento do Novo Compass, o SUV mais tecnológico fabricado no Brasil. Os jeepeiros já podem garantir o modelo fisicamente nas mais de 200 concessionárias da Rede Jeep distribuídas pelo Brasil. O projeto contou também com o apoio da Druid e Outplay, empresa especializada em gestão de assets gamers, para colocar a ação de pé.




O filme
Para engajar ainda mais a ação, a Jeep traz um vídeo 100% filmado dentro do jogo, algo totalmente inédito na indústria. A marca é a primeira do setor automotivo a realizar uma ativação no game. Além disso, também foram produzidas peças da campanha do Novo Compass dentro do Cidade Alta.

"Essa criação também traz algo inédito para a indústria automotiva. Além da ativação da transmissão ao vivo reunindo influenciadores, clientes e jogadores, filmamos o primeiro comercial de carro dentro de um jogo" comenta Icaro de Abreu, Vice-presidente de criação da Fbiz.

Até mesmo a produção do filme para convidar os clientes a fazerem parte do Jeep Game Xperience se assemelha a de uma gravação no ambiente presencial. Para captar as imagens, foi necessário criar um avatar de cada profissional envolvido, seja o filmmaker, o produtor, o diretor, o editor, o ator e o vendedor da concessionária.

O filme tem 120” e será postado nas redes sociais da Jeep. A história se passa durante um test-drive, em que o motorista está acompanhado de um vendedor conhecendo os destaques do Novo Compass, mais exatamente a versão Série S na nova cor Cinza Sting, igualzinho ao carro que foi mostrado no evento de lançamento. Durante o trajeto, os personagens começam a viver fortes emoções, como serem perseguidos por um monstro, fugirem de um cruzamento com uma linha de trem e saltarem de um avião em movimento.



Jeep Game Xperience
O Jeep Experience é conhecido por levar para os clientes a vivência e experimentação autêntica da marca. O evento já passou por diversos lugares do Brasil e agora chega ao mundo on-line gamer do Cidade Alta. A experimentação virtual tem todas as características da presencial, com direito a test-drive, trilha e até a um estúdio de tatuagem para os participantes poderem marcar a pele durante o jogo.

Inicialmente, Nyvi Estephan mostrará algumas das funcionalidades do Novo Compass. Depois, a bordo do modelo e em comboio, os jogadores sairão da concessionária virtual e farão uma trilha, com paisagens incríveis e até uma pausa para admirar a vista em um mirante.

Para quem não conseguir participar do evento, já que o servidor conta com acessos limitados, haverá um streaming (live) da ação, que será simultaneamente gravado e retransmitido em tempo real no canal do YouTube da Jeep e do Facebook Gaming da Nyvi.

Durante o percurso, a apresentadora irá interagir com os jogadores e ainda vai falar sobre o universo Jeep: APP Jeep Trilhas, Jeep Nation, Jeep Gear, além de testar o Novo Compass numa pista off-road.

A concessionária Jeep e o Novo Compass continuarão presentes no Cidade Alta até o fim de julho para que mais gamers possam viver a experiência.



Ficha Técnica
Título: Jeep Game Xperience

Anunciante: Stellantis

Produto: Novo Compass

Agência: F.biz

co-CEO: Fernand Alphen e Paulo Loeb

VP de Criação: Icaro de Abreu

Diretores de Criação: Fabiano Pinel

Head de Estratégia Criativa: Livia Lanzoni

Criação: Allan Alonso, Celso Torres e Lucas Meirelles

Conteúdo: Carlos Damazo e Giulia Perrone

RTVC Angelo Pende e Eriana Simões

Planejamento: Sara Silva, Thiago Neves, Guilherme Cipolla, João Roa, Maria Farnettani, Danrley Rosa, Paulo Luciano, Beatrice Mestre, Renata Mora

CMO: Carolina Buzetto

Mídia: Marcelo Carvalhaes, Larissa Ribeiro, André Guimarães, Wiraquitan Acton, Bianca Silvestrim, Bianca Autieri e Luiza Hachul

Parceria (Projeto Especial)

COO: Juliana Vilhena Nascimento

Negócios: Daniela Lancellotti, Mariana Demarche, Bruno Giorgetto, Thaís Fontenelle, Renata Caderno e Guilherme Paiva.

Cidade Alta/Desenvolvimento: Outplay

Produtora: Boson

Direção: Tango

Direção de Fotografia Bruno Franca

Produção Executiva: Ezany Brandão

Atendimento Produtora: Camila Ferraz

Direção de Arte: Allan Alonso

Montagem e Edição: Ortiz de Zarate

Diretor de Pós - Produção: Eduardo Brandão

Coordenador de Pós - Produção: Carlos Fernandes

Finalizador: Daniela Mello

Motion Designer: Lucas Macauba

Colorista: Junior Xis

Artista de Composição: Henrique Pacci

Finish Operator: Marcus Vinicius

Produtora de Som: Satélite Áudio

Direção e Produção Musical: Kito Siqueira, Roberto Coelho, Hurso Ambrifi e Thiago Colli

Produção Musical: Mike Vlcek, Charly Coombes, Koitty e Helton Oliveira.

Finalização: Carla Córnea, Ian Sierra, Renan Marques e Vithor Moraes

Atendimento: Fernanda Costa, Carol Araújo e Renata Schincariol

Coordenação de produção: Ana Cordeiro, Larissa Costa, Débora Mell e Giuliana Mendonça.

Cliente: Frederico Battaglia, Maria Lúcia Antônio, Paula Salerno, Renato Miele e Lívia Lira.



Itapemirim volta a voar com menos passageiros a bordo, refeições a bordo e despacho de bagagem gratuitos. Aumenta a concorrência no setor aéreo


A Itapemirim Transportes Aéreos está de volta aos céus brasileiros. A companhia realizou, hoje (29/6/21) seu voo inaugural entre o aeroporto de Guarulhos (SP) e o de Brasília (DF) e pelas declarações de seus dirigentes, vem para conquistar seu espaço baseada em ofertas que as demais companhias deixaram de proporcionar a seus passageiros há muito tempo: despacho de bagagens e marcação de assentos grátis, a redução da quantidade de passageiros a bordo, no cumprimento de distanciamento defendido pelas autoridades sanitárias diante da pandemia de covid-19, e fornecimento de refeições gratuitas.

A agenda de voos inaugurais para diversas cidades é a seguinte: 

1º/07 Belo Horizonte (Aeroporto de Confins) Porto Alegre (RS) Porto Seguro (BA) Rio de Janeiro (Aeroporto do Galeão) Salvador (BA) 03/07 Curitiba (PR)

1º/08 Florianópolis (SC) Fortaleza (CE) Maceió (AL) Natal (RN) Recife (PE) 

1º/09 Vitória (ES) São Luís (MA) Aracaju (SE) Goiânia (GO) Ribeirão Preto (SP)

1º/10 Belém (PA) 

1º/11 Manaus (AM) Santarém (PA) 

1º/12 Foz do Iguaçu (PR).

Com forte participação no transporte terrestre através da Viação Itapemirim, a Itapemirim Transportes Aéreos promete trazer forte concorrência ao setor aéreo.


Chevrolet aguça a curiosidade dos fãs e revela apenas o esboço de sua nova picape que se chamará Nova Montana, que Carlos Zarlenga, presidente da GM América do Sul, apresenta em vídeo - link no texto

 


São Caetano do Sul – A futura picape da Chevrolet já tem nome confirmado: Nova Montana. O modelo está em desenvolvimento ao mesmo tempo em que a fábrica de São Caetano do Sul inicia a primeira etapa de preparação. O produto é parte integrante dos R$ 10 bilhões que a GM investe no país. Veja vídeo aqui.

“A GM acredita no Brasil e por isso estamos retomando os nossos investimentos no País, mesmo em meio à pandemia. A fábrica de São Caetano do Sul irá receber novos robôs e ferramentais com conceitos inovadores de manufatura, contando inclusive com equipamentos sem precedentes na América do Sul para garantir resultados excelentes em segurança, qualidade e sustentabilidade”, comenta Carlos Zarlenga, presidente da GM América do Sul.

A Nova Montana irá estrear um conceito inédito de picape para a marca, que colocará o produto em um outro patamar, o se traduz para o consumidor em um automóvel de diferentes dimensões e muito mais evoluído do ponto de vista arquitetônico, com melhor dinâmica, eficiência e conteúdo. Um esboço do projeto está sendo mostrado pela primeira vez ao mundo.

A Nova Montana será o próximo integrante da nova família de veículos globais da Chevrolet, já composta pelas atuais gerações de Onix, Onix Plus e Tracker – todos referência em suas respectivas categorias.

O futuro produto irá complementar a linha de picapes Chevrolet na região, ampliando a presença da marca no segmento e contribuindo ainda para o fortalecimento de outros produtos estratégicos para a empresa no mercado, como a S10.

Escolha do nome

A Chevrolet tem uma forte reputação global no segmento de picapes com modelos icônicos e reconhecidos principalmente pela sua confiabilidade e poder de inovação. No Brasil, a marca foi pioneira em vários aspectos e vem ditando tendências.

Isso desde a questão produtiva, com seus processos de nacionalização, até o fato de ter estabelecido inúmeras soluções, como a cabine dupla, que se tornou preferência nos dias de hoje. Isto porque a Chevrolet sempre visou diversificar seu portfólio para antecipar as transformações do mercado.

“A Nova Montana irá unir um nome já consagrado de picape com um veículo de proporções inéditas que chegará repleto de inovações, especialmente concebida para atender as atuais preferências do consumidor”, explica Hermann Mahnke, diretor-executivo de Marketing da GM América do Sul.

Link do vídeo

https://youtu.be/if3woFWFouc

Sobre a Chevrolet

Fundada em 1911, em Detroit, a Chevrolet é uma das maiores marcas de veículos do mundo, com negócios em 79 países e vendas de mais de 3.2 milhões de veículos em 2020. A Chevrolet oferece um amplo portfólio que inclui veículos elétricos e a combustão de alta eficiência energética com desempenho envolvente, design inovador, equipamentos de segurança passivas e ativas além de tecnologias práticas. 

Mais informações a respeito dos modelos Chevrolet podem ser encontradas nos sites www.chevrolet.com.br e media.gm.com/brasil e no perfil do Twitter: www.twitter.com/GMBPress


Júlio Campos e Léo Torres seguem na liderança da GT Sprint Race 2021. Com o quinto lugar na primeira corrida e a vitória na segunda, que aconteceram neste domingo (27) em Interlagos, a dupla curitibana mantém posicionamento na classificação da temporada.




São Paulo, SP – Na terceira etapa do campeonato 2021 da GT Sprint Race, realizado neste fim de semana (25 a 27 de junho), no Autódromo José Carlos Pace, em Interlagos, Julio Campos e Léo Torres do GTSR#04 se mantiveram na liderança da competição, pela classe PRO, com 79 pontos. Os curitibanos, integrantes da GT Sprint Squad, ficaram em quinto lugar na primeira corrida e venceram a segunda corrida deste domingo, 27, e a soma das pontuações conquistadas no evento colocou a dupla no mais alto lugar do pódio.

“Foi uma etapa bem difícil, por estarmos correndo com peso extra. Além disso, estávamos com um problema de freio que bloqueava as rodas e atrapalhou meu desempenho, sofrendo entre a quinta e quarta posições. Mas o Júlio foi extremamente bem. Foi uma briga limpa, legal e, com isso, seguimos na liderança”, pontua Léo Torres, que pilotou o GTSR#04 na primeira corrida.

"Descobrimos o problema do freio pouco antes do Léo entrar na pista e por isso decidimos, em equipe, por trocar o sistema de pastilhas e disco, por segurança. A estratégia deu certo. Nas primeiras voltas, eu acalmei os freios e, a partir de então, o carro desenvolveu. Consegui andar bem perto dos líderes, porém cauteloso e já no final acelerei e, apesar do lastro, conquistamos a vitória", conta Julio Campos, cujo resultado conservou a dupla na liderança da classe PRO.

O próximo compromisso da dupla na GT Sprint Race será a etapa de Cascavel (#TripleX) nos dias 16 a 18 de julho no Autódromo Internacional Zilmar Beux.

Os pilotos Léo Torres e Julio Campos (GTSprintSquad) contam com patrocínio da Realsmart, Concept Locadora, Link Monitoramento, PepperSim e Progressiva - Proteção Veicular, e apoio da Adesipar e Daytona Rodas e Pneus.




Resultado da primeira corrida:

1) #82 Gerson Campos, PRO, a 26min05s394, 12 voltas

2) #793 Adalberto Baptista, PROAM, a 0s002

3) #11 Weldes Campos, PRO, a 3s616

4) #19 Luciano Zangirolami/Nathan Brito, PRO, a 3s916

5) #04 Léo Torres / Julio Campos, PRO, a 6s227

6) #25 Eduardo Trindade/Sérgio Ramalho, PRO, a 7s266

7) #01 Alex Seid/Marcelo Henriques, PRO, a 7s557

8) #21 Beto Cavaleiro / Thiago Camilo, PRO, a 16s931

9) #03 Pedro Ferro, PROAM, a 18s000

10) #161 Antonio Junqueira/Pedro Costa, PROAM, a 20s799

11) #17 Walter Lester, AM, a 22s536

12) #37 Luis Debes, AM, a 25s805

13) #33 Emílio Padron, AM, a 26s981

14) #73 Francesco Franciosi, PROAM, a 27s062

15) #31 Caê Coelho/Adriano Ramos, AM, a 28s368

16) #9 Eduardo Pavelski / Gabriel Casagrande, PRO, a 53s463

17) #90 José Vitte, AM, a 1min03s277

18) #35 Pedro Aizza, PROAM, a 1min23s773

19) #72 Giovani Girotto, AM, a 1 volta

20) #13 Rafael Dias, PROAM, DQ

Melhor volta: #19 Luciano Zangirolami, 1min50s810, 139,991km/h



Resultado da segunda corrida:

1) #04 Julio Campos / Léo Torres, PRO, 26min12s438, a 13 voltas

2) #9 Gabriel Casagrande / Eduardo Pavelski, PRO, a 0s057

3) #82 Gerson Campos, PRO, a 2s578

4) #19 Nathan Brito / Luciano Zangirolami, PRO, a 3s394

5) #13 Rafael Dias, PROAM, a 4s779

6) #35 Pedro Aizza, PROAM, a 14s480

7) #73 Francesco Franciosi, PROAM, a 15s083

8) #793 Adalberto Baptista, PROAM, a 22s830

9) #161 Pedro Costa / Antonio Junqueira, PROAM, a 31s776

10) #03 Pedro Ferro, PROAM, a 31s788

11) #37 Luis Debes, AM, a 52s828

12) #17 Walter Lester, AM, a 1min02s081

13) #33 Emílio Padron, AM, a 1min16s629

14) #31 Adriano Ramos / Caê Coelho, AM, a 1min22s184

15) #01 Marcelo Henriques / Alex Seid, PRO, a 1 volta

16) #90 José Vitte, AM, a 1 volta

17) #21 Thiago Camilo / Beto Cavaleiro, PRO, a 2 voltas

18) #11 Weldes Campos, PRO, a 4 voltas

Não completaram 75% da prova:

19) #72 Giovani Girotto, AM, a 10 voltas

20) #25 Sérgio Ramalho / Eduardo Trindade, PRO, DQ

Melhor volta: #13 Rafael Dias, 1min51s843, a 128,247 km/h

Classificação do torneio GT Sprint Race Brasil:

PRO

1) #04 Julio Campos /Léo Torres, 79 pontos

2) #82 Gerson Campos, 63

3) #11 Weldes Campos, 58

4) #9 Gabriel Casagrande/Eduardo Pavleski, 57

5) #1 Alex Seid/Marcelo Henriques, 52

6) #19 Nathan Brito/Luciano Zangirolami, 52

7) #25 Eduardo Trindade/Sérgio Ramalho, 45

8) #21 Thiago Camilo/Beto Cavaleiro, 26

AM

1) #17 Walter Lester, 79 pontos

2) #37 Luis Debes, 75

3) #31 Caê Coelho/Adriano Ramos, 60

4) #33 Bruno Campos, 50

5) #33 Emilio Padron, 30

6) #90 José Vitte, 24

7) #72 Giovani Girotto, 22

8) #07 Pedro Bezerra, 16

PROAM

1) #73 Francesco Franciosi, 70 pontos

2) #3 Pedro Ferro, 69

3) #161 Pedro Costa/Antonio Junqueira, 65

4) #35 Pedro Aizza, 58

5) #793 Adalberto Baptista, 55

6) #13 Rafael Dias, 51

7) #3 Lourenço Beirão, 39

Calendário GT Sprint Race 2021:

Etapa 1 – 02 de Maio – Velocitta - Mogi Guaçu/SP (Brasil/#GrandOpening)

Etapa 2 – 23 de Maio – Goiânia/GO (#SpecialEdition)

Etapa 3 – 27 de Junho – Interlagos/SP (Brasil/#SuperPole)

Etapa 4 – 18 de Julho – Cascavel/PR (Brasil/#TripleX)

Etapa 5 – 15 de Agosto – Tarumã/RS (#SpecialEdition)

Etapa 6 – 05 de Setembro – Curitiba/PR (Brasil/#InverseRace)

Etapa 7 – 03 de Outubro – Juiz de Fora/MG (#SpecialEdition)

Etapa 8 – 31 de Outubro – Palmeira/PR (Brasil/#AirportTrack)

Etapa 9 – 05 de Dezembro – Curitiba/PR (Brasil/#MatchPoint)

Mais informações no Instagram: @GTSprintSquad


ACESSE TODAS AS POSTAGENS E SAIBA TUDO SOBRE O MUNDO AUTOMOTIVO.