domingo, 25 de abril de 2021

Grupo Volkswagen Argentina inicia produção de seu Taos, o primeiro SUV da montadora produzido na AL, pelo projeto "Ofensiva SUV", que funcionará no Centro Industrial Pacheco, junto com a Amarok, que receberá investimento de US$ 650 mi




O Grupo Volkswagen Argentina comemora o início da produção da Taos, o primeiro SUV que a marca produz no país, em seu Centro Industrial Pacheco. Participaram virtualmente do evento, o Secretário Geral da SMATA, Ricardo Pignanelli e o Governador da Província de Buenos Aires, Axel Kicillof. Por parte da fabricante, participaram também virtualmente: Pablo Di Si, presidente e CEO da Volkswagen América Latina e Thomas Owsianski, presidente e CEO do Grupo Volkswagen Argentina, junto com Celso Placeres, Diretor de Manufatura do Centro Industrial de Pacheco.

"Ver esse projeto concretizado, que contou muitos anos de negociações e desenvolvimento, é uma fonte muito grande de orgulho para toda a Volkswagen. Hoje não apenas adicionamos um novo produto à linha de produção nacional, mas demonstramos que nossas plantas enfrentam os desafios globais exigidos pelo grupo. Isso é resultado do esforço e comprometimento de todos os nossos colaboradores em conjunto com os representantes dos trabalhadores e o Governo", afirma Pablo Di Si.

O Volkswagen Taos é um novo modelo - após 10 anos – a sair da linha de produção da fábrica em Pacheco, somando-se assim à bem sucedida picape Amarok que é produzida lá.

"Para o Grupo Volkswagen Argentina é uma grande alegria iniciar a produção da Taos, um SUV fabricado na Argentina, que contribui para a geração da indústria automotiva nacional. Esse novo marco confirma a confiança da matriz em relação à Argentina e sua visão de que somos um player estratégico para o desenvolvimento de negócios na região", disse Thomas Owsianski.

O Taos é o primeiro SUV que a marca produz na Argentina e será exportado para toda a região. Este modelo contou com o investimento de US$ 650 milhões para o Centro Industrial de Pacheco, com o objetivo de modernizar a tecnologia e a infraestrutura de suas fábricas de produção, a implementação da nova plataforma global MQB A e uma nova fábrica de tintas com tecnologia exclusiva baseada em água no país que permite uma economia significativa de água e energia, além de seus baixos níveis de emissão de partículas (700 vezes abaixo do que a lei exige). Com o Taos, a Volkswagen completará uma série de novos modelos como Nivus, T-Cross, Tiguan e Touareg, na América Latina sob a estratégia "Ofensiva SUV". Com essa nova estratégia modular, a empresa garante a sustentabilidade do negócio no país, podendo incorporar mais modelos à fabricação local no futuro.


Esse investimento está alinhado com a estratégia do Grupo Volkswagen, que tem como um de seus principais objetivos aumentar a oferta de SUV do Grupo no mundo, juntamente com um processo de regionalização da marca Volkswagen, que visa estar mais próximo de seus clientes nos diferentes mercados a cada dia.

Com esse importante marco, a empresa está muito perto de concluir o plano de investimentos anunciado pelo Grupo de mais de quase US$ 1 bilhão para a modernização de seus dois Centros Industriais na Argentina e a renovação de seus produtos, com foco claro na exportação. Graças a isso, um salto tecnológico foi alcançado não só no nível do produto, mas também nos processos de produção das fábricas do Grupo Volkswagen Argentina para os próximos anos.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

ACESSE TODAS AS POSTAGENS E SAIBA TUDO SOBRE O MUNDO AUTOMOTIVO.