terça-feira, 27 de abril de 2021

Primeira Ram 1500 Rebel vai para fã da marca. - Cláudio Teixeira está na sua quarta Ram e já foi até para o Alasca com uma 2500. - A entrega foi na concessionária Divesa, de Londrina (PR)




Na tarde de sexta-feira passada (23/4), Cláudio Teixeira se tornou oficialmente o primeiro dono de uma Ram 1500 Rebel no Brasil. Morador de Ponta Grossa (PR), o empresário foi buscar a aguardada picape na concessionária Divesa, em Londrina, região norte do Paraná. Essa entrega inicial das 100 unidades de pré-venda (esgotada em 18 horas) caiu nas mãos de um verdadeiro amante da marca. Os demais exemplares da única premium muscle truck do país serão distribuídos ao longo dos próximos dias.

A nova aquisição de Teixeira é a quarta Ram que passa por sua garagem e fará companhia a uma 2500 Laramie 2020 e à clássica antepassada Dodge D100 1971, produzida em São Bernardo do Campo (SP) e parte da longa tradição da marca com os motores V8, como o HEMI de 5,7 litros e 400 cv da Ram 1500 Rebel. “Sou apaixonado por caminhonetes desde criança e nesta altura da vida consigo me dar ao luxo de ter um veículo como esse”, diz Teixeira.



Para começar bem, o primeiro contato do empresário com a 1500 foi intenso, cobrindo os quase 300 km entre a concessionária e a cidade onde vive. “No dia seguinte fui para o litoral com ela. Já fiz mais de 850 km até agora”, conta o empreendedor do ramo de transportes. “A Rebel é um show. Tem um torque muito bom e ótima estabilidade, sem falar no silêncio e conforto que ela proporciona. Quem andou comigo adorou e acho que quem a vê de fora também, pois por onde passa chama atenção.”

Apesar de toda a vontade de rodar a Ram 1500 Rebel, Claudio Teixeira não vai deixar de lado a 2500. “É o meu carro de viagem. Há pouco tempo fui até o Rio Grande do Norte com ela e no mês que vem irei para o Centro-Oeste”, afirma. “Gosto tanto da Ram 2500 que já rodei até o Alasca e voltei com o modelo 2016 que eu tive”, conta o empresário sobre a aventura que fez em várias etapas, voltando para casa e depois retomando de onde havia deixado a picape – que até se arrepende de ter vendido. “Por conta dos intervalos dessa viagem, cheguei a deixá-la parada por mais de seis meses e ela sempre deu na partida de primeira.”



Com a Ram 1500, Teixeira pretende fazer passeios mais curtos e até usá-la durante a semana. “Quero curtir com os netos mas também ir ao trabalho às vezes. A Rebel é bem diferente, por ter uma performance de carro esportivo sem perder o conforto. Estou disposto a aproveitá-la muito”, conclui.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

ACESSE TODAS AS POSTAGENS E SAIBA TUDO SOBRE O MUNDO AUTOMOTIVO.