segunda-feira, 24 de junho de 2019

Mercedes-Benz vence mais uma corrida em um circuito francês e relembra trajetória de Juan Manuel Fangio. Lewis Hamilton conquista mais uma etapa e segue líder na competição. Marca relembra a trajetória de Fangio em seu 108° aniversário. As pistas francesas também já foram cenário do piloto Juan Fangio, que competiu seu primeiro Grand Prix em Reims em 1948

Assista e se inscreva no canal Blog do Arnaldo Moreira no YouTube:


_________________________________________________________________________________





Lewis Hamilton, ao vencer, neste domingo, mais uma etapa do Mundial de F1 recebeu uma réplica do troféu que a Federação Internacional de Automobilismo (FIA) deu a Juan Manuel Fangio depois de obter seu quinto título em 1957. A dedicatória dizia: “Da Fundação Juan Manuel Fangio a Lewis Hamilton pela obtenção de seu Quinto Campeonato de Fórmula 1”.



A prova aconteceu no Circuito de Paul Ricard, na França, que sediou a 8° etapa da temporada 2019 da Fórmula 1. A corrida trouxe à memória a gloriosa trajetória de Juan Manuel Fangio, que competiu seu primeiro Grand Prix em Reims, neste mesmo país.


Fangio, filho de imigrantes italianos, nasceu no dia 24 de junho de 1911, há exatos 108 anos, na pequena cidade de Balcarce, na Argentina. Quando jovem, se dedicou a estudar mecânica, abrindo, em 1932 sua própria oficina, inspirado pela paixão de seus compatriotas por automobilismo. Quatro anos depois, o piloto competiu sua primeira corrida em um táxi convertido.


Juan Manuel Fangio dominou a primeira década da Fórmula 1, se tornando uma lenda no esporte. Além de 24 vitórias em 51 Grand Prix, o argentino alcançou, também, cinco vitórias no campeonato mundial, sendo dois pela Mercedes-Benz. Já, em 16 de janeiro de 1955, venceu, também pela marca, o Grande Prêmio da Argentina, sua primeira corrida em casa.


Três anos mais tarde, o piloto competiu seu último Grand Prix, mais uma vez em Reims, cuja longa reta final deu a ele tempo para pensar sua trajetória na categoria. Foi lá, então, que decidiu encerrar a sua carreira nas pistas.


Após sua aposentadoria, Juan Manuel Fangio tornou-se presidente da Mercedes-Benz Argentina S.A. em 1974. Com sua história e desempenho à frente da marca, se tornou presidente honorário e vitalício até 1995, ano de sua partida.

Seguindo os passos de Fangio, o também pentacampeão Lewis Hamilton venceu mantendo a liderança na competição. 


Para homenagear o ex-piloto, durante o Grande Prêmio do Brasil, em 2018, etapa em que a Mercedes-AMG Petronas ganhou o seu quinto Campeonato Mundial de Fórmula 1, Lewis Hamilton compartilhou esse momento emocionante junto a Juan Manuel Fangio II, sobrinho do pentacampeão argentino. 



Um museu dedicado à história do piloto está disponível para visitação do público em sua cidade natal. Para mais informações, ingressos e reservas, acesse o site www.museofangio.com


Nenhum comentário:

Postar um comentário

ACESSE TODAS AS POSTAGENS E SAIBA TUDO SOBRE O MUNDO AUTOMOTIVO.