terça-feira, 4 de junho de 2019

Polícia Civil de Passo Fundo acelera nas investigações de Camaro, que era amarelo




A Polícia Civil de Passo Fundo (RS) passou a usar, hoje (4/5) um Chevrolet Camaro, apreendido durante a Operação Pólis desencadeada para desbaratar uma quadrilha de estelionatários que praticava o golpe do bilhete premiado no Norte do Estado.



A operação começou em 2015 e identificou ao menos 140 pessoas envolvidas no golpe que agiam em Santa Catarina, Paraná, São Paulo e Minas Gerais. Foram apreendidos 71 veículos (entre eles o Camaro amarelo) 18 motocicletas, dois barcos, um jet-ski e jóias em ouro.


O Camaro, avaliado em R$ 130 mil, foi pintado e adesivado nas cores preto e branco e incorporado, com autorização da justiça, à frota da Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas de Passo Fundo.  

Mas cabe uma pergunta: Porque a polícia pediu logo a liberação do Camaro? 

Fonte: GAÚCHA ZH

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ACESSE TODAS AS POSTAGENS E SAIBA TUDO SOBRE O MUNDO AUTOMOTIVO.