domingo, 2 de maio de 2021

Marcos Gomes termina 6 Horas de Spa-Francorchamps no top 6 da LMGTE-Am. Campeão da Stock Car faz sua primeira temporada completa no Mundial de Endurance da FIA



O piloto Viemar, Marcos Gomes, terminou em 6º lugar da classe LMGTE-Am na prova 6 Horas de Spa-Francorchamps, em sua estreia em uma temporada inteira do Campeonato Mundial de Endurance, o FIA WEC, dividindo o Aston Martin #98, da equipe NorthWest AMR, com o também brasileiro Augusto Farfus e com o canadense Paul Dalla Lana.

“Gostei muito do campeonato, da equipe e do carro”, diz Marcos Gomes. Ele avalia que, não fossem os dois drives- through que a equipe teve que cumprir, por conta de toques em que se envolveram Paul Dalla Lana e Augusto Farfus, o time poderia ter chegado ao pódio. “Não foi tão ruim, mas, com as paradas, nós fomos um pouco prejudicados. Tínhamos potencial para chegar entre os dois primeiros. Fiquei satisfeito com meu desempenho, estamos no caminho certo. Na próxima etapa, em Portimão, vamos trabalhar para que não aconteça de novo, e vamos brigar pela vitória.”, explicou Marcos Gomes, piloto Viemar.

A temporada completa do FIA WEC marca o avanço de Marcos Gomes nas pistas internacionais. Em 2020, ele foi campeão da Asian Le Mans Series, com a Ferrari 488 GTE do Team HubAuto, equipe com que disputou  também  as provas 24h de Spa-Francorchamps e 24h de Le Mans. Com a Ferrari do Team Kessel, fez duas etapas da European Le Mans Series.

No início deste ano ele participou da prova 24 Horas de Daytona, que não completou por pane mecânica, compartilhando o Ferrari 488 GT3, da Scuderia Corsa, com os norte-americanos americanos Ryan Briscoe, Ed Jones e Brett Curtis. Em 2021, o piloto da Viemar Automotive disputou também o Asian Le Mans Series, que, por conta da pandemia de covid-19,  teve apenas quatro provas. Dividindo a condução do Mercedes AMG GT3 da HubAuto Racing com Raffaele Marciello e Liam Talbot, ele terminou em sétimo lugar no campeonato.

No Brasil, Marcos Gomes corre com a Cavaleiro Sports na Stock Car, da qual é campeão de 2015. O piloto conta com o apoio da Viemar Automotive, indústria gaúcha de autopeças, patrocinadora do seu pai, o veterano Paulo Gomes, tetracampeão da Stock Car, que, aos 72 anos, continua nas pistas, disputando o campeonato da Old Stock a bordo de um Opala.

A vitória na classificação geral da 1ª etapa do FIA WEC ficou com a Toyota Gazoo Raing,que teve o Toyota GR010-Hybrid #8 pilotado por Sébastien Buemi, Brendon Hartley e Kazuki Nakajima, na classe Hypercars.

Brasileiros no WEC

Além de Marcos Gomes e Augusto Farfus com o Aston Martin Vantage AMR #98 da canadense NorthWest AMR, que tem o apoio da divisão de competições da marca britânica de automóveis, também disputaram a primeira etapa do FIA WEC, na Bélgica, os brasileiros André Negrão, Daniel Serra e Felipe Fraga.

Com o protótipo Alpine A480 LMP1 #36, da francesa Alpine Elf Matmut, André Negrão estreou na classe Hypercar, em parceria com os pilotos franceses Nicolas Lapierre e Matthieu Vaixière, e terminou em 2º lugar na classificação geral, um minuto atrás de do Toyota GR010 Hybrid pilotado pelo suíço Sébastien Buemi, pelo japonês Kazuki Nakajima e pelo neozelandês Hartley Brendon. “A equipe ficou muito feliz com esse resultado. A Toyota tem um carro 4x4 e que consome menos combustível – e todo mundo sabe disso. É um fator chave a favor deles. Mas nós fomos muito bem, lideramos metade da corrida, enquanto eles tiveram que fazer malabarismos para chegar na frente, apesar de termos feito sete pit stops contra seis deles. Foi meio David contra Golias”, diz André Negrão.

Na classe GTE Pro, pela italiana AF Corse, equipe da Ferrari, Daniel Serra, que divide a Ferrari 488 GTE Evo #52 com o espanhol Miguel Molina, terminou em 3º lugar.

E na classe LMGTE-Am, Felipe Fraga, da britânica TF Sport, com um Aston Martin Vantage AMR, #33, terminou em 2º  lugar, com o norte-americano  Ben Keating e o luxamburguês Dylan Pereira.

A partir de junho, o FIA WEC deve ter também a participação de Pipo Derani na Hypercars, dividindo o protótipo SCG 007 Le Mans Hypercar da britânica Cameron Glickenhaus com o australiano Ryan Briscoe e os franceses Romaijn Dumas e Franck Mailleux.

Portimão

A segunda etapa do Mundial de Endurance será disputada em 13 de junho, com a prova 8 Horas de Portimão, no Autódromo Internacional do Algarve, localizado no sul de Portugal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ACESSE TODAS AS POSTAGENS E SAIBA TUDO SOBRE O MUNDO AUTOMOTIVO.