terça-feira, 25 de maio de 2021

Stellantis registra forte receita líquida do primeiro trimestre do ano e crescimento em todas as regiões. Em seu primeiro trimestre de operações, a Stellantis contabilizou receita líquida de € 34,3 bilhões, ou € 37 bilhões no cálculo ajustado (base pró-forma), com alta de 14% em relação ao resultado combinado dos grupos FCA e PSA no mesmo período

 


Em seu primeiro trimestre de operações, a Stellantis contabilizou receita líquida de € 34,3 bilhões, ou € 37 bilhões no cálculo ajustado (base pró-forma), com alta de 14% em relação ao resultado combinado dos grupos FCA e PSA no mesmo período. As vendas consolidadas somaram 1,47 milhão de unidades, ou 1,56 milhão de unidade na base pró-forma, que considera os resultados do trimestre integralmente, embora a fusão que originou a Stellantis somente tenha sido formalizada em 16 de janeiro de 2021. O aumento das vendas foi de 11%. O grupo liderou os mercados da Europa e da América do Sul, com participação de 23,6% e de 22,2%, respectivamente, sobre as vendas totais nas regiões.


“Em nosso primeiro trimestre desde a fusão, Stellantis registrou fortes receitas no período com o portfólio diversificado de marcas gerando volumes maiores, preços positivos e mix de produtos ampliado, apesar dos ventos contrários decorrentes da crise global de semicondutores”, afirmou Richard Palmer, diretor Financeiro global da Stellantis.

 As vendas consolidadas de 1,56 milhão de veículos em base pró-forma refletem a demanda consistente do consumidor e um adequado mix de varejo, bem como o impacto das suspensões temporárias de produção relacionadas à pandemia da Covid-19 no primeiro trimestre de 2020. A expansão foi afetada por perdas de produção devido à escassez de semicondutores, estimando-se que os problemas de suprimentos representaram uma perda de aproximadamente 11% da produção planejada, o equivalente a 190 mil unidades no trimestre. Os níveis de suprimentos devem tender à normalidade a partir do segundo semestre do ano.

 A América do Sul se destacou pelo resultado positivo. A Stellantis liderou o mercado de veículos na região, com a venda de 189 mil unidades, o que representa um avanço de 49% em relação aos volumes combinados em igual período do ano anterior. O bom desempenho decorre da forte venda da picape Fiat Strada e da base de comparação retraída no primeiro trimestre de 2020, entre outros fatores.


 As receitas operacionais cresceram 31% na região, para € 2,1 bilhões, principalmente devido a maiores volumes, preço líquido positivo e melhor mix de veículos, parcialmente compensado por efeitos negativos da conversão cambial, principalmente do Brasil.

As projeções de desempenho global do Grupo para o ano estão mantidas, com projeção de expansão de 8% na América do Norte, 20% na América do Sul e 10% na Europa Ampliada. Oriente Médio e África devem crescer 15%, Índia e Ásia-Pacífico avançam 10%, e China tem expansão de 5%. A margem operacional deve situar-se entre 5,5 e 7,5%, a depender dos fatos relacionados à pandemia de Covida-19. 

COMUNICADO DE SOBRE DECLARAÇÕES PROSPECTIVAS (“SAFE HARBOR STATEMENT”)

Este documento, em particular no tocante à ‘Orientações 2021’, contém declarações prospectivas. Em particular, as declarações relativas ao desempenho financeiro futuro e sobre as expectativas da Companhia quanto à realização de determinadas métricas, incluindo receitas, fluxo de caixa livre industrial, vendas de veículos, investimentos de capital, custos de pesquisa e desenvolvimento e outras despesas em qualquer data futura ou período futuro, são declarações prospectivas. Essas declarações podem incluir termos como “pode”, “irá”, “espera”, “poderia”, “deveria”, “pretende”, “estimar”, “antecipar”, “acreditar”, “permanecer”, “no caminho certo”, “design”, “meta”, “objetivo”, “finalidade”, “previsão”, “projeção”, “perspectiva”, “expectativa”, “plano” ou termos semelhantes. Declarações prospectivas não são garantias de desempenho futuro. Em vez disso, baseiam-se no estado atual de conhecimento do Grupo, expectativas e projeções futuras sobre eventos futuros e são, por natureza, sujeitas a riscos e incertezas inerentes. Eles se relacionam a eventos e dependem de circunstâncias que podem ou podem não ocorrer ou existir no futuro e, como tal, não deve ser depositada confiança indevida neles.

Os resultados reais podem diferir materialmente daqueles expressos em previsões futuras como resultado de vários fatores, incluindo: o impacto da pandemia de Covid-19; a habilidade do Grupo de lançar novos produtos com sucesso e manter volumes de vendas de veículos; mudanças nos mercados financeiros globais, ambiente econômico geral e mudanças na demanda por produtos automotivos, que são sujeitos a ciclicidade; mudanças nas condições políticas e econômicas locais, mudanças na política comercial e imposição de tarifas e/ou tributos globais e regionais ou tarifas/tributos direcionadas à indústria automotiva, promulgação de reformas tributárias ou outras mudanças nas leis e regulamentos tributários; a capacidade do Grupo de expandir algumas de suas marcas globalmente; sua capacidade de oferecer produtos inovadores e atraentes; sua capacidade de desenvolver, fabricar e vender veículos com recursos avançados, incluindo características aprimoradas de eletrificação, conectividade e direção autônoma; vários tipos de reclamações, ações judiciais, investigações governamentais e outras contingências, incluindo reclamações de responsabilidade e garantia do produto e reclamações ambientais, investigações e ações judiciais; despesas operacionais materiais relacionadas ao cumprimento das normas ambientais, de saúde e segurança; o intenso nível de concorrência na indústria automotiva, que pode aumentar devido à consolidação; exposição a déficits no financiamento dos planos de pensão de benefício definido do Grupo; a capacidade de fornecer ou providenciar acesso a financiamento adequado para revendedores e clientes de varejo e riscos associados relacionados ao estabelecimento e operações de empresas de serviços financeiros; a capacidade de acessar recursos para executar os planos de negócios do Grupo e melhorar seus negócios, condição financeira e resultados das operações; um mau funcionamento significativo, interrupção ou violação de segurança que comprometa os sistemas de tecnologia da informação ou os sistemas de controle eletrônico contidos nos veículos do Grupo; a capacidade do Grupo de obter benefícios antecipados de acordos de joint venture; rupturas decorrentes de instabilidade política, social e econômica; riscos associados ao nosso relacionamento com funcionários, revendedores e fornecedores; aumentos de custos, interrupções no fornecimento ou escassez de matérias-primas; alterações nas relações trabalhistas e industriais, bem como nas leis trabalhistas aplicáveis; flutuações nas taxas de câmbio, alterações nas taxas de juros, risco de crédito e outros riscos de mercado; agitação política e civil; terremotos ou outros desastres; o risco de que as operações do Groupe PSA e da FCA não sejam integradas com sucesso e outros riscos e incertezas.

Quaisquer declarações prospectivas contidas neste documento são válidas apenas a partir da data deste documento e o Grupo renuncia a qualquer obrigação de atualizar ou revisar declarações prospectivas publicamente. Informações adicionais sobre o Grupo e seus negócios, incluindo fatores que podem afetar materialmente os resultados financeiros do Grupo, estão incluídas nos relatórios e arquivos protocolizados pelo Grupo junto à Securities and Exchange Commission (“SEC”) dos EUA , AFM e CONSOB.

Em 5 de maio de 2021, às 2:00 p.m. CEST / 8:00 a.m. EDT, uma áudio-conferência transmitida ao vivo por internet e conference call será realizada para analisar a presente demonstração de resultados de vendas e receitas da Stellantis no primeiro trimestre de 2021. A conferência pode ser acompanhada ao vivo e sua gravação estará disponível no website corporativo do Grupo, (https://www.stellantis.com/en). Os documentos relativos serão disponibilizados no website do Grupo previamente à conferência.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ACESSE TODAS AS POSTAGENS E SAIBA TUDO SOBRE O MUNDO AUTOMOTIVO.